Estante Entrevista: o espaço urbano na literatura brasileira

(5 Estrelas - 1 Votos)

Luiz Ruffato e Marcelo Moutinho são os convidados de live que vai debater as relações sobre a literatura brasileira e a cidade. Confira!

Essa é para os leitores que sentiram saudades das nossas lives! Na sexta-feira (10), às 18h, voltamos com mais uma edição do Estante Entrevista, a nossa série de debates nas redes sociais da Estante Virtual. Em nosso perfil do Instagram vamos receber os escritores Luiz Ruffato e Marcelo Moutinho para conversar sobre os diálogos entre livros e a cidade, assim como as representações do espaço urbano na literatura brasileira.

Luiz Ruffato é autor de obras como “O Verão Tardio” e Eles eram muitos cavalos“, que completa 20 anos de seu lançamento em 2021. Os livros do escritor mineiro estão publicados em 13 países e foram reconhecidos em prêmios como Machado de Assis, APCA e Jabuti. Em 2016, Ruffato recebeu também o Prêmio Internacional Hermann Hesse, na Alemanha.

O escritor e jornalista Marcelo Moutinho é autor de livros como “Rua de dentro” e “A lua na caixa d’água”. Em sua trajetória literária, Moutinho ganhou o prêmio Biblioteca Nacional com o livro “Ferrugem”, organizou antologias como “O meu lugar (com Luiz Antonio Simas, Mórula, 2015)” e participou de diversos eventos literários como escritor e mediador.

Aqui, nós selecionamos algumas das obras de Luiz Ruffato e Marcelo Moutinho para você mergulhar no trabalho dos dois autores antes antes de conferir a live. Boa leitura!


A lua na caixa d’água, Marcelo Moutinho

No livro A lua na caixa d’água, Marcelo Moutinho compartilha histórias de pai e filha, exalta o samba e o saber das ruas e exalta figuras como a de Dona Ivone Lara e Tia Maria do Jongo. Dedicada a memória de Aldir Blanc, a obra é também um tributo a grandes nomes da crônica como Paulo Mendes Campos, Rubem Braga e Clarice Lispector.


Eles eram muitos cavalos, Luiz Ruffato

Em episódios que se desenvolvem a partir de uma narrativa não linear e de uma linguagem fragmentária e disruptiva que flui entre registros literários e não-literários, Eles eram muitos cavalos revela a cidade de São Paulo dos anos 2000 em toda a sua polifonia de vozes e de ruídos, bem como nos fragmentos e nas idiossincrasias que compõem a vida urbana.


Ferrugem, Marcelo Moutinho

Ferrugem trata da paisagem humana, dos grandes dramas corriqueiros, e da vida que passa. Neste livro estão registrados personagens inesquecíveis, ainda que aparentemente comuns como a moça soropositiva, caixa de supermercado, que reencontra o antigo namorado; a cobradora de ônibus que dá conselhos amorosos a um passageiro; o cantor de boate que imita Roberto Carlos.


Inferno provisório, Luiz Ruffato

Em Inferno Provisório, Luiz Ruffato recria a história do proletariado brasileiro, partindo dos anos 1950 até chegar o início do século XXI. Narrado num calidoscópio de vozes, o romance dá a palavra aos desfavorecidos e às figuras invisíveis que construíram e transformaram nossas cidades e nossas fábricas. Verdadeiro épico proletário, o livro de Ruffatorevela um Brasil que muitas vezes não queremos ver.


O verão tardio, Luiz Ruffato

Depois de mais de vinte anos, Oséias, um homem abandonado por mulher e filho, decide regressar a sua cidade-natal, Cataguases, em Minas Gerais. Durante seis dias, seguimos passo a passo suas andanças, as visitas a familiares e os encontros com velhos personagens locais. A sombra do suicídio de uma de suas irmãs e a comunicação falha com praticamente todos a sua volta acompanham suas tentativas de reatar os fios do passado.


Rua de dentro, Marcelo Moutinho

Em treze contos, Rua de Dentro revela a verdadeira linguagem que compõe e define a cidade do Rio de Janeiro. Fugindo dos clichês que caracterizam o Rio como “cidade maravilhosa” , Marcelo Moutinho escolhe enfocar nos espaços de menos glamour da cidade, explorando as dores e as delícias do cotidiano dos moradores dessas regiões. Assim, os aspectos do cotidiano são transformados epifanias que partem de um olhar incisivo, porém não menos afetuoso sobre a cidade.


Você vai conferir a live?


Yasmin Lisboa


Comentários

Yasmin Lisboa

Yasmin é jornalista e estudante de Cinema. Cantora e colecionadora de discos e livros, é fascinada pela cultura popular brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *