Que tal presentear seu pai com um livro?

(4.2 Estrelas - 5 Votos)

Para comemorar o Dia dos Pais, selecionamos obras para todos os gostos: desde filosofia até aquelas que merecem ser lidas com os filhos. Confira!

Ser pai é mais do que ter um laço de sangue, né? Ao longo das gerações, a figura paterna vem sofrendo mudanças. Antigamente, o pai era o responsável por trabalhar e sustentar a família, enquanto a mãe cuidava exclusivamente das crianças e do lar. No entanto, essa hierarquia tem ficado cada vez mais horizontal e os papeis mais unificados. Essa figura não precisa ser representada necessariamente por um pai biológico, mas também por irmãos mais velhos, tios ou avôs.

Psicólogos afirmam que a imagem paterna é fundamental para o desenvolvimento social, psicológico e moral da criança, por ser relacionada à autoridade, à disciplina e aos limites. Os pais são a nossa primeira referência e porto seguro. Por isso, nada melhor do que presenteá-los nesse Dia dos Pais com um livro inesquecível.

Para comemorar a data, fizemos uma lista com oito obras para todos os gostos. A seleção inclui títulos de filosofia, como Família: urgências e turbulências, de Mario Sergio Cortella, e premiados, como The underground railroad: Os caminhos para a liberdade, de Colson Whitehead. Não poderíamos deixar de fora também os livros que merecem ser lidos com os filhos, como o clássico As aventuras de Pinóquio, de Carlo Collodi. Ficou curioso? Veja a lista completa!


Família: urgências e turbulências, de Mario Sergio Cortella

Esse é para os fãs do filósofo Mario Sergio Cortella. No livro Família: urgências e turbulências, o autor questiona-se sobre preocupações que atingem diversos segmentos sociais, principalmente entre os pais. Como educar os jovens? Como estipular limites a eles? Além de apresentar as respostas, o estudioso diz que os pais devem estar sempre alertas aos riscos que os conflitos em família podem provocar e ainda adotar uma postura corajosa para encontrar soluções.

Família: urgências e turbulências, de Mario Sergio Cortella


The underground railroad: Os caminhos para a liberdade, de Colson Whitehead

Os pais também merecem conhecer obras premiadas, né? Que tal presenteá-lo com The underground railroad – Os caminhos para a liberdade, de Colson Whitehead, vencedor do Prêmio Pulitzer e do Man Booker Prizer? O livro retrata o racismo latente nos Estados Unidos. No romance, o autor conta a história da personagem Cora, uma jovem escrava que vive em uma plantação de algodão na Geórgia. Cora decide fugir de seus algozes Caesar, um recém-chegado da Virgínia, descobre uma rota de fuga, mas nada sai como o planejado e a dupla é perseguida

The underground railroad, de Colson Whitehead


Machado, de Silviano Santiago

Se preferir um livro premiado brasileiro, pode optar por Machado, de Silviano Santiago. Vencedor dos prêmios Oceanos e Jabuti, o romance recria as últimas passagens da vida do escritor Machado de Assis de forma original e audaciosa. Machado, um dos maiores romancistas de todos os tempos, sofre fortes dores e crises enquanto testemunha a modernização do Rio de Janeiro, no século XX.

Machado, de Silviano Santiago


Pai de menina, de Marcos Mion

Pai de menina tem o objetivo de ajudar os pais de primeira viagem que terão uma menina. No livro, o apresentador Marcos Mion propõe um movimento que incentiva o homem a ser sensível, não ter vergonha de demonstrar amor nem de se envolver com “as coisas de menina”, saber a sua importância na vida da filha, seguir sua intuição paterna e ser presente.

Pai de menina, de Marcos Mion


Maluquinho de família, de Ziraldo

Não poderíamos deixar de fora aqueles livros que merecem ser lidos com os filhos. Uma das nossas sugestões é Maluquinho de família, de Ziraldo. Na história, tudo começa quando a professora pede uma pesquisa sobre a família real do Brasil e a turma se diverte revelando suas origens. No entanto, o Menino Maluquinho não sabe nada sobre sua árvore genealógica. A partir disso, o autor desenvolve uma aventura baseada no álbum de fotos antigas que o avô do Maluquinho guarda com carinho. 

Maluquinho de família, de Ziraldo


As aventuras de Pinóquio, de Carlo Collodi

Clássico dos clássicos, o livro As aventuras de Pinóquio marca gerações. Publicado inicialmente em 1881, pelo italiano Carlo Collodi, o romance narra a evolução de um simples boneco para merecedor da condição de ser humano. A história continua conquistando milhares de leitores pelo mundo e, em 1940, foi adaptada pela Walt Disney para os cinemas.

 

As aventuras de Pinóquio, de Carlo Collodi


O papai é pop, de Marcos Piangers

Em O papai é pop, o humorista Marcos Piangers mostra os desafios de ser pai jovem. No fim das contas, o que importa é estar perto dos filhos o tempo inteiro, e não comprar uma casa maior, um berço novo, trocar de carro e pagar a creche mais cara. Com textos divertidos e emocionantes, a obra reforça que o mais importante é o pai estar presente.

O papai é pop, de Marcos Piangers


Como nascem os pais – Crônicas de um pai despreparado, de Renato Kaufmann

Autor do best-seller Diário de um grávido, Renato Kaufmann usa o bom-humor para narrar o adorável e doloroso processo de tornar-se pai. De forma ácida e apaixonada, o autor conta sobre os dois primeiros anos da vida de sua filha. Relatando episódios aparentemente comuns na vida de qualquer pai participante, ele constata que a vida mudou para melhor.

Como nascem os pais


O que achou da lista? Comente e participe!


Quer receber dicas semanais de leitura?

Assine e receba dicas fresquinhas em seu e-mail toda semana.

Gabriela Mattos

Gabriela Mattos

Redatora em Estante Virtual
Gabriela é jornalista e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea brasileira e jornalismo literário.
Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea brasileira e jornalismo literário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares