[Especial Lollapalooza] A história de Anthony Kiedis por ele mesmo

(2.8 Estrelas - 12 Votos)

Vocalista do Red Hot Chili Peppers relembra infância conturbada em Michigan até o estrelato e os excessos na efervescente Hollywood em autobiografia.

A banda americana Red Hot Chili Peppers, comandada pelo carismático Anthony Kiedis, é uma das atrações mais aguardadas do Lollapalooza 2018, festival que acontece nesse fim de semana em São Paulo. Na última quarta-feira, o baterista Chad Smith e o guitarrista da banda Josh Klinghoffer chegaram a fazer uma participação surpresa no show do Pearl Jam no Rio de Janeiro e nesta sexta-feira (23), a banda se reúne no Autódromo de Interlagos.

Além do retorno dos músicos ao Brasil, outra boa notícia para os fãs é o relançamento da autobiografia Scar Tissue, pelo selo Belas Letras. O livro – eleito pela Revista Rolling Stone como uma das melhores autobiografias de rock de todos os tempos – chegou a ser lançado no Brasil em 2004, pela Ediouro e esgotou. Aqui na Estante Virtual, as raridades que ainda existiam chegavam a ser vendidas a até R$200. Agora, a obra volta para os leitores brasileiros com nova edição de capa dura reunindo as memórias do letrista e vocalista Anthony Kiedis, organizadas por Larry Sloman.

Já na folha de rosto, reconhecemos que essa não é uma biografia comum. Os editores prontos para o ataque mandam um recado de seus advogados, para qualquer um que queria usurpar uma parte dessa história e eles “têm certeza que você não vai querer saber qual é” (risos).

A introdução de Scar Tissue apresenta um Anthony sereno recebendo a enfermeira para lhe injetar algo, com uma meia cor de rosa, no lugar do torniquete. O liquido na verdade é ozônio e é usado para tratar uma hepatite contraída após o abuso de drogas. Passeamos pela infância do astro no estado de Michigan, a relação tumultuada com a mãe e a primeira experiência com maconha e álcool aos 12 anos, já morando com o pai hippie e traficante boa-praça amigo de músicos na California.

Anthony é uma criança rebelde, enérgica, mas desde novo sente a energia da música pulsar em seu corpo. Não é possível prever que o menino que vivia com ajuda da assistência social americana se tornaria membro-fundador de uma das mais bem-sucedidas bandas de rock de todos os tempos. Mas é uma delícia percorrer essa trajetória e a evolução que levou o RHCP a vender mais de 80 milhões de discos no mundo todo.

A ótima construção da autobiografia faz parecer uma leve conversa com Anthony, mesmo nos momentos mais tensos de seu mergulho no precipício das drogas ou na montanha russa de emoções que tomou conta de sua vida e de seus companheiros nesses 30 anos. As muitas idas e vindas somaram-se a sua arte e compuseram hits.

Scar Tissue”, canção que dá nome ao livro, foi o primeiro single e terceira faixa do álbum Californication, lançado em 1999 pelo Red Hot Chili Peppers. Essa foi a primeira canção lançada comercialmente pela banda em anos e vencedora do Grammy de “Melhor Canção de Rock” em 2000. O livro é um maravilhoso mergulho nostálgico a esse período da banda com todas as suas cicatrizes.

 

Scar tissue: as memórias do vocalista do Red Hot Chili Peppers

 

Natália Figueiredo

Natália Figueiredo

Jornalista Multimídia em Estante Virtual
Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, é responsável pelo Estante Blog e mantém o blog de viagens Nat no Mundo.
Natália Figueiredo

Quer receber dicas semanais de leitura?

Assine e receba dicas fresquinhas em seu e-mail toda semana.

Comentários

Natália Figueiredo

Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, é responsável pelo Estante Blog e mantém o blog de viagens Nat no Mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares