“Vamos Ler Um Clássico”: conheça o clube de leitura de Taty Leite

(5 Estrelas - 1 Votos)

Criado em 2020, o clube realiza leituras mensais de livros clássicos da literatura brasileira. Conheça mais sobre o “Vamos Ler Um Clássico”

Criado pela jornalista Taty Leite, que comanda o projeto Vá Ler Um Livro, o clube de leitura Vamos Ler Um Clássico surgiu no ano passado de maneira totalmente gratuita com o objetivo de ajudar alunos a compreenderem melhor os clássicos da literatura brasileira que eles precisam ler para prestarem o vestibular, tornando essas leituras leves e proveitosas.

Taty conta que em uma live sobre o livro “Macunaíma”, de Mário de Andrade, ela comentou que considerava a obra uma das mais difíceis da literatura brasileira. Mas, ainda assim, o livro estava sendo cobrado na lista obrigatória de uma universidade no país naquela ano. A jornalista afirma que o Clube surgiu justamente da vontade de aproximar os alunos dos clássicos da nossa literatura.

“Quando a pessoa chega no vestibular, ela é jogada em uma leitura obrigatória onde ela precisa saber termos técnicos que não envolvem apenas o gosto pessoal. A ideia é fazer com que a pessoa entenda o porquê daquela obra ser considerada um clássico e que ela possa ter uma base antes de ler o próximo livro.”, destacou.

Atualmente, o Vamos Ler Um Clássico se organiza a partir de uma série de vídeos e lives disponíveis no canal do Vá Ler Um Livro no YouTube e de um grupo no aplicativo de mensagens Telegram. Além das aulas, Taty disponibiliza de maneira gratuita apostilas, mapas mentais, trechos de entrevistas e convida professores e especialistas para explicarem mais detalhes sobre os livros estudados.

“Nós apresentamos curiosidades, fofocas literárias e o contexto histórico dos livros. [O clube] É uma aula de história, de literatura, de tudo um pouco. Nós queremos mostrar para as pessoas que a literatura não é um bicho de sete cabeças. E transformar pessoas que não achavam que poderiam ler em leitores é maravilhoso.”, acrescentou.

Com livros escolhidos pelo público através de votação, o clube chega agora à sua 11ª edição com a leitura da obra “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, do escritor baiano Jorge Amado. Para ficar por dentro dos conteúdos do próximo mês, acompanhe os vídeos do canal Vá Ler Um Livro no YouTube e acesse o site bit.ly/lendojorge.

Aqui, nós selecionamos alguns dos livros que já foram lidos até agora pelos leitores do Vamos Ler Um Clássico. Confira a lista!


Angústia, Graciliano Ramos

Angústia acompanha Luís Silva, funcionário público de Maceió que leva uma vida medíocre e sem grandes emoções até o dia em que se apaixona por Marina. De início, a jovem demonstra certo interesse na relação, mas acaba trocando o noivo por um homem mais rico e poderoso. Tomado por ciúmes e rancor, Silva passa a acompanhar a vida de Marina enquanto sonha em matar Julião.


Auto da Compadecida, Ariano Suassuna

A peça de Ariano Suassuna conta a história de dois amigos que vivem se metendo em confusões no vilarejo onde moram. João Grilo vive envolvido em confusões e Chicó é um covarde que adora contar mentiras. No entanto, o medo, a experiência com a morte, o céu e o inferno vão assombrar os personagens, fazendo com que eles repensem as suas atitudes.


Quarto de Despejo: Diário de Uma Favelada, Carolina Maria de Jesus

Quarto de Despejo – Diário de uma Favelada é o diário de Carolina Maria de Jesus. Moradora da comunidade do Canindé, em São Paulo, e mãe de três filhos, Carolina registra a sua rotina como catadora de papel e revela aos leitores um sensível e contundente relato da dura realidade vivida na periferia da capital paulista.


Macunaíma, Mário de Andrade

Macunaíma conta a história do famoso “herói sem caráter” que nasce na floresta e percorre o país atrás de seu amuleto, a muiraquitã. Através de uma narrativa repleta de oralidade, Mário de Andrade revela aos autores as mil e uma peripécias do protagonista em meio a um Brasil mitológico e folclórico.


Memórias Póstumas de Brás Cubas, Machado de Assis

Neste clássico de Machado de Assis conhecemos Brás Cubas, um homem rico e solteiro que, depois de morto, resolve dedicar-se à tarefa de narrar a sua própria vida. De sua infância, Cubas registra apenas o contato com um colega de escola, Quincas Borba, e o seu próprio mau comportamento. Da juventude e vida adulta, ele resgata o envolvimento com Marcela e ainda fala sobre a sua vida dedicada à carreira política, exercida com nenhum talento ou paixão.


Você quer conhecer o clube de leitura?


Yasmin Lisboa
Comentários

Yasmin Lisboa

Yasmin é jornalista e estudante de Cinema. Cantora e colecionadora de discos e livros, é fascinada pela cultura popular brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *