6 livros para deixar a vida organizada

(3.5 Estrelas - 2 Votos)

Como organizar-se em tempo de distanciamento social? Selecionamos livros que vão auxiliar você nesse processo. Confira!

Em um momento de necessário distanciamento social, é hora de readaptar as rotinas e reorganizar a vida. Com tantas mudanças em nosso cotidiano, é preciso saber separar o joio do trigo e concentrar-se no que de fato é essencial.

Para isso, estão disponíveis uma infinidade de métodos, antigos e atuais, criados justamente para nos auxiliarem nesse processo. Aqui, nós preparamos uma lista com seis livros para ajudar você a se organizar.


Vida Organizada, de Thais Godinho

Viciada em organização, Thais Godinho é dona de um texto leve, objetivo e cativante. Em seu livro, ela questiona por que nossos objetivos são, de fato, importantes e a relevância do planejamento a curto, médio e longo prazo. A autora desconstrói o conceito do verbo “organizar”, que nada tem a ver com obrigações ou checklists, porém com a busca de soluções para otimizar nosso tempo e espaço. A leitura promete ensinar aos leitores por onde começar quando a vida parece um emaranhado confuso, a fugir da procrastinação e do mito das multitarefas. Com ela vamos aprender o poder de destralhar tudo o que é desnecessário e a aprender a dizer NÃO. A obra é interativa e, em algumas páginas, há espaço para registrar metas e sonhos, como um verdadeiro diário mesmo.


A arte de fazer acontecer, de David Allen

Mais foco, mais produtividade e menos estresse. A obra é baseada no conceito revolucionário de organização: o método Getting Things Done (GTA). De uma forma prática e eficaz, David Allen escreve especialmente para pessoas muito ocupadas, nos ajudando a reestabelecer o controle da própria vida. Considerado uma das principais referências da temática, o autor escreveu o livro após 30 anos de pesquisa sobre o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, ensinando que devemos aceitar que não podemos fazer tudo ao mesmo tempo e que outras coisas podem – sim! – ficar para depois.


O poder do hábito, de Charles Duhigg

Engana-se quem pensa que nossos hábitos são imutáveis. Charles se propõe a explicar a importância de uma rotina que valoriza cada atividade que precisamos realizar. Logo, o que para muitos parece quase impossível, o livro desmitifica a ideia de que nossos hábitos não podem ser transformados. Assim, a obra é um convite para quem buscam a reeducação, mudança e correção de costumes e comportamentos já naturalizados na vida. E, claro, tudo cooperando para o sucesso e a produtividade do que nos comprometemos a fazer!


O ponto de equilíbrio, de Christine Carter

Como você chega ao final de cada dia? Quais sensações falam mais alto no seu corpo? Se a resposta é estresse, sobrecarga e ansiedade, certamente alguma coisa está errada. Em uma leitura rápida e reflexiva, a autora problematiza o significado de tranquilidade, pois, segundo ela, é um sentimento que pode representar coisas diferentes para cada pessoa. De uma forma linear, aprendemos o quanto a felicidade e a organização estão interligadas e que, além disso,  o ponto de equilíbrio tem a ver com gatilhos que funcionam pra cada indivíduo. A leitura é um convite para sermos mais humanos: prestarmos mais atenção nas pessoas, investir na positividade intencional, escolher as prioridades do momento e a entender que nada tem graça quando nosso talento está em risco.


Por que fazemos o que fazemos?, de Mario Serio Cortella

Preguiça, falta de tempo e rotina sem paixão? Se isso, infelizmente, se tornou uma realidade cotidiana, é hora de retomar os pontos de partida. A obra é repleta de ensinamentos como paciência na “turbulência e sabedoria na travessia”. Dividido em 20 capítulos, há um forte alerta aos leitores sobre a importância de ter uma vida com propósito para alcançar a realização profissional sem nunca abrir mão da vida pessoal.


A mágica da arrumação, de Marie Kondo

Escrito por uma autora japonesa, o ponto central do best-seller é provar como grande parte da bagunça da sua casa é ocasionada por objetos dispensáveis. Nesse sentido, Marie Kondo mostra aos seus leitores que, quando o assunto é organização, os espaços ganham novas energias, sensações e sentimentos. Baseado na técnica do descarte, é preciso ser “desapegado” para ter fôlego nessa leitura, pois, de acordo com ela, a obra não promete apenas transformar a nossa casa, mas como ta nossa vida inteira. OBS: Marie em seu Instagram que terá um reality show sobre organização na Netflix. O programa vai acompanhar seu trabalho enquanto ela ajuda pessoas a colocar a casa e a vida em ordem. Não perca!


Você gostou da lista?

Yasmin Lisboa
Comentários

Yasmin Lisboa

Yasmin é jornalista e estudante de Cinema. Cantora e colecionadora de discos e livros, é fascinada pela cultura popular brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *