Os ganhadores mais recentes do Pulitzer, categoria Romance

(0 Estrelas - 0 Votos)

Prêmio Pulitzer, um dos mais importantes do planeta

Todo prêmio é importante e merece aplausos. Contudo, o Pulitzer é considerado por muitos profissionais do ramo o maior de todos, algo como o Oscar para o cinema. Para entender, basta dizer que o Leonardo di Caprio não sossegou até receber o tão desejado Oscar, não importando todas as premiações anteriores.

O Prêmio Pulitzer, anunciado todo ano em abril, é uma laureação norte-americana outorgada a pessoas que realizem trabalhos de excelência na área do jornalismo, literatura e composição musical. É administrado pela Universidade de Columbia, de Nova York, e foi criado por Joseph Pulitzer em 1917. Ele é dividido em 21 categorias, entre elas, “Reportagem Investigativa”, “Fotografia Especial”, “Teatro”, “Romance”, “Não Ficção Geral” e “Poesia”. Aproveitando que no dia 18 de abril foram divulgados os ganhadores de 2016, fizemos uma lista com os últimos vencedores, categoria Romance. Confira! 2006: O senhor March, de Geraldine Brooks

À medida que o Norte sofre uma série de derrotas inesperadas durante o primeiro ano da Guerra Civil Americana, o senhor March se vê obrigado a abandonar a família para defender a causa da União. Essa experiência acaba ocasionando uma mudança brusca em seu casamento e em sua vida, e desafia suas mais profundas crenças.

[caption id="attachment_22421" align="aligncenter" width="209"]o senhor march Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

2007: A estrada, de Cormac McCarthy

Num futuro não muito distante, o planeta encontra-se totalmente devastado. As cidades foram transformadas em ruínas e pó, as florestas se transformaram em cinzas, os céus ficaram turvos com a fuligem e os mares, estéreis. Os poucos sobreviventes vagam em bandos. Um homem e seu filho estão em farrapos e buscam a salvação, sem saber, no entanto, o que encontrarão no final da viagem. A estrada foi adaptado para o cinema em 2010, com Viggo Mortensen, Charlize Theron e Robert Duvall no elenco.

[caption id="attachment_22422" align="aligncenter" width="209"]a estrada Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

2008: A fantástica vida breve de Oscar Wao, de Junot Díaz

A vida nunca foi fácil para Oscar, um menino doce, porém desastrosamente obeso e nerd do gueto de Nova Jersey. Ele sonha em ser um J.R.R. Tolkien dominicano e, acima de tudo, almeja encontrar um grande amor. No entanto, é possível que nunca realize seus desejos, em virtude do fukú — uma antiga maldição que assola a família de Oscar há gerações.

[caption id="attachment_22423" align="aligncenter" width="209"]a-fantastica-vida-breve-de-oscar-wao-capa Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

2009: Olive Kitteridge, de Elizabeth Strout (apenas uma edição original na Estante Virtual. O livro não foi publicado no Brasil)

Olive Kitteridge retrata uma cidade marcada por desonestidade, crimes e tragédias a partir da visão da protagonista Olive, cujo espírito perverso e comportamento severo, na verdade, escondem um bom – porém perturbado – coração. A história se passa ao longo de 25 anos e gira em torno da professora de matemática e suas relações com o marido Henry, com o filho Christopher e com outros integrantes da comunidade. Apesar da personalidade difícil e de seu jeito ríspido, Olive influencia a vida das pessoas ao seu redor e conecta várias histórias que, de uma forma ou de outra, se ligam com a dela. O livro foi adaptado para a televisão como minissérie da HBO.

[caption id="attachment_22424" align="aligncenter" width="209"]olive Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

2010: A restauração das horas, de Paul Harding

Um livro incrível que fala sobre o legado da consciência e da identidade através das gerações. Capaz de emocionar e de nos fazer acreditar mais uma vez na vida, é uma nostalgia que fala de amor, de perda e do encanto feroz da natureza.

[caption id="attachment_19490" align="aligncenter" width="209"]a-restauracao-das-horas Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

2011: A visita cruel do tempo, de Jennifer Egan

Partindo de um olhar cáustico sobre os caminhos imprevisíveis da indústria musical e o vaivém das celebridades, passando por uma análise impiedosa do casamento e da família e uma visão provocante do futuro dos Estados Unidos, A visita cruel do tempo é um livro incômodo, empolgante e irresistível. Um interessante e envolvente panorama sobre crescimento, perda e ambição e sobre o que acontece entre o que esperamos de nossa vida e o que se torna realidade.

[caption id="attachment_22420" align="aligncenter" width="209"]a visita cruel do tempo Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

2012: A instituição responsável optou por não entregar o prêmio por achar que obra alguma foi merecedora.


2013: Jun Do, de Adam Johnson

Reconhecido por sua lealdade, Jun Do chama a atenção de seus superiores, alcança posições cada vez mais importantes, até se transformar num sequestrador profissional à serviço do Estado. Para sobreviver, ele aprende a circular em meio às regras voláteis, à violência extrema e às exigências absurdas das autoridades coreanas. Mas o destino lhe reservara outra surpresa.

[caption id="attachment_22426" align="aligncenter" width="209"]junmdo Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

2014: O Pintassilgo, de Donna Tartt

Uma hipnotizante história de perda, obsessão e sobrevivência, um triunfo da prosa contemporânea que explora com rara sensibilidade as cruéis maquinações do destino.

[caption id="attachment_22427" align="aligncenter" width="209"]pintassilgo Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

2015: Toda luz que não podemos ver, de Anthony Doerr

Durante a ocupação nazista em Paris, um pai e e sua filha de seis anos cega fogem levando consigo o que talvez seja o mais valioso tesouro da cidade. Na Alemanha, um introvertido órfão torna-se especialista em rádios e é recrutado pelo exército alemão para combater na França. Estarão os destinos destes jovens entrelaçados e condenados a um improvável desfecho?

[caption id="attachment_22144" align="aligncenter" width="209"]toda luz Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

2016: The Sympathizer (O simpatizante, em tradução livre), de Thanh Nguyen  (não disponível no Brasil)

Primeiro romance do autor, o livro conta a história da queda do governo do Vietnã do Sul, em 1975, pelos olhos de um agente comunista disfarçado. Em meio à narrativa, o autor aborda história e natureza humana.

sympa


Já leu algum título desta lista? Responda e participe da conversa.

]]>

Leonardo Loio

SEM, SEO e tudo relacionado a buscadores, é o que eu gosto. Carioca, marketeiro, profissional de marketing digital, search marketing, tento aprender, discutir e ensinar.

4 thoughts on “Os ganhadores mais recentes do Pulitzer, categoria Romance

  • 17.02.2017 em 5:26 pm
    Permalink

    Li O Pintassilgo e Visita Cruel do Tempo. Ambos de profundo teor psicológico e ambos leitura fascinante e instigante. Enfim, recomendadíssimos.

  • 31.01.2017 em 8:29 pm
    Permalink

    Li “Toda luz que não podemos ver”. Uma leitura que nos leva a muitas reflexões. Permito-me citar uma delas. Assim como Primo Levi em “É isto um homem?” fez com que eu entendesse de fato a desgraça que eram os campos de concentração nazistas e Patrick Modiano em “Dora Bruder” a compreender que havia franceses coniventes com a Ocupação nazista na França e todas as suas implicações: censura, delações, prisões ilegais, desaparecimentos… Anthony Doer fez com que eu percebesse que alemães também foram vítimas do nazismo. Ao confrontarmos o desfecho da história de um jovem estudante alemão com deficiência visual (que o obrigaria a usar óculos) e a menina cega francesa… Entendemos a desgraça que foi o governo nazista para os alemães também, principalmente para os melhores dentre eles e o quão importante, apesar de não ser perfeita, é a democracia.
    ……..
    Concordo com Maria Cristina: o livro de Doer é simplesmente lindo!

  • 22.10.2016 em 9:47 am
    Permalink

    Li toda luz que não podemos ver, simplesmente lindo!

  • 28.04.2016 em 9:29 am
    Permalink

    fascinantes livros destes premio

Fechado para comentários.

Maze Runner: Conheça os livros da saga Conheça os livros de Jô Soares Se você gostou dessas séries, vai gostar desses livros! Clássicos do Horror para conhecer Os melhores romances para ler nos próximos meses