9 livros para conhecer a editora Boitempo

(5 Estrelas - 1 Votos)

Há mais de 20 anos no mercado editorial, a Boitempo é responsável pela publicação de livros de autores nacionais e internacionais. Confira!

Criada em 1995, a Boitempo tornou-se reconhecida no mercado editorial brasileiro pela publicação de obras de grandes pensadores nacionais e estrangeiros. Em seu catálogo, a editora engloba diferentes áreas do conhecimento e das ciências humanas, com livros sobre temas como economia, política e cultura. Indústria cultural, ditadura militar, gênero e meio ambiente são alguns dos assuntos recorrentes nas publicações da Boitempo.

Quer conhecer mais detalhes sobre essa editora? Nós preparamos uma seleção com nove livros disponíveis no acervo da Boitempo. Confira a lista e aproveite as suas próximas leituras!


Apologia dos Bárbaros, Mike Davis

Em Apologia dos bárbaros, Mikes Daves trata das transformações que aconteceram após a derrubada das torres do World Trade Center. O livro fundamenta a análise empreendida por Davis sobre aspectos das políticas interna e externa dos Estados Unidos.


Brasil: Uma biografia não autorizada, Francisco de Oliveira

Em Brasil: uma biografia não autorizada, Francisco de Oliveira analisa o Brasil em suas particularidades e contradições. Polêmico como sempre, Oliveira nos convida a encarar o que restou do ‘país do futuro’, em momento em que a hipótese de uma superação do subdesenvolvimento não está mais em questão, mas que também não há nenhuma perspectiva de acesso à modernidade democrática.


Crônicas do Mundo ao Revés, Flávio Aguiar

Em Crônicas do mundo ao revés, Flavio Aguiar desafia o leitor a distinguir ficção de realidade em dezenove histórias de amor, ódio e sobrevivência. Dividido em quatro partes (‘Tempos difíceis’, ‘Palavras difíceis’, ‘Causos difíceis’ e ‘Histórias difíceis’), o livro trata de uma variedade de temas que vão da história familiar do autor aos tempos da ditadura militar e as cicatrizes deixadas na vida brasileira.


Marx: Uma Biografia em Quadrinhos, Anne Simon e Corinne Maier

Marx: uma biografia em quadrinhos trata da vida e das principais ideias do filósofo alemão, que sonhou com um mundo livre da exploração, da desigualdade e do desemprego. Além de explicar conceitos como capitalismo e luta de classes, a HQ passa por episódios marcantes na vida de Marx, como a redação do Manifesto Comunista.



Mulheres e caça as bruxas, Silvia Federici

Em Mulheres e caça às bruxas, Silvia Federici apresenta as raízes históricas das perseguições, que tiveram como alvo principalmente as mulheres. No livro, Federici analisa o contexto e as motivações que produziram as primeiras acusações de bruxarias na Europa, relacionando essa forma de violência à ordem econômica e ressaltando as marcas deixadas também na dimensão do social.


Pensamento Feminista Negro, Patricia Hill Collins

Em Pensamento feminista negro, a socióloga Patricia Hill Collins mapeia os principais temas e ideias tratados por intelectuais e ativistas negras estadunidenses como Angela Davis, bell hooks, Alice Walker e Audre Lorde, construindo, assim, um panorama do feminismo negro com referências de dentro e de fora da academia.


O Romance da Minha Vida, Leonardo Padura

Depois de passar dezoito anos vivendo no exílio, Fernando Terry consegue autorização para voltar a Cuba por um mês, atraído pela possibilidade de encontrar a lendária e desaparecida autobiografia de José María Heredia. Nessa viagem, ele também vai aproveitar para tirar a limpo seu passado e, quem sabe, curar-se do rancor que o alimenta há quase duas décadas.


Rosa Luxemburgo – Pensamento e Ação, Paul Frölich

Escrita por Paul Frölich e publicada originalmente em 1939, Rosa Luxemburgo – Pensamento e Ação apresenta a apaixonante vida da filósofa e economista marxista, indo desde a sua juventude na Polônia ao seu assassinato pelos bandos militares pré-fascistas. O livro também analisa os principais escritos de Rosa: A acumulação do Capital (1913), Brochura de Junius (A crise da social-democracia) de 1916, A Revolução Russa (1918), e os últimos escritos durante o levante spartakista de 1919.


Uma Autobiografia, Angela Davis

Lançado em 1974, Uma Autobiografia conta a história de Angela Davis, uma das grandes ativistas de nosso tempo. Na obra, autora conta detalhes sobre a sua trajetória, desde a infância ao seu trabalho como professora universitária. Além disso, Davis fala sobre a sua atuação nos movimentos negro e feminista e reflete sobre a condição vivida pela população negra no sistema prisional dos Estados Unidos.


Qual é o seu favorito da lista?


Yasmin Lisboa
Comentários

Yasmin Lisboa

Yasmin é jornalista e estudante de Cinema. Cantora e colecionadora de discos e livros, é fascinada pela cultura popular brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *