Estante Entrevista: Os Livros Indicados por Regiane Winarski

(0 Estrelas - 0 Votos)

Tradutora participou de live em nosso Instagram e falou sobre as traduções de Stephen King

Em mais uma live da série “Estante Entrevista“, a tradutora Regiane Winarski conversou sobre ”Traduzindo Stephen King”, no nosso Instagram, na última terça-feira (21). A live foi em comemoração aos 74 anos do autor. Durante o bate-papo, a tradutora falaram sobre o processo de tradução e sua importância, sua relação com Stephen King e como começou a traduzir suas obras.

ASSISTA À LIVE NO IGTV

Além de traduzir mais de 15 títulos de Stephen King para o público brasileiro, Regiane também foi responsável pela tradução de livros como Ghost Story, Pequenas Realidades, Se eu Ficar, Eu sei por que o pássaro canta na gaiola e muito mais!

Entre os assuntos discutidos, Regiane deu dicas para jovens tradutores e afirmou que ler bastante é a parte mais importante do processo de tradução. Ela também deu indicações incríveis de leitura. Confira algumas abaixo!


It, a Coisa (Stephen King)

Durante as férias de 1958, em uma pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança… e do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permaneceu em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Neste clássico de Stephen King, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.


A História do Amor (Nicole Krauss)

Neste romance, um jovem judeu polonês escreve um livro sobre o amor e a existência, mas é obrigado a deixá-lo para trás, junto com a paixão que o inspirou, quando a Polônia é tomada pelos nazistas. Décadas depois, o livro reaparece para unir personagens muito diferentes – Leo Gursky, um imigrante em Nova York; Litvinoff, um professor no Chile; Alma Singer, a filha de uma tradutora literária; Isaac Moritz, escritor americano. Em diferentes vozes, cada uma com seu ritmo e sintaxe, ‘A história do amor’ gira entre ritos de iniciação e acaso. Leo Gursky faz da amizade com outro exilado uma defesa contra a solidão. Alma Singer tem as primeiras experiências afetivas ‘adultas’. Isaac Moritz busca um reencontro com suas origens pouco antes de morrer. O pequeno irmão de Alma começa a descobrir os limites de sua imaginação delirante. Nas palavras do manuscrito desaparecido, que retorna para unir os fragmentos da trama num mesmo desfecho, está a defesa contra a devastação trazida pelo tempo e pela sorte; e contra a esterilidade, definida por um dos personagens, de ‘viver num mundo não descrito’.


Sombras da Noite (Stephen King)

Stephen King reúne aqui vinte de suas mais inquietantes obras curtas – relatos de acontecimentos bizarros e atos impensáveis, que surgem daquele momento de crepúsculo, onde ruídos nas paredes e sombras perto da cama prenunciam algo terrível que ronda à solta. Os cenários são familiares e acima de qualquer suspeita: um colégio, uma fábrica, uma lanchonete rodoviária, uma lavanderia, um milharal. Mas, no mundo de Stephen King, qualquer lugar pode servir como território sobrenatural. São necessárias apenas uma hora propícia da noite e a distração das vítimas. Alguns desses clássicos inspiraram filmes memoráveis como As crianças do milharal, Último turno e Às vezes eles voltam. 


O Pacto (Joe Hill)

Ignatius Perrish sempre foi um homem bom. Tinha uma família unida e privilegiada, um irmão que era seu grande companheiro, um amigo inseparável e, muito cedo, conheceu Merrin, o amor de sua vida. Até que uma tragédia põe fim a toda essa felicidade: Merrin é estuprada e morta e ele passa a ser o principal suspeito. Embora não haja evidências que o incriminem, também não há nada que prove sua inocência. Todos na cidade acreditam que ele é um monstro. Um ano depois, Ig acorda de uma bebedeira com uma dor de cabeça infernal e chifres crescendo em suas têmporas. Descobre também algo assustador: ao vê-lo, as pessoas não reagem com espanto e horror, como seria de esperar. Em vez disso, entram numa espécie de transe e revelam seus pecados mais inconfessáveis. Um médico, o padre, seus pais e até sua querida avó, ninguém está imune a Ig. E todos estão contra ele. Porém, a mais dolorosa das confissões é a de seu irmão, que sempre soube quem era o assassino de Merrin, mas não podia contar a verdade. Até agora. Sozinho, sem ter aonde ir ou a quem recorrer, Ig vai descobrir que, quando as pessoas que você ama lhe viram as costas e sua vida se torna um inferno, ser o diabo não é tão mau assim. Joe Hill, autor de A estrada da noite, já foi aclamado como um dos principais novos nomes da ficção fantástica. Em O pacto, o sobrenatural é pano de fundo para uma história de amor e tragédia, de traição e vingança. Um livro envolvente, emocionante e cheio de suspense que nos leva a refletir: em matéria de maldade, quem é pior, o homem ou o diabo?


Garoto Devora o Universo (Trent Dalton)

A vida de Eli Bell é complicada. Ele não conhece o pai, sua mãe está na cadeia e seu padrasto é um traficante de heroína. O adulto mais estável na vida de Eli é Slim — um notório criminoso famoso por ser o maior recordista de fugas de prisão do país — que cuida de Eli e August, o menino gênio que fez voto de silêncio e irmão mais velho de Eli.

Exilado no subúrbio de Brisbane, o garoto de doze anos de alma velha e mente adulta quer apenas seguir o seu coração, descobrir o que significa ser um bom homem e começar sua carreira jornalística. A vida, no entanto, insiste em colocar obstáculos no caminho de Eli — sendo que o maior deles é Tytus Broz, o lendário traficante de drogas de Brisbane.

Uma história de irmandade, amor verdadeiro, família e a mais improvável das amizades, Garoto devora universo é o conto de um adolescente prestes a descobrir que tipo de homem ele vai ser. Com uma narrativa poderosa e encantadora, a obra de Trent Dalton é um dos maiores lançamentos literários do ano.A


Comentários

Pedro Silva

Pedro Silva

Pedro é jornalista e pós-graduado em literatura, já trabalhou como crítico e redator de um portal de notícias. Apaixonado por livros e cultura pop.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *