Estante Entrevista: Livros indicados por Claudia Werneck

(5 Estrelas - 1 Votos)

Jornalista e escritora, Claudia Werneck falou sobre inclusão, educação e literatura na primeira edição do Estante Entrevista do ano. Confira!

Na sexta-feira (15), a jornalista e escritora carioca, Claudia Werneck, foi a convidada da primeira live do Estante Entrevista em 2021. Ativista pelos direitos humanos há mais de 20 anos, Claudia foi pioneira na disseminação do conceito de sociedade inclusiva na América Latina e escreveu o primeiro o primeiro livro sobre síndrome de Down para leigos no país, o “Muito prazer, eu existo”, lançado em 1995

Durante a conversa, Claudia falou sobre as possibilidades e os desafios enfrentados na construção de um mundo mais inclusivo para pessoas com deficiência e de que maneira a educação e a literatura podem contribuir neste processo. Assista à live completa.

Para a idealizadora da “Escola de Gente – Comunicação em Inclusão”, é fundamental a compreensão de que todos os seres humanos são diferentes entre si e devem ser acolhidos de maneira igual na sociedade. Nesse sentido, Claudia destaca que a inclusão trata-se de uma experiência que inclui as pessoas nas suas múltiplas formas de ser, agir, pensar e compreender o mundo.

Ao fim da live, Claudia Werneck recomendou alguns livros essenciais para quem deseja aprender mais sobre os conceitos de inclusão e educação inclusiva. Confira as dicas e aproveite a leitura!


A Integração de Pessoas Com Deficiência, Maria Teresa Eglér Mantoan

A Integração de Pessoas Com Deficiência reúne pensamentos e práticas de renomados profissionais das áreas da Saúde e da Educação com relação à integração escolar e social de pessoas com deficiência. O livro promove profunda reflexão sobre esse tema e ratifica a urgência das práticas integracionistas, desde que todos falem a mesma língua.


Inclusão Escolar – O Que É? Por Que? Como Fazer, Maria Teresa Eglér Mantoan

Baseado na legislação brasileira sobre inclusão, o livro de Maria Teresa Eglér Mantoan explica de maneira clara e didática o que é a educação inclusiva no país. Além disso, Inclusão Escolar – O Que É? Por Que? Como Fazer discute os passos necessários para implantar essa educação e ressalta as suas vantagens.


Muito Prazer, Eu Existo, Claudia Werneck

Muito Prazer, Eu Existo foi a primeira obra sobre síndrome de Down para leigos a ser escrito no Brasil. O livro de Claudia Werneck conta com a consultoria de profissionais nacionais e estrangeiros e oferece informações sobre temáticas como o diagnóstico durante e após a gravidez, intervenção precoce, saúde, educação, vida adulta, sexualidade e trabalho.


Sonhos do Dia, Claudia Werneck

Ao descobrir que nos seus sonhos podia tudo, mas, na vida, não conseguia fazer quase nada, uma menininha pede a seus heróis e personagens favoritos para fazerem com que os seus sonhos da noite não morram durante o dia. Eles atendem ao pedido da menina e pedem que ela os ajude a convencer outras crianças a não deixarem de defender os seus sonhos.


Um Amigo Diferente?, Claudia Werneck

Lançada em outubro de 1994, Um Amigo Diferente apresenta histórias narradas por um menino que não entende bem o porquê de um amigo com síndrome de Down precisar enfrentar situações tão delicadas em seu cotidiano.


Você É Gente?, Claudia Werneck

Você é gente? apresenta a metodologia utilizada nas oficinas inclusivas desenvolvidas pela ONG Escola de Gente. A obra de Claudia Werneck apresenta as dinâmicas e o conteúdo conceitual oferecido nas oficinas que capacitaram mais de 2000 pessoas, a maioria jovens, dentro do conceito de inclusão.


E aí, gostou das dicas?


Yasmin Lisboa
Comentários

Yasmin Lisboa

Yasmin é jornalista e estudante de Cinema. Cantora e colecionadora de discos e livros, é fascinada pela cultura popular brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *