[Resenha] Ricardo, Vânia e um amor que sobreviveu ao tempo

(5 Estrelas - 1 Votos)

Livro-reportagem narra uma emocionante história de amor, desencontros e surpresas no estado de São Paulo

Publicado em 2019 pela editora Todavia, Ricardo e Vânia é o livro de estreia da carreira de Chico Felitti. A história surge a partir de uma reportagem publicada no portal Buzzfeed em 2017, onde o jornalista narra a história de Ricardo Correa da Silva, um artista de rua conhecido pejorativamente em São Paulo pelo apelido de “Fofão da Augusta”.

Durante vinte anos, Ricardo andou pela ruas Augusta e Paulista, na região central da cidade, onde liderou uma trupe de palhaços, distribuiu panfletos e pediu esmolas a quem passasse por lá. Sempre maquiado, com figurinos extravagantes e um rosto preenchido por alguns litros de botox, o artista era constantemente confundido com um sósia decadente do personagem infantil de grande sucesso na televisão brasileira dos anos 1980.

Entretanto, até Felitti expor detalhes sobre a trajetória de Ricardo, a sua vida permanecia como um grande mistério. Ninguém poderia imaginar, por exemplo, que, entre os anos 1970 e 1980, Fofão da Augusta teria sido um disputado cabeleireiro na cidade, além de uma importante figura na cena underground de São Paulo. Foi a partir do convívio com Ricardo e de uma profunda investigação que o jornalista adquiriu as ferramentas necessárias para revelar ao mundo a real história do famoso “Fofão da Augusta”.



Com a reportagem, que recebeu mais de um milhão de visualizações, não só os moradores de São Paulo como pessoas do mundo inteiro puderam, enfim, tomar conhecimento da importância da figura de Ricardo, bem como as tristezas que atravessaram os últimos anos de sua vida. A repercussão do trabalho de Felliti fez com que o jornalista recebesse uma infinidade de comentários nas redes sociais. No entanto, o que ele jamais poderia imaginar é que no meio de tantas mensagens conheceria a personagem principal da vida de Ricardo e do livro que escreveria na sequência.

Vânia Munhoz, uma garota de programa brasileira radicada na França, um dia se chamou Vagner e foi o amor da vida de Ricardo. Ao ser mencionada por uma amiga nos comentários de um post no Facebook, ela tomou conhecimento da reportagem e decidiu entrar em contato com o jornalista para compartilhar detalhes de sua história de amor com o artista. Assim, entre Paris, São Paulo e Araraquara, Vânia e Felitti passam a viver meses de profundos encontros onde, juntos, irão reescrever essa linda e emocionante história de amor: a mulher com as memórias, o jornalista com a caneta.

Ricardo e Vânia é um belíssimo e delicado relato sobre amores que nunca morrem. Em quase 190 páginas, o livro trata de nos provar que algumas relações podem, sim, deixar marcar eternas, seja na mente, no corpo ou no coração.


Yasmin Lisboa
Comentários

Yasmin Lisboa

Yasmin é jornalista e estudante de Cinema. Cantora e colecionadora de discos e livros, é fascinada pela cultura popular brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *