Estante Entrevista: Veja os 6 livros indicados pelo escritor Jeferson Tenório

(0 Estrelas - 0 Votos)

Autor de O avesso da pele participou de live no nosso Instagram, nesta quarta-feira (18), sobre “A representatividade negra na literatura”

O escritor Jeferson Tenório participou de uma conversa sobre “A representatividade negra na literatura”, durante uma live na série “Estante Entrevista”, nesta quarta-feira (18), no nosso Instagram. Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, ele é radicado em Porto Alegre e atualmente é doutorando em Teoria Literária pela PUC-RS.

Autor dos livros O beijo na parede e Estela sem Deus, Jeferson lançou O avesso da pele neste ano e já conquistou a crítica literária. Na obra, o jovem Pedro narra a história de seu pai, Henrique, um professor negro morto em uma abordagem policial em Porto Alegre. Por meio da narrativa, percebe-se o racismo estrutural da sociedade brasileira.

Durante a entrevista, Jeferson relembrou seus anos durante o curso de Letras e sobre os episódios de racismo que enfrentou (e ainda enfrenta) no dia a dia. O autor, que também é professor, contou ainda sobre seu processo criativo e como tornou-se escritor.


Terra estranha, de James Baldwin

O romance Terra estranha,publicado inicialmente em 1962, tem como pano de fundo os clubes de jazz de Greenwich Village, em Nova York, na década de 1960. O livro retrata a história de Rufus, um baterista negro em decadência, que se envolve com Leona, uma mulher branca do sul dos Estados Unidos. A partir desse contexto, Baldwin discute sobre nacionalismo, identidade, bissexualidade e raça. 


O olho mais azul, de Toni Morrison

Uma tentativa de dramatizar a opressão que o preconceito racial pode causar na mais vulnerável das criaturas: uma menina negra. Considerado um dos livros mais impactantes de Toni Morrison, o primeiro romance da autora conta a história de Pecola Breedlove, uma menina negra que sonha com uma beleza diferente da sua. Negligenciada pelos adultos e maltratada por outras crianças por conta da pele muito escura e do cabelo muito crespo, ela deseja mais do que tudo ter olhos azuis como os das mulheres brancas — e a paz que isso lhe traria. Mas, quando a vida de Pecola começa a desmoronar, ela precisa aprender a encarar seu corpo de outra forma.


Dom Quixote, de Miguel de Cervantes

Neste clássico, o escritor Miguel de Cervantes retrata a história de um ingênuo senhor rural cujo passatempo favorito era a leitura de livros de cavalaria. Na sua obsessão, acreditava literalmente nas aventuras escritas e decide tornar-se um cavaleiro andante. Suas viagens sucedem-se sob a alucinação de que estava vivendo na era da cavalaria; pessoas que encontrava nas estradas pareciam-lhe como cavaleiros em armas, damas em apuros, gigantes e monstros.


Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus

Neste livro, o duro cotidiano dos favelados ganha uma dimensão universal no diário de uma catadora de lixo. Com linguagem simples, a escritora Carolina Maria de Jesus conta o que viveu, sem artifícios ou fantasias.


Hamlet, de William Shakespeare

Um jovem príncipe se reúne com o fantasma de seu pai, que alega que seu próprio irmão, agora casado com sua viúva, o assassinou. O príncipe cria um plano para testar a veracidade de tal acusação, forjando uma brutal loucura para traçar sua vingança. Mas sua aparente insanidade logo começa a causar estragos – para culpados e inocentes.


Olhos d’água, de Conceição Evaristo

Em Olhos d’água, Conceição Evaristo ajusta o foco de seu interesse na população afro-brasileira abordando, sem meias palavras, a pobreza e a violência urbana que a acometem. Sem sentimentalismos, mas sempre incorporando a tessitura poética à ficção, seus contos apresentam uma significativa galeria de mulheres: Ana Davenga, a mendiga Duzu-Querença, Natalina, Luamanda, Cida, a menina Zaíta. Ou serão todas a mesma mulher, captada e recriada no caleidoscópio da literatura em variados instantâneos da vida?


Você já leu algum livro da lista? Comente e participe!


Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.

Maze Runner: Conheça os livros da saga Conheça os livros de Jô Soares Se você gostou dessas séries, vai gostar desses livros! Clássicos do Horror para conhecer Os melhores romances para ler nos próximos meses