10 livros para conhecer editoras independentes

(5 Estrelas - 2 Votos)

Que tal descobrir novos caminhos para as suas leituras? Conheça dez títulos publicados por editoras independentes brasileiras

Quem já viveu a experiência de conhecer um livro e se identificar profundamente com ele, sabe quão maravilhosa é a sensação de entrar em contato com novas leituras. Mas como escolher um título em meio a uma diversidade de obras lançadas ao mesmo tempo?

Um caminho possível para essas descobertas é acompanhar as editoras. Elas, além de serem responsáveis pelos lançamentos do mundo literário, oferecem uma série de possibilidades para quem deseja conhecer diferentes livros, gêneros e autores.

Por isso, que tal conhecer obras lançadas por editoras independentes no país? Nós preparamos uma lista com dez títulos que vão ajudar a você a descobrir novas leituras. Confira!


  • Bazar do Tempo

Almanaque Brasilidades – Um Inventário Popular do Brasil, Luiz Antonio Simas

No Almanaque Brasilidades – Um Inventário Popular do Brasil, o historiador Luiz Antonio Simas apresenta as mais diversas tradições e manifestações culturais brasileiras que se inscrevem no tempo, indo desde as festas dos santos católicos às crenças de origem indígena e a forte herança religiosa afro-brasileira.


  • Cobogó

Saga Lusa o Relato de uma Viagem, Adriana Calcanhotto

Saga Lusa o Relato de uma Viagem narra as experiências que a cantora, compositora e escritora Adriana Calcanhotto viveu durante a turnê do disco “Maré”, que realizou em Portugal entre os meses de maio e junho de 2008. Após um surto psicótico induzido por medicamentos, Adriana foi obrigada a cancelar diversos compromissos da turnê e, presa em um quarto de hotel, passou a narrar a sua saga repleta de sustos e surpresas.


  • Estação da Liberdade

Syngué Sabour: Pedra-de-paciência, Atiq Rahimi

Em Syngué Sabour: Pedra-de-paciência, o escritor Atiq Rahimi conta a história de uma mulher que se dedica aos cuidados do marido que, por sua vez, vive em estado vegetal em uma cama com uma bala alojada na cabeça. Lá fora, acontece uma guerra civil e tanques e soldados não param de atirar. Enquanto cuida do marido, a mulher decide externalizar tudo o que ela sempre quis lhe dizer, mas não teve oportunidade.


  • Malê

O Crime do Cais do Valongo, Eliane Alves Cruz

Situado no início do século 19, O Crime do Cais do Valongo narra a história de um crime, que tem como pano de fundo o Cais do Valongo, espaço na cidade do Rio de Janeiro que serviu como porta de entrada de 500 mil a um milhão de escravizados de 1811 a 1831 e, em 2017, recebeu o título de patrimônio da humanidade pela UNESCO. O romance histórico-policial de Eliana Alves Cruz começa em Moçambique antes de ir para o Rio e é narrado por pessoas que viveram com a vítima antes do assassinato.


  • Morro Branco

Semente de Bruxa, Margaret Atwood

Semente de Bruxa acompanha Felix, um diretor artístico Festival de Teatro de Makeshiweg que vive o melhor momento de sua carreira. Depois de fazer muito sucesso com suas últimas produções, ele se prepara para uma montagem inovadora de A tempestade, de William Shakespeare. Mas acontecimentos inesperados darão um novo rumo ao espetáculo, que só surgirá 12 anos depois em um contexto totalmente diferente.


  • Pallas

Caderno de Rimas do João, Lázaro Ramos

Caderno de Rimas do João conta a história de João, um menino apaixonado por literatura que encanta os leitores com a espontaneidade de suas rimas espontâneas e a diversidade de temáticas. Escrito pelo ator e autor Lázaro Ramos e ilustrado por Mauricio Negro, o livro apresenta aos leitores diferentes assuntos investindo no colorido e na diversão de cada um dos conteúdos.


  • Patuá

Domingo no Matadouro, Marcelo Pierotti

Domingo no Matadouro é o livro de estreia do poeta Marcelo Pierotti. Lançada em 2016, a obra foi premiada pelo Programa de Ação Cultural da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo (ProAC) e reúne poemas fortes e contundentes escritos por Pierotti.


  • Pólen

Racismo Estrutural, Silvio Almeida

Em Racismo Estrutural, o professor Silvio Almeida compartilha dados estatísticos a respeito do racismo e estabelece o debate sobre de que maneira ele se apresenta nas estruturas social, política e econômica da sociedade brasileira.


  • Ubu

Sou sua Irmã, Audre Lorde

Sou sua Irmã trata da trajetória da poeta Audre Lorde, pioneira em abordar o feminismo a partir das suas interseccionalidades. De palestras a ensaios e um diário íntimo, a obra reúne textos encontrados no arquivo de Audre, que participou ativamente da efervescência dos movimentos negro, feminista e LGBT entre os anos 1960 e 1990.


  • Veneta

Angola Janga, Marcelo D’Salete

O romance épico em quadrinhos Angola Janga conta a história de uma articulação formada no fim do século XVI, em Pernambuco, por iniciativa dos fugitivos da escravidão. Liderada por Zumbi, a “pequena Angola” resistiu aos ataques dos militares holandeses e das forças coloniais e tornou-se um símbolo de liberdade para os escravizados.


Qual livro da lista você quer ler?


Yasmin Lisboa


Comentários

Yasmin Lisboa

Yasmin é jornalista e estudante de Cinema. Cantora e colecionadora de discos e livros, é fascinada pela cultura popular brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *