História do Brasil em foco: Livros retratam diferentes perspectivas sobre o país

(2.9 Estrelas - 25 Votos)

Na semana da independência, selecionamos 7 obras que retratam períodos históricos brasileiros. Veja a lista completa!

Proclamada em 7 de setembro de 1822, a independência do Brasil representou o fim do domínio de Portugal no país e à conquista de uma maior autonomia política. Esse acontecimento histórico foi iniciado com a chegada da Família Real no país, em 1808. Entre os principais líderes desse processo estão D. Pedro I e alguns integrantes da elite.

LEIA MAIS: Biografias resgatam memória coletiva no Brasil

Para comemorar a data, selecionamos sete livros sobre a história do Brasil. As obras retratam múltiplas perspectivas do país em diferentes períodos, desde a independência e o surgimento do samba até a atualidade. A lista inclui títulos como 1822, de Laurentino Gomes, e Formação do Brasil contemporâneo, de Caio Prado Júnior. Confira a lista completa!


Brasil: Uma biografia, de Lilia M. Schwarcz e Heloisa M. Starling

Neste livro, as autoras Lilia M. Schwarcz e Heloisa M. Starling propõem uma nova e pouco convencionar história do Brasil. Elas não abordam apenas a “grande história”, mas também retratam o cotidiano, as minorias, os ciclos econômicos, os conflitos sociais e as expressões artística e cultural. A história narrada nesta obra surgiu a partir de um longo processo de embates e avanços sociais inconclusos.

Brasil: Uma biografia


Raízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Hollanda

Raízes do Brasil é uma das principais obras fundadoras da moderna historiografia do país. Tanto no método de análise quanto no estilo da escrita, Sérgio Buarque de Hollanda consagra-se como o historiador da cultura e ensaísta crítico com talentos evidentes de grande escritor. A incapacidade secular de separarmos vida pública e vida privada, entre outros temas desta obra, ajuda a entender muito de seu atual interesse. Raízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Hollanda


1822, de Laurentino Gomes

Este é um dos principais livros sobre a história do país. Com 22 capítulos intercalados por ilustrações, 1822 cobre um período de 14 anos, entre a data do retorno da corte portuguesa de D. João VI a Lisboa e o ano da morte do imperador D. Pedro I. A partir de três anos de pesquisas, a obra procura explicar como o Brasil conseguiu manter a integridade do seu território e ainda firmar-se como nação independente em 1822. 1822, de Laurentino Gomes


Dicionário da história social do samba, de Nei Lopes e Luiz Antonio Simas

O primeiro dicionário sobre a história do samba no Brasil também não poderia ficar de fora da lista. Nesta obra pioneira, Nei Lopes e o historiador Luiz Antonio Simas inscrevem o valor da negritude e da história dos negros na criação e fixação do samba, além da contraditória inserção dessa cultura musical na sociedade de consumo. O dicionário descreve conceitos, reconstrói a memória cultural do país e destaca nomes fundamentais que fizeram história, como cantores, dançarinos, diretores e compositores.Dicionário da história social do samba


Formação do Brasil contemporâneo, de Caio Prado Júnior

Publicado em 1942, Formação do Brasil contemporâneo retrata as relações entre nação e colônia no processo histórico que originou o Brasil. Antes de escrever o livro, Caio Prado Júnior não via o materialismo histórico como um conjunto de fórmulas a serem aplicadas, sem mediações históricas e analíticas, a qualquer realidade. Por isso, ele foi aguçado por uma grande sensibilidade em relação ao Brasil, desenvolvida também nas muitas viagens que fez pelo país e pelo gosto em fotografá-lo.Formação do Brasil contemporâneo, de Caio Prado Jr


Histórias da gente brasileira, de Mary del Priore

Em Histórias da gente brasileira, Mary del Priore mostra os hábitos da população, que sempre foram relegados e esquecidos, sem receber a visibilidade que merecem. As histórias do livro retratam intimamente a vida do povo. Nesta obra, os leitores vão descobrir diversas características dos brasileiros no passado: como eles se vestiam, onde moravam, como se divertiam e outros fatos “menores”.  Histórias da gente brasileira, de Mary del Priore


A história do Brasil para quem tem pressa, de Marcos Costa

A história do Brasil para quem tem pressa faz uma digressão sobre a história do país para tentar compreender o contemporâneo e responder algumas perguntas essenciais, como: o Brasil ainda é um país muito frágil politicamente? O que estava por trás da viagem que trouxe Cabral ao Brasil? Por que fomos a última nação do mundo ocidental a abolir de forma oficial o trabalho escravo?

A história do Brasil para quem tem pressa, de Marcos Costa


Qual livro você incluiria na lista? Comente e participe!

[mailpoet_form id=”4″]
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela Mattos

Redatora em Estante Virtual
Gabriela é jornalista e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea brasileira e jornalismo literário.
Gabriela Mattos

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea brasileira e jornalismo literário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares