A influência de Haruki Murakami na literatura mundial

(5 Estrelas - 5 Votos)

Livros do escritor japonês já foram traduzidos para mais de 50 idiomas. Veja algumas das principais obras!

Com influências da música pop, o escritor japonês Haruki Murakami é considerado um dos principais nomes do meio literário do país e conquista uma legião de fãs pelo mundo. Nascido em 12 de janeiro de 1949, em Quioto, logo após o fim da Segunda Guerra Mundial, ele começou a relação com a literatura ainda jovem, por influência do pai, um sacerdote budista, e da mãe, filha de um comerciante.

Na juventude, Murakami estudou teatro na Universidade de Waseda, em Tóquio. Entre 1974 e 1982, abriu o bar de jazz Peter Cat. Já aos 30 anos, o autor escreveu seu primeiro romance, Ouça a canção do vento. No entanto, só conquistou maior repercussão no Japão oito anos depois, com o título Norwegian Wood.

O escritor chegou a morar quatro anos nos Estados Unidos, mas voltou ao seu país natal em 1995. Suas obras já foram traduzidas para mais de 50 idiomas e receberam diversas premiações, como o Franz Kafka Prize, em 2006, e o Prêmio Jerusalém, em 2009.

Características literárias

Além da música pop, Murakami é apaixonado por esportes de resistência, como maratonas de corrida e triatlos. Influenciado pela cultura ocidental, o escritor já traduziu para o japonês livros de autores consagrados mundialmente, como Truman Capote e F. Scott Fitzgerald.

Entre as principais características literárias de Murakami estão os personagens solitários (e humanizados), a precisão nas descrições, os fatos surreais e as narrativas “absurdas”.

Que tal conhecer as obras de Murakami? Confira a nossa lista completa e boa leitura!


1Q84

Esta trilogia é assumidamente inspirada na obra-prima de George Orwell, 1984. No primeiro volume, Murakami apresenta Aomame, uma mulher que esconde a profissão de assassina. Em uma tarde, ela está parada num táxi, em meio ao trânsito de uma via expressa de Tóquio. Temendo não chegar a tempo de resolver uma pendência, ela se vê diante de uma opção inusitada proposta pelo motorista: descer do veículo e seguir por uma escada de emergência em plena avenida. Apesar de um estranho aviso do taxista, que diz que as coisas à volta dela se tornarão estranhas ao fazer algo tão incomum, Aomame segue a sugestão inicial.

Livro 1Q84

Homens sem mulheres

Neste livro, Haruki Murakami reúne contos sobre o isolamento e a solidão que permeiam as relações amorosas: homens que perderam uma mulher depois de um relacionamento marcado por mal-entendidos. No entanto, as verdadeiras protagonistas destas histórias são as mulheres, que misteriosamente invadem a vida dos homens e desaparecem, deixando uma marca inesquecível na vida daqueles que amam.

Livro Homens sem mulheres, de Haruki Murakami

Dance, dance, dance

Neste livro, Haruki Murakami segue a trajetória do protagonista de Caçando carneiros, agora à procura de um antigo amor que sumira misteriosamente do hotel em que viviam, o Hotel do Golfinho. Na busca por Kiki, o personagem-narrador, um escritor free-lance de revistas, perde-se cada vez mais num universo de realismo fantástico, “kafkiano”, envolvendo-se com uma garota clarividente, um astro de cinema extravagante, um poeta maneta, garotas de programa e outros personagens do gênero. 

Livro Dance, dance, dance

Kafka à beira-mar

Os personagens desse romance vivem em um Japão completamente transformado pelo capitalismo e se sentem solitários, excluídos da sociedade moderna. Como os outros romances de Murakami, este também traz elementos fantásticos. A história tem dois protagonistas: o adolescente Kafta Tamura, que foge da casa onde vive com o pai para encontrar a mãe e a irmã, e o deficiente mental Satoru Nakata, um homem de sessenta anos que tem a habilidade de falar com gatos.

Livro Kafka à beira-mar

Do que eu falo quando eu falo de corrida

Nesta obra, Murakami reflete sobre a influência que o esporte teve em sua vida e, sobretudo, em seu texto. Este é um livro bem-humorado e sensível, filosófico e revelador, tanto para os fãs deste grande e reservado escritor quanto para as inúmeras pessoas que encontram satisfação semelhante nas corridas.

Do que eu falo quando eu falo de corrida

Sono

Este livro conta a história de uma mulher com uma vida normal, que tinha um marido e filho normais. Ela até podia detectar algumas fissuras nessa vida aparentemente perfeita, mas nunca chegou a pensar seriamente nelas. Até o dia em que deixou de dormir. Então o mundo se revelou. Um mundo duplo de sombras e silêncio; um mundo onde nada é o que parece.

Livro Sono

Minha querida Sputnik

Em Minha Querida Sputnik, Haruki Murakami nos apresenta um Japão de restaurantes sofisticados e cores vibrantes, e nos leva ao centro de um triângulo amoroso arrebatador e incomum. K. é um jovem professor que vive em Tóquio e é apaixonado por Sumire, sua melhor amiga, uma garota que largou os estudos para se tornar escritora. A vida dela se resume aos livros: eles não só definem o seu dia-a-dia de leitora voraz como também o modo de se vestir. Mas a chegada de Miu, empresária bem-sucedida e casada, muda o destino de todos.

Livro Minha querida Sputnik

Qual é o seu livro favorito de Murakami? Comente e participe! 🙂

Gabriela Mattos

Redatora em Estante Virtual
Gabriela é jornalista e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea brasileira e jornalismo literário.
Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea brasileira e jornalismo literário.

Um comentário em “A influência de Haruki Murakami na literatura mundial

  • 13.01.2019 a 11:56 am
    Permalink

    Procurando nesse “excelente” texto onde está a informação que o título traz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares