Junho Literário: Dicas de livros pelo jornalista Marcelo Alves

(5 Estrelas - 2 Votos)

Jornalista Marcelo Alves dá dicas para quem quer mergulhar no mundo das adaptações literárias para o cinema e TV. Confira!

Desde os primórdios da história do cinema e da televisão, as adaptações audiovisuais de obras literárias se mantêm presentes nas telinhas e telonas. Premiadas obras do cinema como “Apocalypse Now” (1979), de Francis Ford Coppola, “O Iluminado” (1980), de Stanley Kubrick e “O Poderoso Chefão” (1972), de Francis Ford Coppola, por exemplo, surgiram a partir de clássicos da literatura mundial.

Mas porque será que as adaptações de livros fazem tanto barulho no cinema e na TV? Na segunda edição da série Junho Literário, o jornalista e doutorando em Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa, Marcelo Alves, explicou as origens desse sucesso, ressaltando as transformações e possibilidades geradas pelo surgimento das novas tecnologias e serviços de streaming.

ASSISTA A TODAS AS LIVES

Além disso, o jornalista falou sobre cultura da convergência e as narrativas transmídia e indicou livros para quem deseja mergulhar no universo das adaptações audiovisuais de obras literárias. Confira a lista e boa leitura!


A Guerra dos Tronos, George R. R. Martin

A Guerra dos Tronos é o primeiro livro da série As crônicas de gelo e fogo, do escritor George R. R. Martin. A obra narra detalhes sobre um conflito vivido entre os Stark do reino de Winterfell, uma complicada família que vive ao norte de Winterfell. As disputas por reinos, bem como as tragédias e traições são recorrentes na família e fazem parte de um mesmo conflito mortal: a guerra dos tronos.


A guerra não tem rosto de mulher, Svetlana Aleksiévitch

Em A Guerra Não Tem Rosto de Mulher, Svetlana Aleksiévitch conta a história das mulheres que lutaram no Exército Vermelho durante a Segunda Guerra Mundial, mas que tiveram as suas histórias silenciadas durante todos esses anos. Na obra, a autora faz com que as vozes dessas mulheres ecoem, convocando as suas memórias mais angustiantes e arrebatadoras.


Amiga Genial, Elena Ferrante

Amiga Genial é o primeiro romance da Série Napolitana da misteriosa autora Elena Ferrante. A obra narra a história de uma profunda amizade vivida por Elena Greco e Raffaella Cerullo. Vizinhas em um bairro pobre de Nápoles, na década, de 1950, as duas passam de inimigas a grandes parceiras. Aos 16 anos, as duas se unem e, juntas, brincam, fazem planos e sonham com um futuro melhor.


Anna Karenina, Leon Tolstoi

Um clássico da literatura mundial, Anna Karenina narra a conturbada história de amor vivida por Ana e seu amante Vronski. Ambientada na Rússica czarista, a obra torna-se cada vez mais profunda à medida em que a mulher se deixa arrebatar pela paixão proibida e provoca questionamentos a respeito de questões como o significado da vida e o senso de justiça social no âmbito das crises familiares.


Cultura da Conexão, Henry Jenkins

Em Cultura da Conexão, Henry Jenkins promove uma discussão a respeito da propagação de conteúdos nos meios de comunicação. Atualmente, a mídia enfrenta uma mudança em sua lógica, que deixa de ser voltada para a radiodifusão e torna-se cada vez mais voltada ao engajamento do público. Nesse sentido, Jenkins analisa as implicações dessas transformações, bem como o perfil de comportamento do público dos meios dos conteúdos midiáticos.


Cultura da Convergência, Henry Jenkins

Publicado pela primeira vez no ano de 2006, Cultura da Convergência analisa o surgimento das novas mídias, bem como as transformações que acontecem quando tais meios começam a se conectar. No livro, Henry Jenkins estuda exemplos da cultura da convergência como o do universo Matrix, com a sua expansão para além das telonas, e o fenômeno Harry Potter, em que fãs da série de filmes passaram a escrever as suas próprias histórias quando não se sentiram satisfeitos com os rumos da franquia.


Hamlet, William Shakespeare

Um dos grandes clássicos da literatura mundial, Hamlet narra a história de um príncipe que junta ao fantasma do pai, que alega ter sido assassinado pelo próprio irmão, agora casado com sua viúva. Assim, o príncipe elabora um plano para provar a veracidade da acusação, mas a sua insanidade causará estragos tantos para os culpados como para os inocentes.


On The Road, Jack Keroauc

Um clássico da geração beat, On The Road narra detalhes sobre as aventuras que os amigos Jack Kerouac e Neal Cassady (que no romance aparecem, respectivamente, com os nomes de Sal Paradise e Dean Moriarty) viveram ao cruzarem os Estados Unidos de carro. A viagem, que começou na famosa Rota 66, foi marcada por sexo, drogas, rock’n roll e liberdade, e formou uma geração de jovens que sonhavam um dia viver a mesma experiência de Cassady e Kerouac.


Otelo, William Shakespeare

Uma das obras mais famosas de Shakespeare, Otelo narra a trajetória de Otelo, um general mouro que vai à Veneza e, ao chegar lá, conquista Desdêmona, uma jovem que pertence à nobreza local. Assim, Otelo decide enfrentar a ira do pai de sua amada e consegue se casar com ela. Na companhia da esposa, o general embarca para o Chipre com o intuito de combater o inimigo turco-otomano. Mas a viagem não fará muito bem para o relacionamento dos dois.


Quais livros da lista você quer ler?


Yasmin Lisboa
Comentários

Yasmin Lisboa

Yasmin é jornalista e estudante de Cinema. Cantora e colecionadora de discos e livros, é fascinada pela cultura popular brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *