Faça uma viagem no tempo e conheça livros das décadas de 70, 80 e 90

(2.6 Estrelas - 25 Votos)

Preparados para o nosso flashback literário? Relembre obras que fizeram sucesso nesse período e boa leitura!

Cada década reúne diversos destaques literários e os livros marcam as gerações de maneiras diferentes. Nos anos de 1970, por exemplo, a escritora britânica Agatha Christie (1890 – 1976) lançava Passageiro para Frankfurt, uma de suas principais obras. Após mais de 40 anos do lançamento desse título, a autora continua sendo uma das mais “queridinhas” entre os jovens.

E quem cresceu lendo Harry Potter? Lançada na década de 1990 e adaptada para os cinemas, a saga de J. K. Rowling também conquista milhares de leitores entre as gerações. Vale destacar ainda o V de Vingança, um dos principais quadrinhos do mundo, que ganhou ainda mais fãs depois do filme do diretor James McTeigue.

Que tal relembrar outras obras de sucesso das décadas de 1970, 1980 e 1990? Fizemos uma viagem no tempo na nossa literatura retrô e selecionamos os principais livros desse período. Prepare-se para a sessão nostalgia e boa leitura!


Década de 1970 – As veias abertas da América Latina, de Eduardo Galeano

Em As veias abertas da América Latina, Eduardo Galeano analisa a história da América Latina desde a colonização até o mundo contemporâneo. Na obra, o autor posiciona-se contra a exploração econômica e a dominação política do continente, tanto dos europeus quanto dos norte-americanos. Além do Uruguai, o livro chegou a ser proibido no Brasil, na Argentina e no Chile durante os períodos de ditadura militar.As veias abertas da América Latina, de Eduardo Galeano


Década de 1970 – Passageiro para Frankfurt, de Agatha Christie

Passageiro para Frankfurt, de Agatha Christie, narra a história de Sir Stafford Nye. Sua carreira está estagnada, suas missões diplomáticas o aborrecem, e agora, graças a uma escala imprevista no aeroporto de Frankfurt, terá uma longa espera pela frente. Enquanto aguarda sua conexão, uma mulher misteriosa implora para que ele troque de identidade com ela. Intrigado com o pedido, e incapaz de resistir à ideia de uma aventura, Sir Stafford concorda – sem saber que essa pequena extravagância terá consequências graves. Passageiro para Frankfurt, de Agatha Christie


Década de 1970 – Honra teu pai, de Gay Talese

Lançado em 1971, Honra teu pai é um livro-reportagem sobre os meandros do mundo da máfia, centrado na história de Joseph “Joe Bananas” Bonanno, que controlava uma das chamadas Cinco Famílias de Nova York, e de seu filho Salvatore “Bill” Bonanno, protagonista de uma sangrenta guerra entre mafiosos. Partindo do sequestro de Joseph em 1964, o livro remonta à origem do clã Bonanno e descreve a ascensão do patriarca, que aos 26 anos já controlava uma das grandes famílias da máfia italiana de Nova York. Honra teu pai, de Gay Talese


Década de 1980 – O nome da Rosa, de Umberto Eco

Esse é o principal romance de Umberto Eco. O nome da rosa conta a história de uma suspeita de que os monges estejam cometendo heresias em um mosteiro italiano. O frei Guilherme de Baskerville é, então, enviado para investigar o caso, mas tem sua missão interrompida por excêntricos assassinatos. A morte, em circunstâncias insólitas, de sete monges em sete dias, conduz uma narrativa violenta, que atrai por seu humor, crueldade e sedução erótica. O nome da rosa, de Umberto Eco


Década de 1980 – V de Vingança, de Alan Moore e David Lloyd

V de Vingança é uma das principais obras dos quadrinhos do mundo. Narrada em uma Inglaterra de um futuro imaginário que se entregou ao fascismo, a história captura a natureza sufocante da vida em um estado policial autoritário e a força redentora do espírito humano que se rebela contra essa situação. O livro traz inigualável profundidade de caracterizações e verossimilhança a este audacioso conto de opressão e resistência.V de Vingança


Década de 1980 – A cor púrpura, de Alice Walker

A cor púrpura, de Alice Walker, conta a história da personagem principal, Celie, negra, semianalfabeta. Ela mora no Sul dos Estados Unido e vive entre cuidar da família e planejar uma vida diferente da sua para a irmã, Nettie. Acompanhamos sua vida por mais de 30 anos, por meio das cartas que escreve para Deus e para a irmã. A cor púrpura, de Alice Walker


Década de 1990 – Estorvo, de Chico Buarque

Narrado em primeira pessoa, Estorvo mantém-se constantemente no limite entre o sonho e a vigília, projeções de um desespero subjetivo e crônica do cotidiano. O olho mágico que filtra o rosto do visitante misterioso talvez seja a melhor metáfora da visão deformada com que o narrador, e o leitor com ele, seguirá sua odisséia. Estorvo, de Chico Buarque


Década de 1990 – Harry Potter e a pedra filosofal, de J. K. Rowling

A saga Harry Potter marcou (e ainda marca) gerações de leitores. Até os dez anos, o magricela e desengonçado Harry Potter era maltratado pelos tios Dursley, que o criavam. No dia do seu aniversário de 11 anos, porém, descobriu que não era um garoto qualquer, e sim um bruxo, símbolo de poder e sabedoria. Precisava, portanto, iniciar com urgência a trajetória no cotidiano da magia e do sobrenatural.Harry Potter e a pedra filosofal


Década de 1990 – Cidade de Deus, de Paulo Lins

Aclamado pela crítica como uma das maiores obras da literatura contemporânea, o livro acompanha as transformações sociais por que passou o bairro carioca de “Cidade de Deus” – modelo do que aconteceu em todo o país. Quando, nos anos 90, o tráfico de drogas substituiu a pequena criminalidade da década de 60, a violência se impões e a guerra começa.Cidade de Deus, de Paulo Lins


Qual seu livro favorito da lista? Comente e participe!

Gabriela Mattos

Redatora em Estante Virtual
Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.
Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.

Um comentário em “Faça uma viagem no tempo e conheça livros das décadas de 70, 80 e 90

  • 08.01.2019 a 7:47 pm
    Permalink

    Gostei muito, bastante simpatico e pratico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *