7 curiosidades + 4 livros sobre o mártir Tiradentes

(3 Estrelas - 3 Votos)

Entenda melhor sobre a jornada de Tiradentes no movimento da Inconfidência Mineira de acordo com historiadores e estudiosos. Veja!

21 de abril é dia de homenagear o mártir da Inconfidência Mineira, considerado por muitos um herói nacional. Joaquim José da Silva Xavier, popularmente conhecido como Tiradentes, nasceu em 12 de novembro de 1746 e foi o quarto dos nove filhos que seus pais tiveram. Quando o mineiro decidiu se alistar à capitania de Minas Gerais, trabalhou em um setor de escoamento da produção de minérios. A partir desse cenário, passou a conhecer de perto a exploração absurda de recursos naturais do Brasil e iniciou sua jornada de ativismo político com suas críticas, questionamentos e inquietudes.

Inconfidência Mineira: o sucesso de um plano que não aconteceu

Quando o mártir mudou-se para o Rio de Janeiro, mergulhou literalmente nos ideais revolucionários iluministas, dedicando-se às melhorias urbanas – de mobilidade e abastecimento para a população. Ainda inconformado com a exploração e escravização brasileira, ele lutou para libertar o país do domínio português e participou do movimento intitulado Inconfidência Mineira – juntamente com padres, coronéis, poetas, advogados, entre outros. O então plano de rebeldia contra a Coroa Portuguesa, porém, foi descoberto após a traição de um dos seus companheiros: Joaquim Silva. Após três anos preso, Tiradentes foi enforcado na manhã do dia 21 de abril de 1792, no Largo da Lampadosa (RJ) – a atual Praça Tiradentes.

 Jurei morrer pela independência do Brasil, cumpro a minha palavra! Tenho fé em Deus e peço a Ele que separe o Brasil de Portugal”

Confira 7 curiosidades e 4 livros que apresentam diferentes óticas para compreender a Inconfidência Mineira e os passos do herói enforcado – que teve seu corpo esquartejado em quatro partes e exposto pelos principais pontos urbanos do Rio e Minas Gerais.


1- Tiradentes, além de ativista político, trabalhou também como dentista, tropeiro, minerador e comerciante


Tiradentes, de Walter Vetillo

A saga do herói é narrada desde infância – pobre e difícil – até a fase adulta. A história de um dos revolucionários mais mais conhecidos na história brasileira é narrada com base em seus ideais de liberdade e independência.

Tiradentes, de Walter Vetillo


2- É hora de esquecer as imagens do herói barbudo e cabeludo divulgadas nos livros didáticos escolares. Tiradentes nunca usou barba. Primeiro, porque ele era militar. Quando foi preso, ele também era obrigado a andar de barba feita


3- Embora Joaquim José da Silva Xavier não possuísse o título oficial de dentista, ele “cuidava” de dentes, mas tinha pavor de arrancá-los


Confidências de um Inconfidente, de Marilusa Moreira Vasconcellos

Obra psicografada transmitida pelo Espírito Tomaz Antonio Gonzaga, um novo olhar sobre a saga da Inconfidência Mineira é exposto. Um romance que foca nas tramas espirituais do movimento com surpreendentes revelações.

Confidências de um Inconfidente, de Marilusa Moreira Vasconcellos


4- Seus instrumentos odontológicos de trabalho foram leiloados em 4 de julho de 1792


21 de abril – Tiradentes, Sonho de Liberdade, de Alfredo Boulos Jr.

Saiba como motivar nas crianças a se posicionarem diante de fatos marcantes do Brasil. O livro impulsiona à desmitificação de heróis e mártires, mostrando que só se faz a história com participação popular.

21 de abril - Tiradentes, Sonho de Liberdade, de Alfredo Boulos Jr.


5- Após a sua morte, jogaram sal no chão do terreno da sua casa para que NADA mais crescesse naquele lugar


A Inconfidência Mineira – uma síntese factual, de Márcio Jardim

Fugindo das explicações genéricas e simplistas, Márcio Jardim apresenta fatos e personagens com detalhes de figuras históricas. Cada inconfidente, suas profissões, patrimônios, posições sociais… Assim como os fatos ocorridos, todos documentados. Obra indispensável para os que desejam se aprofundar e mergulhar no que realmente foi a Inconfidência Mineira!

A Inconfidência Mineira - uma síntese factual, de Márcio Jardim


6- Ele só foi reconhecido como herói apenas 98 anos após morrer. Aliás, ele é o único brasileiro cuja data de sua morte se tornou um feriado nacional


7- Três dias depois enforcamento – e o esquartejamento do seu corpo -, sua cabeça foi roubada da praça pública que estava exposta, em Vila Rica (MG). E o pior: nunca mais foi encontrada. Este é um fato que até hoje intriga as pessoas, pois é um mistério ainda não relevado!  


Se todos quisermos, poderemos fazer deste país uma grande nação. Vamos fazê-la”


Quais livros você acrescentaria aqui?


Quer receber dicas semanais de leitura?

Assine e receba dicas fresquinhas em seu e-mail toda semana.

Andréia Coutinho Louback

Andréia Coutinho Louback

Jornalista em Estante Virtual
Apaixonada por histórias e viciada em comprar livros. Mestre em relações étnico-raciais, ela atua rumo à superação do racismo na sociedade, em especial, na área da comunicação.
Andréia Coutinho Louback
Comentários

Andréia Coutinho Louback

Apaixonada por histórias e viciada em comprar livros. Mestre em relações étnico-raciais, ela atua rumo à superação do racismo na sociedade, em especial, na área da comunicação.

2 comentários em “7 curiosidades + 4 livros sobre o mártir Tiradentes

  • 27.04.2018 a 12:09 pm
    Permalink

    Muito obrigada, Mariana. Cecília Meireles é uma das minhas poetas preferidas e tudo o que eu leio dela me encanta! Valeu a sugestão :)

  • 27.04.2018 a 11:34 am
    Permalink

    Eu adicionaria o Romanceiro da Inconfidência, da Cecília Meireles. Grande obra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares