Os 70 anos de Ana Cristina Cesar

(0 Estrelas - 0 Votos)

Você sabia que comemoramos os 70 anos da autora em junho? Confira os livros!

Nascida em 2 de junho de 1952, no Rio de Janeiro, a poeta Ana Cristina César completaria 70 anos em junho deste ano. Ela é considerada um dos principais nomes da poesia marginal brasileira. Esse movimento, que reunia outros grandes poetas, como Paulo Leminski, surgiu durante a ditadura militar brasileira e tinha o objetivo de divulgar a arte e a cultura nacionais que estavam sendo censuradas.

Aos 17 anos, Ana Cristina chegou a fazer um intercâmbio na Inglaterra, mas, dois anos depois, retornou ao Brasil e entrou no curso de Letras, na PUC-Rio. Na década de 1970, começou a publicar poema em revistas, jornais e coletâneas alternativas. Em paralelo, a poeta cursou mestrado em Comunicação na UFRJ e depois em tradução literária, na Universidade de Essex. Quando retornou ao Rio de Janeiro, nos anos 1980, Ana Cristina escreveu críticas em jornais e se dedicou à sua obra literária, caracterizada pela autoficção.

Para celebrar o aniversário de Ana Cristina Cesar, selecionamos suas principais obras. Confira a lista e boa leitura!


A Teus Pés

Em A teus pés, seu único romance publicado em vida, Ana Cristina Cesar desafia o conceito de “literatura feminina” e dissolve as fronteiras entre prosa, poesia e ensaio, o eu lírico e o eu biográfico.


Crítica e Tradução

Crítica e Tradução reúne os textos críticos que Ana Cristina Cesar escreveu ao longo das décadas de 1970 e 1980 e que revelam a sua verve inconfundível. A obra abrange desde ensaios combativos sobre o cinema documentário no Brasil, escritores malditos e a participação feminina na poesia nacional.


Inéditos e Dispersos

Inéditos e Dispersos revela o conjunto da obra poética de Ana Cristina Cesar e o modo como a poeta procura incessantemente dizer o mundo além da apreensão cotidiana. A linguagem poética de Ana C. relacionava-se com uma realidade esteticamente reconstruída, fora da qual como que inexistia possibilidade de sobrevivência. Em sua carreira, a poeta deixou na literatura brasileira a marca do talento e da modernidade.


Poética

Poética reúne “Cenas de abril”, “Correspondência completa”, “Luvas de pelica”, “A teus pés”, “Inéditos e dispersos”, “Antigos e soltos”: livros fora de catálogo há décadas estão agora novamente disponíveis ao público leitor. Dos volumes independentes do começo da carreira aos livros póstumos, a obra da musa da poesia marginal se abre a leituras sem fim.


Você já leu algum dos livros de Ana Cristina César?


Yasmin Lisboa

Yasmin é jornalista e estudante de Cinema. Cantora e colecionadora de discos e livros, é fascinada pela cultura popular brasileira.

Os destaques da Bienal de São Paulo Livros para curtir em família Livros para quem assiste à série “Sombra e ossos” Para entender o código civil Livros para quem gostou de Marighella