Dicas para economizar nos livros escolares

(5 Estrelas - 2 Votos)

Neste volta às aulas, que tal comprar os didáticos com preços mais baratos? Confira as nossas sugestões!

Volta às aulas chegou e é hora de organizar o material escolar do seu filho. Como todo início de ano, os colégios já divulgaram os livros escolares que serão usados durante os próximos meses. Normalmente, as listas dos didáticos são extensas, então, nada melhor do que economizar na compra dos itens.

Para você passar por esse período com mais tranquilidade, selecionamos algumas dicas de como economizar nos livros escolares. Confira as nossas sugestões e bom volta às aulas!


Onde comprar livros escolares mais baratos?

Esta é uma das principais dúvidas dos pais durante esse período de volta às aulas. Com mais de 2,6 mil livreiros de todo o país, a Estante Virtual oferece livros escolares seminovos e usados de todas as séries, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio, e de diferentes disciplinas, como Matemática, História, Português e Ciências.

A gerente de Marketing, Erica Cardoso, reforça que a Estante Virtual “fez o dever de casa” para este volta às aulas. “Mapeamos os livros mais pedidos pelas escolas, trabalhamos em conjunto com a rede de vendedores e já estamos preparados para o volta às aulas. Agora, convidamos todos os pais a fazerem uma visita ao site e comparar preços”, completa.


As vantagens de comprar livros usados

Comprar livros usados e seminovos é uma ótima opção para quem quiser economizar na lista escolar. Além de adquirir exemplares bem mais baratos, você ainda estimula o reúso e o consumo consciente. Na Estante Virtual, você pode comprar as obras com até 65% de economia.

Na categoria dos paradidáticos, há os clássicos da literatura, que sempre entre estão entre os mais vendidos do site, como Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, a partir de R$ 4. Enquanto isso, exemplares de A bolsa amarela, de Lygia Bojunga, custam a partir de R$ 15.

Já em relação aos didáticos, os pais podem economizar na compra de dicionários, como o Mini Aurélio – O dicionário da Língua Portuguesa, de Aurelio Buarque de Holanda Ferreira, que tem preços a partir de R$ 7,90, e de gramáticas, como Aprender e praticar gramática, de Mauro Ferreira, a partir também de R$ 4.

“Visitar a Estante Virtual é como entrar em milhares de livrarias ao mesmo tempo e garimpar pelas melhores oportunidades. A grande recomendação é usar os filtros do site e comparar os preços e o estado de conservação dos livros”, explicou a gerente.


Livros para o Ensino Médio

Os livros do Ensino Médio também podem ser encontrados mais baratos na Estante Virtual. Um dos mais utilizados nas escolas, Os fundamentos da Física 1 – Mecânica, de Francisco Ramalho Júnior, Nicolau Gilberto Ferraro e Paulo Antonio Toledo, tem preços a partir de R$ 37, enquanto nas livrarias tradicionais a obra custa a partir de R$ 180.

Outro exemplo de economia nos livros dos adolescentes é Português – Linguagens – Volume 1. Na Estante Virtual, esta obra custa a partir de R$ 16, enquanto nos outros locais pode chegar até R$ 200.


O que você achou das nossas dicas? Comente e participe!


Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.

Um comentário em “Dicas para economizar nos livros escolares

  • 19.01.2020 a 1:49 pm
    Permalink

    Ótimo artigo!

    Economizar no material escolar é primordial, para quem tem vários filhos em idade escolar a economia é muito significativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *