Conheça 5 clássicos que inspiraram canções

(1 Estrelas - 1 Votos)
Sucesso nas rádios e na literatura

Não é difícil artistas de diferentes áreas e formatos acabarem inspirando uns aos outros, em uma espécie de crossover. Seja em adaptações para cinema, para peças teatrais, para literatura, para ilustrações, ou mesmo para música, não há limites para a arte. Um tema vai puxando o outro, e aqui no Estante Blog resolvemos relembrar cinco canções que tiveram influência direta de grandes clássicos da literatura, concretizando o sucesso nos dois formatos. Confira!

 

1984 – George Orwell

Na canção de David Bowie, o título da letra já denuncia. O britânico inspirou-se para compor Nineteen Eighty-Four, no livro homônimo 1984, do escritor Eric Arthur Blair ou como é mais conhecido pelo pseudônimo George Orwell, que publicou seu livro distópico em 1949.

Trecho: “Someday they won’t let you, but now you must agree/The times they are a-telling, and the changing isn’t free/You’ve read it in the tea leaves, the tracks are on TV/Beware the savage jaw of 1984″, David Bowie.

George-orwell-1984
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Admirável Mundo Novo – Aldous Huxley

O romance distópico Admirável Mundo Novo, escrito e publicado em 1932 por Aldous Huxley inspirou diversos artistas nacionais e internacionais. Entre eles a banda americana Strokes, na canção Soma, e a cantora Pitty, na canção Admirável Chip Novo.

Trechos: “Soma is what they would take when hard times opened their eyes/Saw pain in a new way, high stakes for a few names/Racing against sun beams, losing against their dreams/In your eyes”, The Strokes

Pense, fale, compre, beba / Leia, vote, não se esqueça / Use, seja, ouça, diga / Tenha, more, gaste e viva“, Pitty

admiravel mundo novo
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

O Senhor dos Anéis – J. R. R. Tolkien

A cançãoMisty Mountain Hop que faz parte do álbum Led Zeppelin IV foi inspirado no clássico épico do escritor J. R. R. Tolkien, outras canções desse mesmo álbum foram também inspiradas na trilogia, incluindo The Battle of Evermore.

Trecho: ” Walkin’ in the park just the other day, baby / What do you what do you think I saw? / Crowds of people sittin’ on the grass with flowers in their hair said / Hey Boy do you want to score?“, Led Zeppelin.

 

o senhor dos aneis
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

O Apanhador no Campo de Centeio – J.D. Salinger

O garoto americano de 16 anos, que relata as experiências durante os tempos de escola inspirou a canção Catcher in the Rye, do Guns N’ Roses e Who Wrote Holden Caulfield?, da banda punk Green Day.

Trechos: “The Catcher in the Rye again/Won’t let ya get away from him/It’s just another day like today”, Guns N’ Roses.

There’s a boy who fogs his world and now he’s getting lazy/There’s no motivation and frustration makes him crazy/He makes a plan to take a stand but always ends up sitting./Someone help him up or he’s gonna end up quitting”, Green Day.

apanhador do campo de centeio
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Frankenstein – Mary Shelley

A banda Aerosmith gravou um de seus maiores sucessos: Walk This Way, inpirado no clássico e também no filme Young Frankenstein. Em 2008, a revista Rolling Stone colocou a canção na 34ª posição da lista 100 Greatest Guitar Songs of All Time.

Trecho: “See-saw swingin’ with the boys in the school/With your feet flyin’ up in the air/Singin’ hey diddle-diddle with the kitty in the middle/You be swingin’ like you just didn’t care”, Aerosmith.

frankenstein
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Gostou? E qual outro som também poderia ser lembrado?

Comentários

Natália Figueiredo

Natália Figueiredo

Jornalista Multimídia em Estante Virtual
Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, é editora do Estante Blog e mantém o blog de viagens Nat no Mundo.
Natália Figueiredo

Natália Figueiredo

Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, é editora do Estante Blog e mantém o blog de viagens Nat no Mundo.

5 comentários em “Conheça 5 clássicos que inspiraram canções

  • 09.04.2017 a 3:23 pm
    Permalink

    Legal.

  • 24.10.2016 a 9:32 am
    Permalink

    A banda Camel se inspirou em O Senhor dos Anéis para fazer a canção Nimrodel/The Procession/The White Rider do álbum Mirage (1974).
    O Iron Maiden também possui uma música chamada Brave New World

  • 08.10.2016 a 4:24 pm
    Permalink

    Gostei muito da publicação. A música, como todas as outras formas de cultura, enriquece muito a humanidade.
    Parabéns pela linda iniciativa!!!👏👏👏👏

  • 07.10.2016 a 5:45 pm
    Permalink

    Faltou ‘The Wizard’, do Black Sabath, feita especialmente para o Gandalf de Senhor dos Anéis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares