Livro indicado por Juliette é um dos mais vendidos na Estante Virtual

(5 Estrelas - 1 Votos)

Os quatro compromissos, de Don Miguel Ruiz, apareceu no ranking pela primeira vez. Confira a lista completa!

Vencedora do Big Brother Brasil 21, Juliette Freire explodiu nas redes sociais e tornou-se uma das principais influenciadoras para o público jovem. Nos últimos dias, durante uma live no próprio perfil do Instagram, ela indicou Os quatro compromissos: O livro da filosofia Tolteca, de Don Miguel Ruiz, e a obra já é uma das mais procuradas no mercado literário. Aqui, na Estante Virtual, não foi diferente: o livro ficou entre os mais vendidos de maio, ficando atrás apenas de 1984, de George Orwell.

Já em terceiro lugar ficou o clássico Quarto de Despejo – Diário de uma favelada, de Carolina Maria de Jesus, seguido de Torto arado, de Itamar Vieira Junior, vencedor dos prêmios Jabuti e Oceanos 2020. Confira o nosso ranking completo e boa leitura!


1984, de George Orwell

Um dos romances mais influentes do século XX, o livro de George Orwell narra a trajetória de Winston. O herói da narrativa encontra-se preso à engrenagem totalitária de uma sociedade controlada pelo Estado. Nesse lugar, as ações são compartilhadas coletivamente, mas cada pessoa vive sozinha. No entanto, todos são reféns da vigilância do Grande Irmão, um poder cínico e cruel ao infinito.


Os quatro compromissos, de Don Miguel Ruiz

A obra retrata a possibilidade de uma nova vida, repleta de amor e energia. O autor acredita que, para conquistar a nova vida, é preciso honrar quatro compromissos: ser impecável com a palavra, não levar nada para o lado pessoal, não tirar conclusões e sempre dar o melhor de si. A partir deste livro, você descobre a fonte de crenças autolimitantes que nos roubam alegria e criam sofrimentos desnecessários.


Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus

Quarto de Despejo – Diário de uma Favelada é o diário de Carolina Maria de Jesus. Moradora da comunidade do Canindé, em São Paulo, e mãe de três filhos, Carolina registra a sua rotina como catadora de papel e revela aos leitores um sensível e contundente relato da dura realidade vivida na periferia da capital paulista.


Torto arado, de Itamar Vieira Junior

Acompanhamos a trajetória de Bibiana e Belonísia, duas irmãs que vivem no sertão baiano. Um dia, elas encontram uma faca na mala guardada sob a cama de sua avó e acontece, então, um acidente. A partir daquele momento, as vidas das duas estarão para sempre ligadas e uma será a voz da outra quando isso for necessário.


O pequeno príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry

Publicado em 1943, O Pequeno Príncipenarra a história de um príncipe que faz amizade com um piloto que sofreu um acidente no meio do deserto. Com ilustrações em aquarela feita pelo próprio autor, o livro aborda temas universais como o amor, a amizade e o sentido da vida. A obra já foi traduzida em mais de 250 idiomas e tornou-se um dos maiores sucessos de todos os tempos, sendo o livro francês mais lido no mundo.


A revolução dos bichos, de George Orwell

Escrito na Segunda Guerra Mundial, A Revolução dos Bichos constrói uma sátira feroz à ditadura stalinista com referências à figura de Stalin, Trotsky e de eventos políticos, mimetizando o que de fato ocorria na União Soviética. Para compor uma representação da humanidade da época, George Orwell recorreu aos animais como personagens de uma realidade dura e cruel, que animalizava os homens.


A droga da obediência, de Pedro Bandeira

Em A Droga da Obediência, cinco estudantes conhecidos como “os Karas” enfrentam um crime diabólico. O sinistro Doutor Q.I. pretende comandar a humanidade a partir da aplicação de uma perigosa droga que já está sendo experimentada por alunos dos melhores colégios de São Paulo. Este é um trabalho para os Karas: o avesso dos coroas, o contrário dos caretas.


As veias abertas da América Latina, de Eduardo Galeano

No livro, Galeano analisa a história da América Latina desde a colonização até o mundo contemporâneo. O autor uruguaio posiciona-se contra a exploração econômica e a dominação política do continente, tanto dos europeus quanto dos norte-americanos.


Em busca de sentido, de Viktor E. Frankl

O fundador da Logoterapia mostra nesta obra como foi a sua própria experiência em busca do sentido da vida num campo de concentração durante a Segunda Guerra Mundial. Apresenta também, numa segunda parte, os conceitos básicos da logoterapia.


Dom Casmurro, de Machado de Assis

Dom Casmurro trata da trajetória de Bento Santiago, a partir das lembranças de sua infância na Rua de Matacavalos e da história de amor e desventuras que viveu com Capitu. Ao longo da narrativa, Bentinho revela-se um homem perturbado pelo ciúme diante da possibilidade de adultério da mulher com “olhos de ressaca” e o colega Escobar.


Você já leu algum livro da lista?


Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *