Conheça clássicos da literatura por R$ 15

(5 Estrelas - 2 Votos)

Que tal aproveitar o momento para ler obras inesquecíveis da literatura? Confira a lista que preparamos para você!

Quem nunca se emocionou lendo as aventuras de “O Pequeno Príncipe”? Ou, ainda, se manteve impactado por semanas com o final surpreendente de “O Ensaio Sobre A Cegueira”? Ou, ainda, ao ler “Dom Casmurro”, não se perguntou se: afinal, Capitu traiu ou não Bentinho? Não importa quanto tempo passe, clássicos serão sempre clássicos. Aqui, nós separamos 10 obras clássicas da literatura para você aproveitar por R$ 15. Confira!


As Aventuras de Pinóquio, Carlo Collodi

Nesta edição, a famosa história do boneco de madeira, publicada originalmente de forma seriada num jornal italiano, é redescoberta de maneira desenvolvida e muito bem narrada. A tradução do texto integral mantém o ritmo de folhetim, conectando-o à linguagem refinada e límpida do original. 


A hora da estrela, Clarice Lispector

Lançado pouco antes de sua morta, a obra de Clarice Lispector narra os momentos em que o escritor Rodrigo S. M. cria a história de Macabéa, uma alagoana órfã, virgem e solitária, levada ao Rio de Janeiro por uma tia tirana. A Hora da Estrela é, no fim das contas, uma despedida de Clarice, que põe um pouco de si nas personagens de Rodrigo e de Macabéa.

A_Hora_da_Estrela

A metamorfose, Franz Kafka

No livro, Kafka nos coloca diante de Gregor Samsa, um caixeiro-viajante que se transforma em um monstruoso inseto. A narrativa reúne um realismo inverosímil a um senso de humor trágico e cruel, associado à condição humana.


Capitães de areia, Jorge Amado

O romance de formação de Jorge Amado narra a história de meninos pobres e infratores que vivem em um cais na praia de Salvador, na Bahia.
Com críticas à miséria e ausência de oportunidades para tantos jovens no país, o autor nos aproxima dos capitães da areia, liderados por Pedro Bala, e nos contagia com o intenso desejo de liberdade do grupo de garotos.


Dom Casmurro, Machado de Assis

Conhecido por levantar uma das maiores polêmicas da literatura brasileira, Dom Casmurro trata da trajetória de Bento Santiago, a partir das lembranças de sua infância na Rua de Matacavalos e da história de amor e desventuras que viveu com Capitu. Ao longo da narrativa, Bentinho revela-se um homem perturbado pelo ciúme diante da possibilidade de
adultério da mulher com “olhos de ressaca” e o colega Escobar.


Ensaio sobre a cegueira, José Saramago

Ensaio Sobre a Cegueira parte de uma cegueira branca que começa a atingir moradores de uma cidade. No livro, José Saramago nos apresenta uma imagem aterradora e comovente de tempos sombrios, à beira de um novo milênio. A experiência que cada um viverá com a história é única. No entanto, todos os leitores serão obrigados a pararem, fecharem os olhos e verem o mundo apresentado por Saramago.


Fahrenheit 451, Ray Bradbury

Fahrenheit 451 narra os bastidores de um governo totalitário, num futuro incerto, mas próximo. Nesse lugar, os livros ou qualquer tipo de leitura estão proibidos, uma vez que podem instruir o povo e fazer com que ele se revole contra o sistema. No futuro não tão distante, a leitura deixa de ser meio para aquisição de conhecimento crítico e torna-se suficiente apenas para a leitura de manuais e operação de aparelhos. 


O estrangeiro, Albert Camus

O Estrangeiro narra a história de Meursault,um homem que, após cometer um crime quase que insconscientemente, se depara com os absurdos da condição humana. O rapaz, que antes vivia plenamente a sua liberdade sem ter consciência dela, agora passa a viver perdido em meio às circunstâncias e encontra uma liberdade maior e mais assustadora na própria capacidade de se autodeterminar.


O retrato de Dorian Gray, Oscar Wilde

O único romance de Oscar Wilde narra a história de um homem que leva vida dupla. Enquanto mantém uma aparência virtuosa, se entrega aos prazeres mais extremos. Com um apelo atemporal e universal, o livro recorre a elementos fantásticos e grandes reflexões filósoficas, sem falar, é claro, no senso de humor e do sarcasmo implacáveis de Wilde.


O pequeno príncipe, Antoine de Saint Exupery

Publicado em 1943, O Pequeno Príncipe narra a história de um príncipe que faz amizade com um piloto que sofreu um acidente no meio do deserto. Com ilustrações em aquarela feita pelo próprio autor, o livro aborda temas universais como o amor, a amizade e o sentido da vida. A obra já foi traduzida em mais de 250 idiomas e tornou-se um dos maiores sucessos de todos os tempos, sendo o livro francês mais lido no mundo.


Quais livros da lista você já leu?


Yasmin Lisboa
Comentários

Yasmin Lisboa

Yasmin é jornalista e estudante de Cinema. Cantora e colecionadora de discos e livros, é fascinada pela cultura popular brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *