Estante Entrevista: Conheça os livros indicados por Ilana Casoy

(5 Estrelas - 1 Votos)

Roteirista da série Bom Dia, Verônica conversou em live sobre “Livros x roteiro: Os diálogos entre a literatura e os filmes”

A escritora e roteirista Ilana Casoy foi a convidada, desta quinta-feira (4), da série “Estante Entrevista”, no nosso Instagram. No bate-papo ao vivo, conversamos sobre “Livros x roteiro: Os diálogos entre a literatura e os filmes”. A criminóloga é uma das escritoras do livro Bom Dia, Verônica e da série homônima da Netflix, ao lado do escritor Raphael Montes.

Bom dia, Verônica conta a história da escrivã Verônica Torres, que trabalha na Delegacia de Homicídios de São Paulo. A vida da protagonista dá uma reviravolta quando ela se envolve com o caso de um criminoso que usa as redes sociais para violentar mulheres. Quem ler o livro e assistir à série notará diferenças na história, e algumas delas foram reveladas por Ilana Casoy durante a live.

Na entrevista, a escritora contou também sobre as diferenças e semelhanças entre escrever livros e roteiros. Ela revelou como é o seu processo criativo, inclusive quando escreve em parceria com Raphael Montes, e falou ainda sobre os bastidores da série Bom Dia, Verônica.

Ilana é autora também dos best-sellers Arquivo Serial Killers – Louco ou Cruel? e Casos de família: Arquivos Richthofen e Arquivos Nardoni. Atualmente, Ilana escreve roteiros para TV e cinema, como os filmes “A menina que matou os pais” e “O menino que matou meus pais”.


Assim como todos os outros convidados, Ilana Casoy também indicou alguns de seus livros e autores favoritos. Confira a lista completa e boa leitura!


Dias perfeitos, de Raphael Montes

Em Dias Perfeitos, conhecemos Téo, um jovem e solitário estudante de medicina que, por intermédio da mãe, conhece Clarice, uma mulher de espírito livre que planeja tornar-se roteirista de cinema. Clarice conta a Téo que está escrevendo um road movie com o nome “Dias perfeitos” e, para conquistá-la, o rapaz resolve sequestrar a jovem e viajar com ela pelas estradas do Rio de Janeiro, trilhando o mesmo percurso previsto às personagens do roteiro de Clarice.


Eu, robô, de Isaac Asimov

Eu, Robô é um conjunto de nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo. É neste livro que são apresentadas as célebres Três Leis da Robótica: os princípios que regem o comportamento dos robôs e que mudaram definitivamente a percepção que se tem sobre eles na própria ciência.


Macbeth, de William Shakespeare

Macbeth é um general do exército escocês muito apreciado pelo seu monarca, o rei Duncan, por sua lealdade e seus préstimos guerreiros. Um dia, ele e Banquo, outro general, são abordados por três bruxas, que fazem os seguintes vaticínios: Macbeth será rei, Banquo é menos importante, mas mais poderoso que Macbeth, e os filhos de Banquo serão reis. Macbeth não compreende as confusas palavras das aparições, mas elas calam fundo dentro de si. Ele relata o estranho encontro para a mulher, Lady Macbeth, uma das mais perfeitas vilãs da literatura, que, ambiciosa, exerce seu poder sobre o marido, levando-o a cometer o gesto fatal de traição ao rei que desencadeará a tragédia dos dois e uma reviravolta na corte.


Antologia poética, de Vinicius de Moraes

Antologia poética reúne a produção de um dos autores que mais influenciaram a cultura brasileira do século xx, tanto na literatura quanto na música popular. Ideal para os fãs de Vinicius de Moraes.


Serial Killer: Louco ou cruel?, de Ilana Casoy

Primeira coletânea sobre serial killers elaborada por uma escritora brasileira. Este livro é composto por duas partes. Na primeira são expostas informações e características psicológicas e físicas sobre os serial killers. Na segunda, casos reais clássicos de serial killers internacionais. 


A prova é testemunha, de Ilana Casoy

Os corredores do Fórum fervilham. Pessoas comuns, jornalistas, estudantes de Direito. Na rua, uma multidão. No plenário, todos sabem que serão longas horas, longos dias, em que cada um espera comprovar sua própria verdade. Ilana Casoy, que acompanhou o caso Isabella Nardoni durante dois anos, se debruçou em pilhas e pilhas de papéis, sabe que aqueles serão dias em que poderá, enfim, deixar registrado o que se passou durante o júri. E é pelos olhos imparciais dessa especialista, pela transcrição dos fatos, porém repleta de emoção, que todos poderão conhecer o que se passou dentro do Tribunal até que se desse o veredicto. Um emocionante embate entre Defesa e Acusação, uma narrativa contundente, explícita, para todos os que querem conhecer as entranhas desse julgamento.


O que você achou da lista? Comente e participe!


Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *