Dos livros às telas: um mergulho no sucesso de “Duna”

(5 Estrelas - 1 Votos)

Inspirado no livro de Frank Herbert, longa-metragem de Denis Villeneuve estreou acumulando recordes no cinema e no streaming. Confira!

Depois de adiamentos na estreia por conta da pandemia do novo coronavírus, Duna chegou aos cinemas brasileiros no dia 21 de outubro e, agora, está disponível também no catálogo da HBO Max.

Com direção de Denis Villeneuve, o longa-metragem é uma adaptação do livro clássico de ficção científica, publicado por Frank Herbert em 1965. Essa é a segunda produção cinematográfica inspirada na obra de Herbert: a primeira já havia sido realizada por David Lynch em 1984.

Um dos lançamentos mais aguardados nas telonas e no streaming durante o ano de 2021, a produção realizada pela Warner Bros. Pictures e Legendary Pictures está quebrando recordes de audiência e já faturou US$ 220 milhões globais.

Qual é a história de Duna?

O filme acompanha a trajetória de Paul Atreides (Timothée Chalamet), jovem cuja família é administradora do planeta desértico Arrakis. Neste lugar há a presença da substância “melange”, considerada o material mais valioso do universo. Enquanto isso, uma conspiração contra os Atreides começa a se formar, por iniciativa de uma família rival, os Harkonnens.

Para garantir poderes sobre-humanos, Paul é mandado por seu pai, junto com servos e a concubina Lady Jessica (Rebecca Fergunson), à Duna. O objetivo da viagem é garantir o futuro da família e do povo de seu planeta. Mas, uma traição amarga faz com que Paul e Jessica fujam para os Fremen, um povo que vive nos cantos mais longes do deserto.

O longa-metragem de Denis Villeneuve foi exibido pela primeira vez em setembro no Festival de Veneza, na Itália. Depois disso, a produção passou a circular pelo mercado europeu e entrou em cartaz em 75 lugares diferentes do mundo.

Em países como os Estados Unidos e o Brasil, a adaptação estreou com números altos. Por aqui, o filme arrecadou 5 milhões de reais e só ficou atrás de Venom 2, que tornou-se a maior bilheteria nacional na época da pandemia com 15,19 milhões de reais, e segue na liderança.

Desde o dia 22 de outubro, Duna também está disponível na HBO Max. Em poucos dias, o longa-metragem tornou-se a produção mais assistida do serviço de streaming, batendo lançamentos como “‘Liga da Justiça”, de Zack Snyder. De acordo com números divulgados pela plataforma, mais de 1.9 milhão de pessoas assistiram ao filme de Villeneuve nos seus primeiros quatro dias de disponibilidade no catálogo.


Duna, Frank Herbert

Em Duna, conhecemos Paul Atreides, um jovem prestes a mudar radicalmente de vida. Depois de receber a visita de uma mulher desconhecida, Paul é obrigado a ir embora de seu planeta natal para viver no árido e severo Arrakis, o Planeta Deserto. Por lá, o rapaz se envolverá em questões políticas e religiosas e, nele, o povo de Arrakis irá depositar a esperança de realização de um plano urdido há séculos.


Eu, Robô, Isaac Asimov

Um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, Eu, Robô reúne nove contos que abordam a evolução dos autômatos através do tempo. É neste livro que Isaac Asimov apresenta as Três Leis da Robótica, princípios que regem o comportamento dos robôs e que mudaram definitivamente a percepção que se tem sobre eles na própria ciência.


Neuromancer, William Gibson

Considerado o livro precursor do movimento cyberpunk, Neuromancer conta a história de Case, um cowboy do ciberespaço e hacker da matrix. Depois de tentar enganar os patrões, o seu sistema nervoso é contaminado por uma toxina que o impede de entrar no mundo virtual. Nesse momento, Case passa a vagar pelos subúrbios de Tóquio e acaba se envolvendo em uma jornada que mudará para sempre a percepção da realidade.


1984, George Orwell

Um dos romances mais influentes do século XX, o livro de George Orwell narra a trajetória de Winston. O herói da narrativa encontra-se preso à engrenagem totalitária de uma sociedade controlada pelo Estado. Nesse lugar, as ações são compartilhadas coletivamente, mas cada pessoa vive sozinha. No entanto, todos são reféns da vigilância do Grande Irmão, um poder cínico e cruel ao infinito.


Você já assistiu “Duna”?


Yasmin Lisboa
Comentários

Yasmin Lisboa

Yasmin é jornalista e estudante de Cinema. Cantora e colecionadora de discos e livros, é fascinada pela cultura popular brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *