Raimundo Carrero e a cultura nordestina

(3.3 Estrelas - 3 Votos)

Autor nasceu em 20 de dezembro de 1947, na cidade de Salgueiro, em Recife. Conheça algumas de suas principais obras!

Um dos principais nomes do meio literário brasileiro, Raimundo Carrero nasceu em 20 de dezembro de 1947, na cidade de Salgueiro, em Recife. Seu primeiro contato com a literatura foi ainda na adolescência, quando seu irmão tornou-se artista de circo e deixou uma caixa de livros. Ele formou-se em Ciências Sociais na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), mas atua como jornalista e escreve no jornal Diário de Pernambuco há 25 anos.

O romancista conquistou maior destaque a partir dos anos 1970, ao participar do Movimento Armorial, liderado pelo escritor Ariano Suassuna. O grupo tinha o objetivo de criar uma arte erudita por meio de elementos da cultura popular do Nordeste e defendia diferentes expressões artísticas, como literatura, artes plásticas, dança e teatro. Assim como Suassuna explicava, o movimento aproximava-se da literatura de cordel, da música de viola e da xilogravura.

Carrero foi ainda assessor de imprensa da Fundação Joaquim Nabuco e integrou o Conselho Municipal de Recife por oito anos. Em outubro de 2004, o escritor foi eleito para a Academia Brasileira de Letras (ABL). Ele deu aulas na UFPE, entre 1971 e 1996, e fundou a Oficina de Criação Literária, no Recife, que revelou o escritor Marcelino Freire.

Para homenageá-lo, selecionamos alguns de seus principais livros. Veja a lista completa e boa leitura!


O senhor dos sonhos

Neste livro, Raimundo Carrero narra a história do personagem Domingos de Oliveira, que carrega nos ombros a cruz da humildade, em solidariedade permanente com os pobres. Para criar esse protagonista, o autor recorreu à figura de um cidadão tradicional de Salgueiro, cidade-cenário do livro, encravada no alto sertão de Pernambuco sobretudo na visão do mundo e na maneira de se vestir.O senhor dos sonhos, de Raimundo Carrero


Sombra severa

Sombra severa é um dos principais livros de Raimundo Carrero. Na obra, o autor conta a história de dois irmãos, Judas e Abel, que amavam a mesma mulher, Diná. Inicialmente, Abel e Dina se gostavam, enquanto Judas alimentava apenas seu “amor platônico”. Até que decidem forjar a morte de Abel e seu irmão decide levar a menina a um local distante, onde tudo começa a declinar.

Raimundo Carrero, Sombra Severa


Tangolomango: Ritual das Paixões Deste Mundo

Neste livro, o autor narra a história de Tia Guilhermina, que conhece, em sua trajetória de vida, todos os caminhos que formam e estruturam um povo. É possível que o leitor comum não se dê conta desta reflexão, cabendo a ele, sobretudo, seguir a festa e a solidão desta personagem extraordinária em cuja trajetória percebe-se asperezas e agitações que constroem a condição e a contradição humana.Tangolomango


A minha alma é irmã de Deus

Em uma tarde de domingo, no Recife, Camila, uma jovem solitária, conhece o pastor e músico Leonardo. Ele faz parte da seita Os soldados da Pátria por Cristo. Com o pastor, Camila parte para uma vida de aventuras, pregando valores que grande parte da sociedade brasileira desvaloriza: como religião, moral e ética. No entanto, ela é abandonada por seu mentor e se perde de seus objetivos e vê a vida naufragar.A minha alma é irmã de deus


O senhor agora vai mudar de corpo

O escritor Raimundo Carrero escreveu O senhor agora vai mudar de corpo após sofrer um AVC, em outubro de 2010. Na ocasião, seu lado esquerdo ficou comprometido. Ao retornar da UTI do hospital, sentou-se no computador para tentar transformar em literatura aquela experiência dolorosa. Quatro anos e diversos rascunhos apagados depois, por fim Carrero encontrou a forma literária que procurava. Neste romance, o escritor revisita momentos decisivos de sua vida passada a partir do terrível momento em que temeu perder definitivamente controle de seu corpo.O senhor agora vai mudar de corpo


Seria uma sombria noite secreta

É um livro que fala de um amor absoluto, que prescinde, inclusive, da presença do amado, algo tão peculiar à ânsia, à passionalidade do amante. O camelo Alvarenga e a prostituta Raquel vivem um amor desencontrado e confuso, sem desejos sexuais, movido pela imensa ternura que um sente pelo outro, desde a adolescência. Alvarenga vive dos restos de comida que encontra no lixo e Raquel transforma-se em prostituta desde que se entusiasmou com a teoria do corpo social francesa, durante aulas do Curso de História na Universidade. Seria uma sombria noite secreta, de Raimundo Carrero


O delicado abismo da loucura

O delicado abismo da loucura reúne 30 anos de carreira do escritor Raimundo Carrero. As características que marcam seu trabalho são perceptíveis – delicada e cuidadosa construção de personagens, preocupação com o destino sobressaindo uma disciplina do caos que envolve o enredo, o ceticismo na imagem da religiosidade que nada salva e a morte como triunfo do espírito.

O delicado abismo da loucura, de Raimundo Carrero


Qual seu livro favorito de Raimundo Carrero? Comente e participe!

Gabriela Mattos

Redatora em Estante Virtual
Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.
Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *