Os 6 melhores documentários nacionais para assistir na Netflix

(5 Estrelas - 1 Votos)

Selecionamos algumas das principais produções brasileiras disponíveis no streaming. Confira a lista completa!

Nos últimos anos, o cinema brasileiro lançou diversas produções importantes no cenário cinematográfico do país e do mundo. Entre os principais gêneros estão os documentários. Esse tipo de produção retrata fatos políticos, sociais e culturais de um país ou de uma determinada região. Repletos de levantamentos e entrevistas, os documentários também são essenciais para reunir informações e contar histórias de grandes personalidades.

Para ajudar você, selecionamos seis dos melhores documentários nacionais para assistir na Netflix. Entre os títulos escolhidos estão Estou me guardando para quando o Carnaval chegar e Cidade de Deus: 10 anos depois. Confira a lista e aproveite também para conhecer livros relacionados ao assunto!


Estou me guardando para quando o Carnaval chegar

Na cidade de Toritama, considerada um centro ativo do capitalismo local, mais de 20 milhões de jeans são produzidos anualmente em fábricas caseiras. Orgulhosos de serem os próprios chefes, os proprietários destas fábricas trabalham sem parar em todas as épocas do ano, exceto o Carnaval. Quando chega a semana de folga, eles vendem tudo que acumularam e descansam em praias paradisíacas.


Cidade de Deus: 10 anos depois

Este documentário resgata os dez anos passados desde o lançamento de Cidade de Deus (2002), longa de Fernando Meirelles e Kátia Lund que recebeu quatro indicações ao Oscar. A produção mostra as transformações vividas pelos atores do longa na última década. Alguns dos atores, como Seu Jorge, Alice Braga e Leandro Firmino da Hora, deram entrevistas.


Quanto tempo o tempo tem

Vive-se em tempos diferentes. Neste documentário, a diretora propõe a seus entrevistados uma análise sobre o tema. Como resultado, a produção oferece uma investigação sobre as principais linhas de nossa consciência sobre o passar das horas, um questionamento sobre a falta de tempo no mundo contemporâneo e uma reflexão sobre civilização e o futuro da existência humana.


Carta para além dos muros

Carta para além dos muros mostra a trajetória do HIV e da Aids, com foco no Brasil, por meio de entrevistas com médicos, ativistas e pacientes. Do pavor inicial às campanhas de conscientização, passando pelo estigma imposto às pessoas vivendo com HIV, veja como a sociedade encarou essa epidemia em sua fase mortífera ao longo de mais de duas décadas.


Rita Cadillac: A lady do povo

O documentário retrata a personalidade por trás de Rita de Cássia, conhecida como Rita Cadillac, a chacrete mais famosa do Brasil. Conhecemos importantes de sua vida e carreira a partir de depoimentos e imagens inéditas.


Laerte-se

Este documentário narra a história da cartunista Laerte, que passou quase 60 anos se expressando e sendo identificada como homem, até que decidiu revelar sua identidade de mulher transexual. Uma das artistas mais reconhecidas do Brasil, Laerte teve três filhos e passou por três casamentos.


Cidade de Deus, de Paulo Lins

Saudado pela crítica como uma das maiores obras da literatura contemporânea, o livro acompanha as transformações sociais sofridas pela comunidade Cidade de Deus, modelo do que aconteceu em todo o país. Quando, nos anos 1990, o tráfico de drogas substituiu a pequena criminalidade da década de 60, a violência se impões e a guerra começa.


Muchacha, de Laerte

Série publicada originalmente na Folha de São Paulo, Muchacha é o primeiro “graphic-folhetim” de Laerte. A cartunista faz uma espécie de resgate afetivo de suas memórias de infância. Muchacha tem inúmeras chaves de leitura. Pode-se explorar suas páginas em busca da resolução do suspense da própria trama. Pode-se buscar o humor que, se não tão óbvio quanto nos antigos personagens do autor – os gatos, o Capitão, o zelador-, firma-se mais no campo das insinuações e alusões, alçando o livro a algo muito além de uma simples paródia.


O dono do morro – Um homem e a batalha pelo Rio, de Misha Glenny

A história do líder do tráfico de drogas da Rocinha contada a partir de um intenso trabalho jornalístico. O Dono do Morro é a história impressionante de um homem comum forçado a tomar uma decisão que transformaria sua vida. Como Antonio Francisco Bonfim Lopes, um jovem pai trabalhador, se transformou em Nem, o líder do tráfico de drogas na Rocinha? A partir de uma série de entrevistas na prisão de segurança máxima onde o criminoso cumpre sentença, Misha Glenny narra a ascensão e a queda do traficante, assim como a tragédia de uma cidade. 


Zen para distraídos, de Monja Coen

É possível viver de maneira zen no meio da distração moderna. Viver nos grandes centros urbanos é um convite diário à distração. Manter o foco em tarefas simples, por mais fácil que pareça, se torna impossível com o excesso de informações e afazeres diários. Zen para distraídos aplica conceitos do budismo para melhorar o nosso bem-estar. A partir de práticas de meditação, de conceitos básicos do zen e outras técnicas milenares será possível manter o foco, desenvolver tarefas simples com muito mais concentração.


Você tem a vida inteira, de Lucas Rocha

Um livro sensível sobre o amor após um diagnostico de HIV. O livro de estreia de Lucas Rocha é sensível e honesto sobre um assunto que ainda é um grande tabu. As vidas de Ian, Victor e Henrique são entrecortadas pelo diagnóstico do HIV. Victor fica inseguro ao descobrir que Henrique, com quem está começando uma relação, é soropositivo e resolve fazer um teste, mesmo que os dois só tenham transado com camisinha. Logo depois de um resultado negativo, ele conhece Ian, um universitário como ele que acabou de receber uma notícia que pode mudar sua vida. No impulso de ajudar o garoto, Henrique entrelaça os destinos dos três.


O que você achou da lista? Comente e participe!


Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *