7 livros da Intrínseca para você ler em 2021

(5 Estrelas - 1 Votos)

Que tal ficar por dentro das obras que mais bombam na editora? Veja a lista completa e escolha sua próxima leitura!

Todos os anos, as grandes editoras lançam livros incríveis, desde os de ficção até os de não ficção. É até difícil escolher qual será a próxima leitura, né? Para ajudar, você selecionamos alguns dos principais títulos que bombaram na Intrínseca nos últimos meses. E o melhor: com preços acessíveis a todos os bolsos! Entre as obras escolhidas estão A vida mentirosa dos adultos, de Elena Ferrante, Me encontre, de André Aciman, e Sprint, de Jake Knapp.

Veja a lista completa e escolha a sua próxima leitura de 2021!


Sprint, de Jake Knapp

Como inovar? Por onde começar? Como montar uma boa equipe? São muitas as perguntas que martelam na cabeça de quem precisa tirar ideias do papel, mas já existe um caminho infalível para responder a todas elas rapidamente: o sprint. O método serve para equipes de todos os tamanhos, de pequenas startups até os maiores conglomerados, e pode ser aplicado por qualquer um que tenha uma grande oportunidade, problema ou ideia e precise começar a trabalhar já.


A vida mentirosa dos adultos, de Elena Ferrante

As mudanças no rosto de Giovanna anunciam o início da adolescência e não passam despercebidas em casa. Aos 12 anos, a menina vê um rosto no espelho e, embora não compreenda a fundo o peso daquela comparação, sente que algo está irremediavelmente à beira de um abismo. O amor e a proteção oferecidos pelo lar são as primeiras estruturas a desmoronar quando Giovanna decide conhecer a mulher que pode encarnar seu futuro.


Holocausto brasileiro, de Daniela Arbex

Em reportagem consagrada, Daniela Arbex denuncia um dos maiores genocídios do Brasil, no hospital Colônia, em Minas Gerais. No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, alcoólatras e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais. Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível.


Me encontre, de André Aciman

Os personagens emblemáticos de Me chame pelo seu nome, Elio, Oliver e Samuel, voltam no aguardado romance inédito de Aciman. Samuel está a caminho de Roma para encontrar seu filho, Elio, agora um pianista renomado. O acaso, no entanto, se encarrega de adiar a reunião familiar e faz com que Samuel desembarque na cidade eterna acompanhado de um novo amor e cheio de planos para novas temporadas em sua casa de veraneio. Elio logo se muda para Paris, onde vive mais um romance, enquanto Oliver, agora pai de família e professor na Nova Inglaterra, nos Estados Unidos, cogita enfim cruzar de novo o Atlântico. O que o move inesperadamente são os primeiros acordes de uma música que o transporta no tempo para dias de idílio na Itália. Nesta retomada fascinante e tão aguardada da jornada de Elio e Oliver, André Aciman revisita seus personagens com a mesma delicadeza e pungência, trazendo-nos de volta ao relato do que há de mais perene em matéria de sentimento.


O construtor de pontes, de Markus Zusak

Mais de uma década após o sucesso de A menina que roubava livros, Markus Zusak traça a saga de uma família em busca de redenção. Em O construtor de pontes, novo romance de Markus Zusak, presente e passado se fundem na voz de outro narrador igualmente potente: Matthew, o filho mais velho da família Dunbar.


Matéria escura, de Blake Crouch

“Você é feliz com a vida que tem?”. Essas são as últimas palavras que Jason Dessen ouve antes de acordar num laboratório, preso a uma maca.  Raptado por um homem mascarado, Jason é levado para uma usina abandonada e deixado inconsciente. Quando acorda, um estranho sorri para ele, dizendo: “Bem-vindo de volta, amigo”. Neste novo mundo, Jason leva outra vida. Sua esposa não é sua esposa, seu filho nunca nasceu e, em vez de professor numa universidade mediana, ele é um gênio da física quântica que conseguiu um feito inimaginável. Algo impossível. Será que é este seu mundo, e o outro é apenas um sonho?


Pequenos incêndios por toda parte, de Celeste Ng

Um encontro entre duas famílias completamente diferentes vai afetar a vida de todos. Em Shaker Heights tudo é planejado: da localização das escolas à cor usada na pintura das casas. E ninguém se identifica mais com esse espírito organizado do que Elena Richardson. Mia Warren, uma artista solteira e enigmática, chega nessa bolha idílica com a filha adolescente e aluga uma casa que pertence aos Richardson. Em pouco tempo, as duas se tornam mais do que meras inquilinas: todos os quatro filhos da família Richardson se encantam com as novas moradoras de Shaker. Porém, Mia carrega um passado misterioso e um desprezo pelo status quo que ameaça desestruturar uma comunidade tão cuidadosamente ordenada.


O que você achou da lista?


Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.

Um comentário em “7 livros da Intrínseca para você ler em 2021

  • 10.03.2021 a 12:50 pm
    Permalink

    Oi, Gabriela!

    Eu gostei da sua lista, já tenho 2 deles: O construtor de pontes e Holocausto Brasileiro. Vou tentar ler um dos dois esse ano.

    Grande abraço,

    Drica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *