Veja os 10 livros mais vendidos em junho na Estante Virtual

(0 Estrelas - 0 Votos)

Livro indicado por Juliette e Torto arado continuam no nosso ranking. Confira a lista completa e boa leitura!

Junho foi um mês repleto de boas leituras. Assim como em outros períodos, a nossa lista de livros mais vendidos do mês foi marcada, principalmente, por grandes clássicos da literatura. O ranking é liderado por 1984, de George Orwell, seguido de Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus.

Outros destaques da lista são Torto arado, livro do escritor Itamar Vieira Junior, vencedor dos prêmios Oceanos e Jabuti 2020, e Os quatro compromissos, de Don Miguel Ruiz, indicado pela advogada e vencedora do Big Brother 21, Juliette Freire. Veja o ranking completo e escolha a sua próxima leitura!


1984, de George Orwell

Um dos romances mais influentes do século XX, o livro de George Orwell narra a trajetória de Winston. O herói da narrativa encontra-se preso à engrenagem totalitária de uma sociedade controlada pelo Estado. Nesse lugar, as ações são compartilhadas coletivamente, mas cada pessoa vive sozinha. No entanto, todos são reféns da vigilância do Grande Irmão, um poder cínico e cruel ao infinito.


Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus

Quarto de Despejo – Diário de uma Favelada é o diário de Carolina Maria de Jesus. Moradora da comunidade do Canindé, em São Paulo, e mãe de três filhos, Carolina registra a sua rotina como catadora de papel e revela aos leitores um sensível e contundente relato da dura realidade vivida na periferia da capital paulista.


Torto arado, de Itamar Vieira Junior

Acompanhamos a trajetória de Bibiana e Belonísia, duas irmãs que vivem no sertão baiano. Um dia, elas encontram uma faca na mala guardada sob a cama de sua avó e acontece, então, um acidente. A partir daquele momento, as vidas das duas estarão para sempre ligadas e uma será a voz da outra quando isso for necessário.


A revolução dos bichos, de George Orwell

Escrito na Segunda Guerra Mundial, A Revolução dos Bichos constrói uma sátira feroz à ditadura stalinista com referências à figura de Stalin, Trotsky e de eventos políticos, mimetizando o que de fato ocorria na União Soviética. Para compor uma representação da humanidade da época, George Orwell recorreu aos animais como personagens de uma realidade dura e cruel, que animalizava os homens.


O poder do agora, de Eckhart Tolle

Combinando conceitos do cristianismo, do budismo, do hinduísmo, do taoísmo e de outras tradições espirituais, Eckhart Tolle elaborou um guia de grande eficiência para a descoberta do nosso potencial interior. Este livro é um manual prático que nos ensina atomar consciência dos pensamentos e emoções que nos impedem de vivenciar plenamente a alegria e a paz que estão dentro de nós mesmos.


Os quatro compromissos, de Don Miguel Ruiz

A obra retrata a possibilidade de uma nova vida, repleta de amor e energia. O autor acredita que, para conquistar a nova vida, é preciso honrar quatro compromissos: ser impecável com a palavra, não levar nada para o lado pessoal, não tirar conclusões e sempre dar o melhor de si. A partir deste livro, você descobre a fonte de crenças autolimitantes que nos roubam alegria e criam sofrimentos desnecessários.


O pequeno príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry

Publicado em 1943, O Pequeno Príncipenarra a história de um príncipe que faz amizade com um piloto que sofreu um acidente no meio do deserto. Com ilustrações em aquarela feita pelo próprio autor, o livro aborda temas universais como o amor, a amizade e o sentido da vida. A obra já foi traduzida em mais de 250 idiomas e tornou-se um dos maiores sucessos de todos os tempos, sendo o livro francês mais lido no mundo.


Vidas secas, de Graciliano Ramos

Vidas Secas, lançado originalmente em 1938, é o romance em que Graciliano alcança o máximo da expressão que vinha buscando em sua prosa. O que impulsiona os personagens é a seca, áspera e cruel, e paradoxalmente a ligação telúrica, afetiva, que expõe naqueles seres em retirada, à procura de meios de sobrevivência e um futuro.


Como fazer amigos e influenciar pessoas, de Dale Carnegie

O famoso livro de Dale Carnegie é um ótimo guia para quem quer aprender a se relacionar melhor no âmbito profissional ou no âmbito pessoal. Na obra, o autor oferece conselhos, dicas e métodos eficientes para que qualquer um possa alcançar os seus objetivos pessoais e profissionais.


Inteligência emocional, de Daniel Goleman

Inteligência é emoção. QI não é destino. Este livro revela que a nossa visão sobre este assunto ainda é muito estreita. Ao contrário do saber científico que dominou o mundo ocidental no últimos séculos, Daniel Goleman revoluciona conceitos mostrando que o QI de uma pessoa não é garantia de sucesso e felicidade. No Brasil, o livro de Goleman tornou-seu um verdadeiro fenônemo editorial. Utilizando inovadoras pesquisas cerebrais e comportamentais, Goleman mostra porque pessoas de QI alto fracassam e outras, cujo quociente é mais modesto, apresentam uma trajetória de vida de sucesso.


Você já leu algum livro da lista?


Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.

Conheça os livros de Jô Soares Se você gostou dessas séries, vai gostar desses livros! Clássicos do Horror para conhecer Os melhores romances para ler nos próximos meses Os melhores livros espíritas