Por dentro dos quadrinhos de Stan Lee

(2.5 Estrelas - 8 Votos)

Criador dos super-heróis da Marvel morreu em 12 de novembro. Para homenageá-lo, selecionamos algumas de suas principais obras. Confira!

O mundo geek está de luto: no último dia 12, o quadrinista Stan Lee morreu, aos 95 anos, após passar mal em casa, nos Estados Unidos. O roteirista da Marvel, que sofria de pneumonia e problemas nos olhos, chegou a ser levado a um hospital em Los Angeles, mas não resistiu. Ao lado de outros desenhistas, como Jack Kirby, Lee tornou-se conhecido mundialmente ao criar super-heróis, como Homem-Aranha, Thor, X-Men, Pantera Negra e Homem de Ferro.

Nascido em 28 de dezembro de 1922, em Nova York, Stanley Martin Lieber tinha um irmão e era filho de um alfaiate e de uma dona de casa, ambos judeus imigrantes da Romênia. Boa parte da infância e da adolescência, morou na periferia da cidade americana com sua família.

A paixão pela escrita começou quando Lee ainda era criança e, aos 15 anos, escrevia obituários em jornais. Em 1939, tornou-se assistente da editora Timely Publications e publicou sua primeira história, na qual aparecia o escudo do personagem Capitão América.

LEIA TAMBÉM: A revolução dos bichos ganha as páginas dos quadrinhos

Aos 20 anos, quando já era editor-chefe da empresa, ele ingressou no Exército americano e fazia manutenção em postes telegráficos e equipamentos de comunicação. Depois, foi transferido para a Divisão de Filmes de Treinamentos, onde escrevia slogans, manuais e até cartoons.

Marvel e a revolução nos quadrinhos

A partir da década de 1950, a Timely Publications começou a ser conhecida como Altas Comics, com histórias de vários gêneros, como romance, humor, ficção científica e aventura. No fim dos anos 1950, a editora mudou novamente de nome para Marvel Comics. A partir deste momento, Lee revolucionou o mundo dos quadrinhos com o gênero de heróis e ao criar personagens para um público mais velho, como o Quarteto fantástico.

A Marvel tornou-se concorrente direta da DC. Suas histórias complexas envolvem dramas familiares e heroísmos, com elementos de ficção científica. A partir de 1986, as narrativas conquistaram espaço nos cinemas e Lee aprofundou mais a criação e o desenvolvimento de filmes e séries.

Que tal conhecer algumas das principais obras de Stan Lee? Para homenageá-lo, selecionamos cinco quadrinhos do roteirista. Veja a lista completa e excelsior!


A charada do fim do mundo

Em A charada do fim do mundo, só existia um dispositivo de segurança naquela organização: todo mundo sabia de tudo. Eram os doze escolhidos do alucinado Harry Dunn, chefe da ultra-secreta agência de inteligência que centralizava todas as outras e prestava contas apenas ao presidente dos Estados Unidos. Eles sabiam de tudo por meio de dados enviados pelos sofisticados satélites ou encontrados em prosaicas latas de lixo de Washington.A charada do fim do mundo, de Stan Lee


Incrível, fantástico, inacreditável: A biografia em quadrinhos do gênio que criou os super-heróis da Marvel

Nesta obra singular e ricamente ilustrada, Stan Lee narra a extraordinária história de sua vida com a mesma energia e inimitável espírito excêntrico que sempre apresentou no mundo dos quadrinhos. Esta biografia visual relembra os principais momentos do artista, da infância conturbada na cidade de Nova York à sua ascensão como principal escritor e editor-chefe da Marvel Comics durante seu período áureo, nas décadas de 1960 e 1970.

Incrível, fantástico, inacreditável


Thor – Antologia

Thor é um dos principais personagens criados por Stan Lee. Este volume celebra suas fantásticas histórias. Do começo, nas páginas da lendária Journey into Mystery 83, de 1962, até a enorme e imprevisível mudança da Marvel Now, em 2014: 17 histórias que percorrem o passado, presente e o futuro de Thor.Thor - Antologia, de Stan Lee


Surfista prateado – Parábola

Surfista prateado – Parábola foi publicado inicialmente em 1978. O único oponente do Devorador de Mundos é o herói que ele aprisionou na Terra: o Surfista Prateado. Galactus jurou não consumir o planeta, mas e se, em vez disso, ele transformar a civilização em seus adoradores? Aos terráqueos, o semideus promete um futuro melhor, mas nenhuma outra pessoa conhece os verdadeiros propósitos dele do que o Surfista Prateado, seu antigo arauto.

Surfista prateado


Zodíaco: O legado – Convergência

Quando doze superpoderes mágicos são desencadeados no mundo, um chinês-americano chamado Steven se vê no meio de uma perseguição global épica. Ele terá que dominar poderes estranhos, derrotar os mercenários da loucura e desvendar os mistérios do Zodíaco.

Zodíaco - O legado


Qual livro você incluiria na lista? Comente e participe! 🙂

[mailpoet_form id=”4″]
Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.

2 comentários em “Por dentro dos quadrinhos de Stan Lee

  • 27.07.2019 a 8:30 pm
    Permalink

    Excelentes!!!

  • 27.07.2019 a 8:27 pm
    Permalink

    Simplesmente Genial!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *