Livros protagonistas de suas histórias

(0 Estrelas - 0 Votos)

10 títulos para você se apaixonar ainda mais pela leitura

Para muitas pessoas, o livro é o melhor amigo, o mais sincero companheiro, o protagonista de suas vidas. Alguns podem achar loucura, mas quem ama ler sabe bem do que estamos falando. Seu cheiro, seu peso e suas marcas deixam lembranças eternas em nossas mentes e almas. Às vezes, chegamos até a sentir uma dor no coração de saudade depois que a história termina. E, para suprir isso, corremos logo na estante ou nas livrarias para já começar um novo relacionamento literário.

O que muitos podem não saber é que, além de serem protagonistas das vidas dos leitores, os livros podem ser personagens principais das próprias tramas de que fazem parte. Nos títulos selecionados abaixo, é exatamente isso que acontece. Confira!

O clube do livro do fim da vida, de Will Schwalbe

Toda semana, durante dois anos, Will acompanha a mãe às sessões de quimioterapia. Nesses encontros, conversam sobre desde coisas triviais até o que, para eles, realmente importa: a vida e os livros que estão lendo. A lista vai do clássico ao popular, da poesia ao mistério, do fantástico ao espiritual. Eles compartilham suas esperanças e preocupações através das obras prediletas. Mãe e filho se redescobrem, falam de fé e coragem, de família e gratidão, além de serem constantemente lembrados do poder que os livros têm de nos reconfortar, surpreender, ensinar e dizer o que precisamos fazer com nossas vidas e com o mundo.

[caption id="attachment_22556" align="aligncenter" width="209"]O clube do livro do fim da vida Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

A verdade sobre o caso Harry Quebert, de Joel Dicker

Com apenas vinte e oito anos, Marcus Goldman publicou um livro que se tornou um best-seller e o alçou ao status de celebridade, com direito a um apartamento em Manhattan, uma namorada estrela de TV e presenças constantes nos tapetes vermelhos, além de um contrato milionário para um novo romance. E então foi acometido pela doença dos escritores: a síndrome da página em branco. A poucos meses do prazo para a entrega do novo original, pressionado por seu editor e por seu agente, Marcus não consegue escrever nem uma linha sequer, tendo que recorrer a seu amigo e ex-professor Harry Quebert, que vive numa bela casa numa pequenina cidade em New Hampshire. Contudo, chegando lá, é surpreendido pela descoberta do corpo de uma jovem de quinze anos, Nola Kellergan — que desaparecera sem deixar rastros em 1975 —, enterrado no jardim de seu mentor, junto com o original do romance que o consagrou. Para salvar Harry, sua carreira literária e a própria pele, Marcus precisa responder a três perguntas: quem matou Nola Kellergan? O que aconteceu no verão de 1975? E como escrever um romance verdadeiramente bem-sucedido?

[caption id="attachment_22549" align="aligncenter" width="209"]herry quebert Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

As memórias do livro, de Geraldine Brooks

Na Bósnia arrasada por anos de guerra civil, um raro manuscrito judeu medieval reaparece: ‘Hagadá de Saravejo’, um volume único e raro, que ia de encontro às restrições judaicas da época. A obra tem uma história cercada de enigmas. Como esse manuscrito foi feito, apesar de todas as proibições rabínicas? Como ele sobreviveu durante séculos de antissemitismo na Europa?

[caption id="attachment_22547" align="aligncenter" width="209"]as memorias do livro Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

O livro da Berenice, de João Carlos Marinho

Berenice vai escrever o melhor livro do mundo. Para isso, leva sua máquina de escrever ao lugar ideal: o jardim da casa do Gordo. À beira da piscina, comendo quitutes oferecidos pelo mordomo Abreu e com todos xeretando e dando palpite, o livro vai ficando pronto. Até o frade João decide opinar. A obra fica tão boa que um bandido grego decide copiá-la e lançá-la em seu nome. Além de enfrentar este vilão, a turma e Berenice precisam publicar o livro e lidar com a glória – afinal, é o melhor do mundo! Esta aventura foi publicada pela primeira vez em 1984.

[caption id="attachment_22552" align="aligncenter" width="209"]o livro da berenice Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

A história sem fim, de Michael Ende

A história sem fim é a mágica aventura de um garoto solitário que através das páginas de um livro passa para o reino da fantasia. Nesta terra imaginária, numa busca original e cheia de perigos, Bastian descobre a verdadeira medida de sua própria coragem e descobre sua capacidade para amar. A história ficou famosa com sua adaptação cinematográfica lançada e 1984.

[caption id="attachment_22546" align="aligncenter" width="209"]a historia sem fim Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

O livro do amanhã, de Cecelia Ahern

Tamara Goodwin sempre teve tudo o que quis e nunca precisou pensar no amanhã. Contudo, seu mundo vira de cabeça para baixo e ela precisa trocar sua vida urbana por uma cidadezinha do interior. Tamara logo se sente solitária e louca para voltar para casa. Então, uma biblioteca itinerante chega ao vilarejo, trazendo um misterioso livro de couro trancado com uma fivela dourada e um cadeado. O que Tamara descobre ao longo de suas páginas a deixa surpresa. E tudo começa a mudar das maneiras mais inesperadas possíveis.

[caption id="attachment_22551" align="aligncenter" width="209"]o liro do amanha Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

Tony e Susan, de Austin Wright

Há vinte e cinco anos, Susan Morrow deixou Edward Sheffield, seu primeiro marido. Certo dia, em sua nova casa, no subúrbio, onde mora com o segundo marido e os três filhos, ela recebe, pelo correio, um embrulho que contém o manuscrito do primeiro romance de Edward. Ele lhe pede que leia seu livro. Ao iniciar a leitura, ela é arrastada para dentro da vida do personagem Tony Hastings, um professor de matemática que leva a família de carro para a casa de veraneio no Maine. Quando a vida comum e civilizada dos Hastings é desviada de seu curso de forma violenta e desastrosa, Susan se vê às voltas com seu passado, obrigada a encarar a própria escuridão e a dar um nome para o medo que corrói seu futuro e que vai mudar sua vida. [caption id="attachment_22554" align="aligncenter" width="209"]tony e susan Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]
O livro dos prazeres proibidos, de Federico Andahazi

Em 1455, a cidade de Mainz, na Alemanha, está em polvorosa. Não bastassem as revoltas populares tão comuns à época, o inventor Gutenberg está sendo acusado de comercializar livros clandestinos, de roubar e de praticar bruxaria e satanismo juntamente com seus parceiros comerciais. Ao mesmo tempo, o terror se espalha pela cidade, em especial no Mosteiro da Sagrada Canastra, um bordel de luxo às margens do rio Reno cujas prostitutas são adeptas das práticas dos “prazeres proibidos”. O motivo: um assassino anda à solta. Suas vítimas: invariavelmente, as prostitutas do bordel, que são mortas com brutalidade e têm as peles meticulosamente arrancadas. Qual será a relação delas com alguém importante como Johannes Gutenberg? Em sua obra, Andahazi reinventa a criação da prensa, feito divisor de águas na história da humanidade.

[caption id="attachment_22553" align="aligncenter" width="209"]o livro dos prazeres proibidos Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

Livro, de José Luís Peixoto

Apesar de apaixonados, Ilídio e Adelaide são separados, sendo ela enviada para Paris pela rigorosa tia. De sua paixão, Adelaide leva apenas um livro que recebeu de presente dele. Na França, a existência de Adelaide é um esforço contínuo para preencher vazios. Mais por infelicidade do que por felicidade, acaba se casando. Também um livro a conduz a esse marido, que parece mais preocupado com a política do que com a esposa. O sonho de um reencontro é tortuoso, mas Ilídio resolve viajar para a França em busca da amada, deixando para trás o pedreiro Josué, o homem que o criou. Cartas que não chegam aos destinatários, buscas que não se completam e amores difíceis trançam este delicado romance, no qual a dor se afirma como primeira condição do existir.

[caption id="attachment_22550" align="aligncenter" width="209"]livro Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]
Coração de tinta, de Cornelia Funke

Primeiro volume da trilogia O Mundo de Tinta, composta ainda por Sangue de tinta e Morte de tinta. Mortimer Folchart, junto com sua filha de 12 anos, Meggie, saem em uma eventura em busca de um exemplar do livro Coração de Tinta. O objetivo é libertar sua esposa Theresa, que há muitos anos segue aprisionada na história deste livro. Tanto Mortimer quanto Meggie têm o poder de dar vida a personagens de livros ao ler as histórias em voz alta; por isso, são chamados de “língua encantada”. Porém, ao longo dessa busca, vilões saem das páginas do exemplar e até mesmo o autor do livro participa do regaste de Theresa.

[caption id="attachment_22548" align="aligncenter" width="209"]coracao de tinta Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]
  Qual o livro protagonista do seu coração? Conta para a gente e participe da conversa.]]>

Livros para mergulhar nas editoras independentes Histórias que combinam com café Livros sobre diversidade que você precisa conhecer 9 livros que você leria pelo título Livros para gerenciar a carreira