Como as viagens influenciaram as obras de Mark Twain?

(3.1 Estrelas - 8 Votos)

Nascido em 30 de novembro de 1835, escritor foi definido como o “pai da literatura americana”. Veja algumas de suas principais obras

Definido pelo escritor William Faulkner como o “pai da literatura americana“, o autor Mark Twain deixou um extenso legado aos gêneros infantojuvenil e de aventura. Nascido em 30 de novembro de 1835, na Flórida, nos Estados Unidos, Samuel Langhorne Clemens mudou-se para a Califórnia com a família para Hannibal, uma pequena cidade no Mississippi, onde viveu até os 18 anos. Em 1847, abandonou a escola após a morte do pai e se tornou tipógrafo.

Desde então, começou a viajar muito no país e, em 1857, decidiu ser timoneiro de barco a vapor – profissão que amou “mais do que qualquer outra”. Estas viagens foram fonte de inspiração nas suas obras literárias. Nos escritos, o autor diz que conheceu “todos os diferentes tipos da natureza humana encontrados em ficção, biografia ou história”. Antes de começar sua carreira literária e adotar o pseudônimo de “Mark Twain”, ele atuou com garimpeiro, lenhador e até mesmo jornalista.

LEIA MAIS: O mundo distópico de Margaret Atwood

Publicado em 1869, o primeiro livro, The Innocents Abroad, foi baseado nas viagens do autor pela Europa e Terra Santa. No ano seguinte, ele casou-se com Olivia Langdon, com quem viveu 17 anos. Alguns relatos das andanças do autor estão entre suas obras mais humorísticas. Além da carreira literária, foi sócio de uma editora e gráfica, que faliu em 1894. Ele tentou equilibrar as finanças com palestras, mas foi afetado emocionalmente com a morte de sua filha Suzy.

Twain morreu em 21 de abril de 191o, aos 74 anos. Para homenagear o autor, selecionamos cinco de suas principais obras. Veja a lista completa e conheça os livros do escritor americano!


As aventuras de Tom Sawyer

Este é um dos principais livros de Mark Twain. Na obra, o escritor narra as divertidas histórias de Tom, um menino órfão, sonhador e muito esperto, são contadas com muito humor e lirismo. As narrativas mostram a importância de uma amizade e da descoberta do amor.

As aventuras de Tom Sawyer


O príncipe e o mendigo

Em O príncipe e o mendigo, o escritor americano Mark Twain conta a história de dois meninos muito parecidos que resolvem trocar de roupa e de vida. A Inglaterra do Rei Henrique VII serve de cenário para esta história surpreendente. O principe e o mendigo


Um assassinato, um mistério e um casamento

O livro narra as peripécias de John Gray, um fazendeiro de uma cidadezinha do Missouri. Aos 55 anos, sua situação financeira continua a mesma de 30 anos atrás quando herdara sua fazendola. A esperança de adquirir riquezas pelo esforço de seu trabalho não existe mais e isso o transformou em um homem desanimado e lamuriento. Resta-lhe apenas uma chance de mudar de vida, que é a possibilidade de casar sua filha com um homem rico. Dono de uma narrativa envolvente, Twain conduz o leitor, com rara habilidade, até um final surpreendente.

Um assassinato, um mistério e um casamento


O príncipe e o pobre

Seria possível o herdeiro do trono inglês trocar de identidade com um menino simples das ruas de Londres? Na imaginação de Mark Twain, um dos principais autores de livros infanto-juvenis de todos os tempos, isso realmente aconteceu.

O príncipe e o pobre


As aventuras de Huckleberry Finn

Esta também é uma das principais obras de Mark Twain. A história é narrada em primeira pessoa pelo garoto Huckleberry Finn. O livro conta as muitas peripécias por quais ele passa, quando foge de casa e desce o rio Mississípi numa jangada com seu amigo Jim, escravo fugido.

As aventuras de Huckleberry Finn


O que achou da lista? Comente e participe!

Gabriela Mattos

Gabriela Mattos

Redatora em Estante Virtual
Gabriela é jornalista e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea brasileira e jornalismo literário.
Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea brasileira e jornalismo literário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares