8 séries brasileiras para assistir na Netflix

(0 Estrelas - 0 Votos)

É fã de séries? De ficção científica aos documentários, conheça oito produções nacionais que estão disponíveis na Netflix

Nos últimos anos, as produções brasileiras estão cada vez mais presentes no catálogo da Netflix. Desde a estreia de “3%”, lançada em 2016, séries como “Coisa Mais Linda”, “Bandidos na TV” e “Boca a Boca” já apareceram entre as produções mais assistidas na plataforma de streaming e tem sido debatidas nas redes sociais.

Que tal ficar por dentro das produções nacionais que estão fazendo sucesso na Netflix? Nós preparamos uma lista com dicas de séries brasileiras que vão desde a ficção científica aos documentários e estão disponíveis na plataforma. Confira a lista!


3% (2016), Cesar Charlone e Pedro Aguilera

3% se passa um futuro pós-apocalíptico não muito distante onde o planeta tornou-se um lugar devastado. Aos 20 anos, todo cidadão recebe a chance de passar pelo Processo, uma rigorosa seleção de provas físicas, morais e psicológicas que oferecem uma chance de ascender ao Mar Alto, região onde tudo é abundante e as oportunidades de vida são extensas. Porém, somente 3% dos inscritos chegarão até lá.

Se você gostou da série, vai gostar do livro…

Maze Runner – Correr ou Morrer (James Dashner)

Ao acordar dentro de um escuro elevador, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Quando chega a seu destino, ele se vê rodeado por garotos que o acolhem e apresentam “a Clareira”, um espaço aberto cercado por um gigante e misterioso Labirinto. Tudo o que sabem sobre ele é que é alterado todos os dias. Porém, a chegada de uma garota irá transformar de forma radical a rotina do lugar. 


Bandidos na TV (2019), Dinah Lord e Eamonn Matthews

A série Bandidos na TV conta a história da vida de Wallace Souza, um apresentador de televisão que foi acusado de planejar os assassinatos que investigava no “Canal Livre”. Ao longo de dez anos, Wallace comandou o programa que tornou-se um sucesso nacional e chegou a ultrapassar a audiência de grandes emissoras do país.


Se você gostou da série, vai gostar do livro…

Os Espectadores (Jennifer duBois)

Um crime que chocou os Estados Unidos culmina em um tsunami midiático para o polêmico apresentador de um dos talk shows mais assistidos da TV americana. Uma história sobre responsabilidade e redenção – além de um retrato nostálgico da cidade de Nova York e uma análise mordaz de nossa cultura do espetáculo. O apresentador Matthew Miller fez sua fama na TV explorando os segredos mais improváveis e bizarros da sociedade americana e expondo-os ao vivo na frente de milhões de telespectadores pasmos. No entanto, o homem por trás do The Mattie M Show permanece um mistério – tanto para seu enorme público quanto para aqueles que trabalham ao seu lado nos bastidores todos os dias.
Mas quando dois alunos do ensino médio responsáveis por um tiroteio em massa em uma escola deixam uma carta onde revelam ser fãs devotos do programa, a vida e a carreira de Mattie são lançadas ao escrutínio público. Para muitos, a sagacidade, a ironia e a imparcialidade do apresentador são apenas uma fachada que esconde uma cultura decadente e sem limites. Logo, os segredos do passado de Mattie como um jovem político brilhante na conturbada Nova York do final dos anos 1960 começam a vir à tona.


Boca a Boca (2020), Esmir Filho

Em Progresso, uma doença contagiosa que é transmitida pelo beijo se espalha após uma festa que reuniu jovens de toda a cidade. A doença, além de deixar os adolescentes em pânico e os moradores desconfiados uns dos outros, a infecção altera todo o cotidiano da comunidade interiorana.

Se você gostou da série, vai gostar do livro…

Invasores de Corpos (Jack Finney)

Em uma tarde tranquila de uma cidadezinha da Califórnia, o dr. Miles Bennell atende a um pedido de ajuda incomum: a paciente diz que seu tio não é mais o mesmo, que algo possuiu seu corpo e mente. Passados alguns dias, mais pessoas chegam ao consultório com os mesmos relatos, e o que vinha sendo encarado como um delírio coletivo passa a ser levado a sério quando um corpo aparentemente humano, mas sem traços de humanidade, é encontrado. A verdade sobre aquele ser está muito além do que Miles aprendeu na faculdade de medicina e, de maneira desesperadora, ele vê seus vizinhos, amigos, família e pessoas queridas tendo seus corpos e mentes dominados por uma ameaça invisível.


Coisa Mais Linda (2019), Heather Roth e Giuliano Cedroni

Coisa Mais Linda conta a história de Maria Luiza, uma mulher da alta sociedade paulista que, após ser deixada pelo marido, vê a sua vida mudar completamente. Ao descobrir que o rapaz teria viajado para o Rio de Janeiro para montar um restaurante, ela viaja para a cidade, se insere em um grupo de mulheres feministas e liberais e acaba transformando o lugar em uma casa noturna que é a cara da Bossa Nova.

Se você gostou da série, vai gostar do livro…

Tomates Verdes Fritos (Flannie Flagg)

Combinando humor irresistível a uma narrativa comovente, Fannie Flagg conta a história do Café da Parada do Apito, em um vilarejo isolado do Alabama – um dos estados mais pobres e repressivos dos Estados Unidos, marcado por sua rígida observação dos papéis sociais e sexuais e por uma inexorável hierarquia racial. Inaugurado pelo singular casal formado por Ruth ― doce e reservada ― e Idgie ― ousada e libertária –, o Café torna-se ponto de encontro para os tipos humanos mais diversos e improváveis: sonhadores extravagantes, bandidos insólitos, sem-tetos vítimas da Depressão. Fannie Flagg usa capítulos curtos que alternam épocas ― a década de 1980, as primeiras décadas do século XX, os anos 1930 ―e histórias superpostas para criar um rico painel humano e social.


Guerras do Brasil.doc (2019), Luiz Bolognesi

Com cinco episódios, Guerras do Brasil.doc (2019) narra a história por trás dos principais conflitos armados da história do Brasil. A série documental recorre a depoimentos de especialistas, de imagens de arquivo e ilustrações para revisitar confrontos como as Guerras da Conquista, Guerras dos Palmares, Guerra do Paraguai, Revolução de 30 e Guerra do Tráfico.

Se você gostou da série, vai gostar do livro…

A Guerra: a ascensão do PCC e o mundo do crime no Brasil (Bruno Paes Manso e Camila Nunes Dias)

Uma reportagem de alta temperatura, que comprova a falência da segurança pública no Brasil. Os autores entrevistaram diversos integrantes do PCC e revelam as entranhas das organizações criminosas. Este livro é uma reportagem capaz de fixar a fisionomia do crime no Brasil. Os autores obtiveram relatos inéditos de integrantes das facções e contam essa história sob um ângulo inédito e revelador. Geridas de dentro dos presídios, as facções criminosas se profissionalizaram. Quem assumiu a dianteira desse processo foi o PCC, responsável por um grau inédito de organização nos presídios brasileiros. Criada em 1993, meses após o Massacre do Carandiru, quando 111 presos foram mortos pela polícia, a facção passou a ditar as regras do crime nos presídios de São Paulo, impôs sua influência sobre outros estados e agora se internacionaliza a uma velocidade vertiginosa. Nunca essa realidade foi retratada com tintas tão fortes.


Irmandade (2019), Pedro Morello

Nos anos 1990, a advogada Cristina descobre o paradeiro do seu irmão, que estava desaparecido há anos. Ao ser obrigada a se infiltrar na facção Irmandade, ela descobre que o irmão foi preso pois era líder do grupo. Mas, quanto mais a advogada se aproxima da facção, mais ela começa a questionar as suas percepções sobre a lei e a justiça brasileira.

Se você gostou da série, vai gostar do livro…

Comando Vermelho – a História Secreta do Crime Organizado (Carlos Amorim)

A história dos chefões do Comando Vermelho. o contrabando das armas de guerra. a corrupção policial e as ligações do crime com a política e com os grandes cartéis do tráfico internacional de drogas – publicado originalmente em 1993. este livro-reportagem do jornalista Carlos Amorim revela-se mais atual e oportuno do que nunca. É uma devassa no submundo do crime organizado. onde o poder se exerce pela força dos milhões de dólares arrecadados com a venda de drogas. Também é uma análise histórica e sociológica da violência nas grandes cidades brasileiras. onde vivemos em uma guerra civil não declarada.


O Escolhido (2019), Carolina Munhóz e Raphael Draccon

Três jovens médicos recebem a missão de ir a um vilarejo no Pantanal para vacinar moradores contra uma nova mutação do vírus da Zika. Porém, ao chegarem lá, os médicos notam que a comunidade não deseja receber o tratamento e se descobrem presos em um lugar liderado por uma figura enigmática que afirma ter o poder de curar doenças sem fazer uso da medicina.

Se você gostou da série, vai gostar do livro…

A Casa (Chico Felitti)

João de Deus desfrutava das bênçãos do establishment. Frequentava festas de políticos, recebia artistas brasileiros e estrangeiros, via formarem filas quilométricas em frente à casa onde atendia, na pequena cidade de Abadiânia, no interior de Goiás. No fim de 2018, veio a público uma onda de acusações de assédio sexual contra o líder espiritual. Dezenas de mulheres saíram da sombra para contar experiências de abuso e estupro. Em seguida surgiram as denúncias na Justiça. E então o castelo de cartas de João de Deus começou a desmoronar. Este livro mergulha nessa história e mostra que ela é ainda mais assustadora. Ao longo de quarenta anos, desde os primórdios do centro de atendimento de João de Deus, fundado no fim dos anos 1970, foram se acumulando episódios nada edificantes. Atores foram contratados para fingir serem doentes. Uma escritora estrangeira pagou para acobertar abusos do líder no exterior. Mortes e assassinatos ficaram sem explicação. Em Abadiânia, são comuns relatos sobre pessoas que sumiram após se indispor com João de Deus. Durante o processo de apuração, ao longo do ano de 2019, o autor Chico Felitti visitou a cidade meia dúzia de vezes. Passou uma semana dentro da seita. Saiu de lá com uma reportagem brilhante, capaz de revelar as entranhas de um líder à brasileira: corrupto e empreendedor, criminoso e carismático, sedutor e profundamente cruel.


Sintonia (2019), Guilherme Quintella, Felipe Braga e Konrad Dantas

Produzida pela KondZilla, a série conta as histórias de Doni, Nando e Rita, três amigos que cresceram juntos em uma favela em São Paulo. As vivências desde a infância nas ruas da comunidade apresentaram a eles o mundo da religião, da música e do tráfico de drogas. Na juventude, os amigos decidem trilhar caminhos muito diferentes, mas sem se afastarem uns dos outros.

Se você gostou da série, vai gostar do livro…

Uma Rosa no Concreto (Angie Thomas)

Maverick Carter sabe que um homem de verdade cuida da própria família. Como filho de uma ex-lenda da gangue King Lords, Mav faz isso da única maneira que conhece: vendendo drogas. O dinheiro serve para ajudar a mãe, que trabalha em dois empregos para sustentar a casa enquanto o pai está na prisão. Com apenas 17 anos, sabe que sua vida não é perfeita, mas com uma namorada de tirar o fôlego e um primo superprotetor, Mav tem tudo sob controle. Ou melhor, tinha… até descobrir que é pai de um bebê de três meses.

Conciliar a vida nas ruas, os estudos e ainda ser um bom pai não é tarefa fácil. Ainda mais com Iesha, a mãe do bebê, deixando todo o trabalho em suas mãos. Por isso, quando tem a chance de dar um rumo diferente a sua vida, Maverick aproveita. Em um mundo que espera sua derrota, Mav quer provar que é diferente. Afinal, até rosas conseguem florescer nas situações mais adversas.


Você já viu alguma série da lista?


Yasmin Lisboa

Yasmin é jornalista e estudante de Cinema. Cantora e colecionadora de discos e livros, é fascinada pela cultura popular brasileira.

Maze Runner: Conheça os livros da saga Conheça os livros de Jô Soares Se você gostou dessas séries, vai gostar desses livros! Clássicos do Horror para conhecer Os melhores romances para ler nos próximos meses