Prêmio Jabuti em números

(3.8 Estrelas - 6 Votos)

Com maioria masculina e concentração de premiados na região sudeste do país, prêmio Jabuti completa 60 anos.

O ano de 2018 veio com muitas novidades para o Prêmio Jabuti. As mudanças na maior premiação da literatura brasileira foram desde os valores em dinheiro, ao número de categorias e o incentivo a novos leitores e autores independentes.

Em sua 60ª edição, o Jabuti conta com 18 categorias e não mais 29, como no último ano, que estão dividias em quatro eixos: Literatura (romance, poesia, conto, crônica, infantil e juvenil, tradução e HQ), Ensaio (biografia, humanidades, ciências artes e economia criativa), Livro (projeto gráfico, capa, ilustração e impressão) e Inovação (formação de novos leitores e livro brasileiro publicado no exterior). A partir desta edição, os primeiros colocados de cada categoria irão ganhar além da estatueta, um prêmio no valor de R$ 5 mil e o vencedor do Livro do Ano receberá R$ 100 mil.

Olhando ao longo dos últimos 60 anos, no entanto, percebe-se ainda uma concentração de premiados do sexo masculino. O paranaense, Laurentino Gomes, venceu três vezes o Prêmio de Não Ficção, seguido por Ruy Castro (2) e Caco Barcelos (2). Na categoria Romance, Milton Hatoum venceu três vezes, seguido por Silviano Santiago e Jorge amado, duas vezes cada um. Ainda em Romance, dos 1579 autores já premiados, 80% foram da região sudeste. Enquanto aguardamos a premiação deste ano, confira no infográfico abaixo todos os dados e curiosidades do Prêmio Jabuti.

Infográfico 60 anos Prêmio Nobel
Infográfico 60 anos Prêmio Nobel

Leia Também: Jabuti 2018: Conheça os principais livros finalistas do prêmio

Natália Figueiredo

Natália Figueiredo

Jornalista Multimídia em Estante Virtual
Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, é editora do Estante Blog e mantém o blog de viagens Nat no Mundo.
Natália Figueiredo
[mailpoet_form id=”4″]

 

Comentários

Natália Figueiredo

Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, é editora do Estante Blog e mantém o blog de viagens Nat no Mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares