FLEV: 5 livros indicados por Raphael Montes

(5 Estrelas - 2 Votos)

Escritor e roteirista, Raphael Montes falou sobre os 130 anos de Agatha Christie na última live do Festival Literário da Estante Virtual

Na sexta-feira (28), o escritor e roteirista de literatura policial, Raphael Montes, participou da última live da primeira edição do Festival Literário da Estante Virtual (FLEV). Autor de livros como “Uma Mulher no Escuro”, Montes debateu sobre a obra e o legado de Agatha Christie.

Nascida em 1890, na cidade de Devon, na Inglaterra, Agatha Mary Clarissa Miller foi uma das pioneiras do gênero policial na literatura. Conhecida como “dama do crime”, a escritora publicou ao longo de sua carreira 80 romances policiais e compilações de pequenas histórias, além de 19 peças e seis romances que ela escreveu usando o pseudônimo Mary Westmacott. Christie tornou-se a romancista mais bem-sucedida da história da literatura popular mundial, com cerca de 4 bilhões de cópias vendidas de suas obras.

Para Raphael Montes, os livros de Agatha Christie, além de excelentes, são uma ótima porta de entrada para a literatura. Montes, que conheceu os livros de Christie na adolescência e tem a coleção completa de romances da autora, destaca que o grande talento dela era criar tramas tão complexas e interessantes, mas tudo feito de maneira fluida, natural e acessível.

A genialidade narrativa executada de maneira fluida e acessível é um dos aspectos na obra de Agatha Christie que, de acordo Raphael Montes, fazem com que a escritora inglesa seja lida e cultuada por fãs de diferentes faixas etárias e regiões do mundo.


A Casa Torta, Agatha Christie

Em uma mansão torta nos arredores de Londres vivem o milionário octogenário Aristide Leonides e a esposa, cinquenta anos mais jovem, além de filhos, noras, netos e uma cunhada, irmã da primeira mulher. Mas, após Leonides ser envenenado, todos os moradores da mansão tornam-se suspeitos, e, a partir de então, a discórdia passará a dominar o clima entre os membros da família.


A Sangue Frio, Truman Capote

A Sangue Frio narra detalhes sobre o assassinato da família Clutter, em Holcomb, Kansas. No livro, Truman Capote fala tanto sobre a vida do fazendeiro Herbert Clutter, de sua esposa Bonnie e dos filhos Nancy e Kenyon, como reconstrói a trajetória dos assassinos Perry Smith e Dick Hikcock, que planejaram matar a família acreditando que se apropriariam de sua fortuna, mas não encontraram o que esperavam.


A Vela do Demônio, Karin Fossum

Em A vela do demônio, Andreas e Zipp, dois jovens moradores de uma cidade portuária, vivem em busca de dinheiro fácil e rápido. Em um de seus assaltos, roubam a bolsa de uma mulher que empurrava o carrinho do seu bebê. Porém, nenhum dos dois percebe que, assustada com a situação, a vítima do assalto largou o acidentalmente o carrinho, que rolou por uma ladeira e matou o bebê. 


O Beijo da Morte, Ira Levin

O Beijo da Morte narra a história de Burton Corliss, um jovem universitário que, após descobrir que a amante está grávida, mata a mulher para não ser chantageado. No livro, Ira Levin constrói a trajetória de um assassino que vive preso a uma teia de dissimulações, sempre preocupado em ocultar o terrível segredo de sua vida.


Uma Mulher no Escuro, Raphael Montes

Uma mulher no Escuro narra a história de uma jovem que, após presenciar um crime bárbaro que matou a sua família, vive solitária, com pesadelos frequentes e grandes dificuldades para se relacionar. Distante das pessoas, ela vive a observar a vida alheia pelas janelas do apartamento onde mora, na Lapa, bairro central do Rio de Janeiro.


Você já leu algum livro da lista?


Yasmin Lisboa

Comentários

Yasmin Lisboa

Yasmin é jornalista e estudante de Cinema. Cantora e colecionadora de discos e livros, é fascinada pela cultura popular brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *