“Lupin”: o ladrão que tornou-se herói

(0 Estrelas - 0 Votos)

Protagonizada por Omar Sy, série da Netflix oferece uma versão moderna de Àrsene Lupin, o ladrão cavalheiro dos romances de Maurice Leblanc

Lançada no dia 8 de janeiro, Lupin é uma das grandes novidades da Netflix para 2021. Criada por George Kay e François Uzan, a série francesa apresenta uma versão moderna de Arsène Lupin, que apareceu pela primeira vez nos livros de Maurice Leblanc em 1847 e é protagonista em uma sequência de romances policiais escritos pelo autor francês. Desde a sua estreia, a produção tem registrado picos de audiência não só na França, mas também em países como México, Polônia, Vietnã, Filipinas e Brasil.

Dividida em dez episódios, disponibilizados na plataforma em duas partes, a produção acompanha a trajetória de Assane Diop (Omar Sy), um homem negro que vive na França em 1995 e que foi criado pelo pai, Babakar Diop (Fargass Assandé), um imigrante senegalês radicado em Paris.

Quando adolescente, Assane viu o pai ser acusado pelo roubo de um colar que pertenceu à rainha Maria Antonieta na casa dos Pellegrini, família da alta sociedade parisiense onde trabalhava. Babakar, além de não ter alguma chance de provar a sua inocência, foi condenado à prisão e, pouco tempo depois de ser detido, foi encontrado morto em sua cela.

Sem a presença de Babakar, o rapaz, que também não tinha mãe, viveu um tempo em um orfanato, até receber a notícia de que estudaria em uma das melhores escolas do país com o patrocínio de um doador anônimo. A experiência fez com que Assane tornasse um homem culto e tomado pela vontade de vingar-se da injustiça sofrida pelo pai.

Uma das grandes heranças que Assane recebeu de Babakar foi o amor pela literatura e, sobretudo, pelas aventuras de Àrsene Lupin. As incontáveis vezes que leu a história do cavalheiro ladrão fizeram com que o homem aprendesse com ele todas as técnicas, disfarces e um talento incomparável para conduzir roubos.

Inspirado pelos truques cheios de classe de Lupin, Assane monta o plano perfeito para roubar a tal joia da família Pellegrini, que hoje em dia está guardada no Museu do Louvre. Esse é só o início de uma vingança de tirar o fôlego, conduzida por um personagem que foge aos clichês do ladrão clássico e se aproxima muito mais à figura heroica de um homem racial e socialmente oprimido em busca de justiça.

Segunda parte confirmada

Em um comunicado oficial, a Netflix confirmou que disponibilizará a parte dois de Lupin. A previsão é de que os próximos episódios sejam lançados na plataforma de streaming no segundo semestre de 2021.

Embora a Netflix continue misteriosa a respeito de uma segunda temporada da série, George Kay já confirmou ao público que a sequência está sendo preparada. Além disso, em entrevista ao canal francês TF1, o próprio Omar Sy confessou que deseja interpretar Assane Diop durante um bom tempo ainda. “(Assane) é tão múltiplo, tão transformista, que será divertido vivê-lo durante várias temporadas sem me cansar”, afirmou.


As Aventuras de Robin Hood, Alexandre Dumas

Considerado um dos maiores heróis da Grã-Bretanha, Robin Hood é um fora da lei dos tempos do rei Ricardo Coração de Leão e rouba dos ricos para dar aos pobres. Em suas aventuras, Hood é ajudado por outros habitantes da Floresta de Sherwood, como John Pequeno, Frei Tuck e Will Escarlate.


Arsène Lupin, Ladrão de Casaca, Maurice Leblanc

Brilhante, mestre do disfarce e do jiu-jítsu, Arsène Lupin é um ladrão francês refinado e anarquista que mais parece uma espécie de Robin Hood da Belle Époque. Uma irônica resposta francesa a Sherlock Holmes, o livro de Maurice Leblanc apresenta as primeiras aventuras do anti-herói que atormenta oponentes, zomba das convenções, ridiculariza a burguesia e ajuda os mais fracos.


Assassinatos na Rua Morgue e Outras Histórias, Edgar Allan Poe

Assassinatos na Rua Morgue conta a história do francês Monsieur C. Auguste Dupin. Através de seu sistema de dedução e da sua capacidade de observação dos fatos, Dupin irá desvendar um dos mais obscuros casos já enfrentados pela polícia francesa: um assassinato brutal em um apartamento da rua Morgue.


O Código da Vinci, Dan Brown

O assassinato do respeitado curador, Jacques Saunière, dentro do Museu do Louvre traz à tona uma conspiração para revelar um segredo protegido por uma sociedade secreta desde os tempos de Jesus Cristo. Antes de morrer, Saunière deixa uma mensagem cifrada que apenas a criptógrafa Sophie Neveu e o simbologista Robert Langdon podem desvendar. Os dois tentam decifrar um intricado quebra-cabeças que pode lhes revelar um mistério milenar que envolve a Igreja Católica.


Sherlock Holmes – Um Estudo Em Vermelho, Sir Arthur Conan Doyle

Lançado em formato de livro em 1988, Um Estudo Em Vermelho foi a primeira obra de sucesso de Sherlock Holmes. O livro de Arthur Conan Doyle narra detalhes do primeiro encontro que o detetive tem com o seu fiel amigo, Dr. Watson, para, juntos, resolverem mais um intrigante mistério.


O que você achou de “Lupin”?



Yasmin Lisboa

Yasmin é jornalista e estudante de Cinema. Cantora e colecionadora de discos e livros, é fascinada pela cultura popular brasileira.

Maze Runner: Conheça os livros da saga Conheça os livros de Jô Soares Se você gostou dessas séries, vai gostar desses livros! Clássicos do Horror para conhecer Os melhores romances para ler nos próximos meses