Os 10 livros mais vendidos de setembro

(0 Estrelas - 0 Votos)

Conheça os títulos mais procurados pelos leitores na Estante Virtual. Ranking reúne obras clássicas e contemporâneas

Temos novidade na lista dos mais vendidos de setembro na Estante Virtual! O livro Lolita, clássico do escritor russo Vladimir Nabokov, estreou na primeira colocação no ranking. Publicada inicialmente em 1955, a obra conta a história de um professor de Literatura que fica obcecado por Dolores Haze, de 12 anos. Em seguida, aparece O quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus.

LEIA MAIS: Confira os principais lançamentos de livros de 2018

Já o terceiro lugar ficou com o livro Como fazer amigos e influenciar pessoas, de Dale Carnegie, e o quarto, com O príncipe, de Maquiavel. Enquanto isso, a obra A sutil arte de ligar o f*da-se, de Mark Manson, voltou ao ranking dos 10 mais vendidos. Veja a lista completa e conheça os títulos mais procurados no site da Estante Virtual. Boa leitura!


Lolita, de Vladimir Nabokov

Este é um dos principais romances do século XX. Polêmico e irônico, o livro narra o amor obsessivo de Humbert Humbert, um cínico intelectual de meia-idade, por Dolores Haze, Lolita, 12 anos, uma ninfeta que inflama suas loucuras e seus desejos mais agudos. A obra é ainda uma viagem de redescoberta pela América, a exploração da linguagem e de seus matizes.
Lolita, de Vladimir Nabokov


Quarto de despejo – Diário de uma favelada, de Carolina Maria de Jesus

Com linguagem simples, este livro retrata o duro cotidiano de uma favelada. Na obra, uma mulher negra, pobre e semianalfabeta conta o que viveu, sem artifícios ou fantasias.  A leitura nos coloca em contato com cinco anos da vida da personagem, que representa a voz dos excluídos, marginalizados e estereotipados da nossa sociedade desigual.Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus


Como fazer amigos e influenciar pessoas, de Dale Carnegie

Como fazer amigos e influenciar pessoas analisa o impacto da Internet e das redes sociais na comunicação humana. O autor Dale Carnegie utiliza exemplos verídicos e orienta sobre formas de conduta adequadas a esses novos meios de relacionamento social. A obra contempla a nova etiqueta em construção no mundo virtual, incluindo o fenômeno “cyberbullying”.

Como fazer amigos e influenciar pessoas, de Dale Carnegie


O príncipe, de Maquiavel

Fundador da ciência política, O príncipe é fruto da época em que foi concebida. O livro, publicado postumamente em 1532, é uma meditação sobre a conduta do governante e sobre o funcionamento do Estado. A obra é um estudo sobre as oportunidades oferecidas pela fortuna, sobre as virtudes e os vícios intrínsecos ao comportamento dos governantes, com sugestões sobre moralidade, ética e organização urbana.

O príncipe, de Maquiavel


A sutil arte de ligar o f*da-se, de Mark Manson

A sutil arte de ligar o f*da-se, de Mark Manson, voltou ao ranking dos 10 livros mais vendidos na Estante Virtual. Nesta obra, o escritor usa seu olhar crítico para propor um novo caminho rumo a uma vida melhor, mais coerente com a realidade e consciente dos nossos limites. Chega de se sentir inferior por não ver o lado bom das situações e de se torturar para pensar positivo até nos momentos ruins. Por meio de piadas e exemplos inusitados, ele deixa o leitor mais aleta e capaz para enfrentar os desafios na sociedade.

A sutil arte de ligar o f*da-se, de Mark Manson


O poder do agora, de Eckhart Tolle

O poder do agora é um guia que combina conceitos do Cristianismo, Taoísmo, Hinduísmo e Budismo. O livro de Eckhart Tolle é um manual prático que ensina o leitor a tomar consciência dos pensamentos e emoções que o impedem de vivenciar plenamente a alegria e a paz interior.O poder do agora, de Eckhart Tolle


O pequeno príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry

Publicado ela primeira vez em 1945, O pequeno príncipe é o principal clássico da literatura infantojuvenil. Com imagens simbólicas, as passagens de ordem temporal, na vida do autor, estão ali presentes: casamento, separação, profissões, sonhos, decepções. Os dois personagens tornam-se representações do próprio autor, em um monólogo interior entre o “eu” e o “outro”. O pequeno príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry


A revolução dos bichos, de George Orwell

Este livro foi escrito durante a Segunda Guerra Mundial e causou desconforto ao satirizar a ditadura stalinista em uma época em que os soviéticos eram aliados ao Ocidente na luta contra o eixo nazifascista. De fato, são claras as referências, como o despótico Napoleão que seria Stálin e os eventos políticos da União Soviética. Mais de 60 anos depois da publicação, o livro continua sendo atemporal. A Revolução dos Bichos, de George Orwell


A ilha perdida, de Maria José Dupré

A ilha perdida, de Maria José Dupré, é um dos clássicos da literatura infantil. O livro conta a história dos amigos Eduardo e Henrique, que resolvem explorar uma misteriosa ilha e descobrir se as histórias que ouvem sobre o lugar são reais. A dupla envolve-se em uma grande aventura, na qual um velho sábio ensina o respeito e o amor à natureza.A ilha perdida, de Maria José Dupré


Opisanie Swiata, de Veronica Stigger

Esta é a segunda vez que Opisanie Swiata, de Veronica Stigger, aparece na lista dos mais vendidos da Estante Virtual. Primeiro romance de Veronia Stigger, o título é uma espécie de relatos de viagens. A história central é a de Opalka, um polonês de 60 anos que, em sua terra natal, recebe uma carta na qual descobre que tem um filho na Amazônia. O rapaz está internado em estado grave em um hospital e o pai decide viajar para encontrá-lo.Opisanie Swiata, de Veronica Stigger


O que você achou da lista? Comente e participe!

[mailpoet_form id=”4″]

Conheça os livros de Jô Soares Se você gostou dessas séries, vai gostar desses livros! Clássicos do Horror para conhecer Os melhores romances para ler nos próximos meses Os melhores livros espíritas