10 livros que relembram o atentado de 11 de setembro e outros fatos históricos

(4.8 Estrelas - 9 Votos)

Ataques nos Estados Unidos completam 17 anos em 2018. Cerca de três mil pessoas morreram

As cenas de dois aviões atingindo e derrubando as torres gêmeas do World Trade Center, nos Estados Unidos, em 11 de setembro de 2001, são umas das mais marcantes da história mundial. Ao todo, quatro aeronaves comerciais foram sequestradas por integrantes do grupo islâmico al-Qaeda. O terceiro avião colidiu contra o Pentágono, sede do Departamento de Defesa americano, e o quarto caiu em um campo aberto, na Pensilvânia.

Cerca de três mil pessoas morreram durante o atentado – dentro dos aviões havia 227 civis e 19 sequestradores. Entre os terroristas que participaram do ataque estão Mohamed Atta, que estava à frente do grupo, Osama Bin Laden, um dos fundadores da al-Qaeda, e Khalid Sheikh Mohammed, que teria participado da montagem do plano de ataque.

LEIA TAMBÉM: Biografias resgatam memória coletiva do Brasil

Já era previsto um ataque do grupo nos Estados Unidos, mas as autoridades americanas não sabiam como seria feito. Após os atentados, o país iniciou a Guerra ao Terror, ao invadir o Afeganistão para derrubar o Taliban, que havia abrigado os integrantes da al-Qaeda. A partir do 11 de setembro, o medo do terrorismo aumentou no mundo e outros países reforçaram suas leis antiterroristas.

Outros fatos da história mundial

Conhecer os fatos da história internacional nos ajudam a entender o nosso mundo contemporâneo. Por isso, para marcar os 17 anos do atentado de 11 de setembro, selecionamos 10 livros sobre diferentes momentos históricos internacionais, como a Guerra Fria e as primeira e segunda guerras mundiais.

A seleção reúne livros como O diário de Anne Frank, o qual mostra toda a tensão da família da jovem Anne Frank durante a Segunda Guerra Mundial, Plano de ataque, de Ivan Sant’Anna, que revela a trajetória dos homens que planejaram o 11 de setembro, e A história do mundo para quem tem pressa, de Emma Marriott, um compilado de acontecimentos mundiais. Ficou curioso? Confira a lista e boa leitura!


Plano de ataque, de Ivan Sant’anna

Após três anos de pesquisas, Ivan Sant’Anna revela a trajetória dos homens que planejaram o ataque de 11 de setembro nos Estados Unidos e daqueles que sequestraram os quatro aviões. O autor reconstitui episódios ainda pouco conhecidos do drama humano dos terroristas e das vítimas, além de responder a perguntas como: Como os pilotos suicidas foram recrutados e quais treinamentos receberam no Afeganistão? Como foi concebido o atentado?Plano de ataque, de Ivan Sant'Anna


11 de setembro, de Noam Chomsky

No livro 11 de setembro, o professor Noam Chomsky reúne uma série de entrevistas feitas após o atentado no World Trade Center e no Pentágono. Com muita clareza, o autor revela todo o pano de fundo que pode ser uma das causas da tragédia. Dividida em sete capítulos, a obra reúne ainda dois apêndices: um com o relatório do Departamento de Estado sobre as Organizações Terroristas Internacionais e outro com sugestões de leitura sobre o tema.

11 de setembro, de Noam Chomsky


A história do mundo para quem tem pressa, de Emma Marriott

A história do mundo para quem tem pressa é um guia com tudo o que precisamos saber sobre os acontecimentos históricos mundiais, desde as antigas civilizações até o fim da Segunda Guerra Mundial. Esse livro é ideal para quem se interessa por diversos assuntos, como o império de Alexandre, o Grande; a Guerra Civil Norte-americana; a emancipação de mulheres e a ascensão dos califados árabes.

A história do mundo para quem tem pressa, de Emma Marriott


Uma breve história do mundo, de H.G Wells

O autor H.G Wells recua até os primórdios do universo para contar a história do mundo. Publicado inicialmente em 1922, o livro Uma breve história do mundo faz um panorama sobre o planeta e a humanidade, desde o surgimento dos seres vivos, passando pela origem dos povos, das religiões, das guerras até chegar à Primeira Guerra Mundial. Esta obra reúne todas as ideias do autor sobre progresso, política e humanidade.Uma breve história do mundo, de H.G Wells


A era dos extremos: O breve século XX, de Eric Hobsbawm

Esse é um dos livros clássicos sobre a história mundial. Em A era dos extremos, o historiador Eric Hobsbawm discorre sobre o século XX, principalmente sobre o início da Primeira Guerra Mundial, em 1914, e a queda da União Soviética, em 1991. Para o autor, o período foi breve e extremado, com muitas crises e catástrofes. O objetivo do escritor é se aprofundar nos acontecimento que construíram o mundo de hoje. A era dos extremos, de Eric Hobsbawm


O vulto das torres, de Lawrence Wright

Em O vulto das torres, o escritor Lawrence Wright responde a alguns questionamentos sobre o 11 de setembro: o que é a al-Qaeda? Como o grupo surgiu e onde pretende chegar? Qual a sua ideologia? Qual o papel dos serviços de inteligência dos Estados Unidos neste caso? Todas as perguntas são esclarecidas por meio de um detalhado jornalismo investigativo.

O vulto das torres, de Lawrence Wright


O diário de Anne Frank, de Anne Frank

Esse é um dos livros mais vendidos do mundo. Durante o período de 12 de junho de 1942 a 1° de agosto de 1944,  a jovem Anne Frank escreveu em seu diário toda a tensão que sua família  sofreu durante a Segunda Guerra Mundial. Ao fim de muitos dias de silêncio e medo aterrorizante, eles foram descobertos pelos nazistas e levados para campos de concentração.O diário de Anne Frank


O mundo pós-Guerra Fria, de Jayme Brener

Esse é um dos livros que você só encontra na Estante Virtual. O mundo pós-Guerra Fria faz um panorama sobre a Nova Ordem Mundial após o fim da União Soviética, na década de 1990. Com o término da Guerra Fria, travada entre a URSS e os Estados Unidos, todos os acordos e tratados vão por água abaixo. Jayme Brener mostra que os EUA carregam hoje todos os problemas que sobraram praticamente sozinhos.

O mundo pós-Guerra Fria, de Jayme Brener


Cadeia de comando, de Seymour M. Hersh

Cadeia de comando é um livro-reportagem que denuncia ao mundo o massacre de mais de 500 civis por uma brigada do exército no Vietnã, em 1969. A obra também aborda a “guerra contra o terror” no Iraque, em 2004. Estes dois capítulos decisivos da história recente foram escritos por Seymour M. Hersh, que nos 35 anos que separam as duas catastróficas guerras empreendidas pelos Estados Unidos manteve-se fiel a um dos princípios básicos do jornalismo: a vigilância constante do poder. 

Cadeia de comando, de Seymour M. Hersh


O fundamentalista relutante, de Mohsin Hamid

O fundamentalista relutante é narrado pelo paquistanês Changez, que conversa com um norte-americano em um café, em Lahore. Na obra, ele conta sua história ao homem, que parece estar em uma missão especial. Com boa formação universitária e bem empregado, o paquistanês morava nos Estados Unidos e tinha uma vida promissora, até o 11 de setembro. Com os ataques, sua vida utópica também desmorona.

O fundamentalista relutante, de Mohsin Hamid


Qual livro você acrescentaria na lista? Comente e participe!

Gabriela Mattos

Gabriela Mattos

Redatora em Estante Virtual
Gabriela é jornalista e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea brasileira e jornalismo literário.
Gabriela Mattos
[mailpoet_form id=”4″]
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea brasileira e jornalismo literário.

Um comentário em “10 livros que relembram o atentado de 11 de setembro e outros fatos históricos

  • 12.09.2018 a 6:32 am
    Permalink

    “Vai amanhecer outra vez”
    de Ricky Medeiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares