Cinco obras-primas de Frank Miller

(0 Estrelas - 0 Votos)

Frank Miller completa 59 anos em 2016 Redator e desenhista de histórias em quadrinhos, Frank Miller, nascido no dia 27 de janeiro de 1957, é um desses raros talentos que redefinem a relevância do gênero. Se hoje vivemos uma época de ouro de adaptações dos quadrinhos para o cinema, muito devemos à ousadia e à originalidade do escritor. Confira cinco obras marcantes do autor. Ronin Publicada entre 1983 e 1984, essa HQ narra a história de um samurai que reencarna num deficiente físico, numa Nova York distópica, a tempo de enfrentar seu maior inimigo, o demônio Agat, responsável pela morte de seu mestre e sua automática transformação no ronin do título. Neste trabalho, Miller expõe toda a influência dos mangás em seu estilo narrativo e gráfico, em especial, a obra de Kazuo Koike e Goseki Kojima, o Lobo Solitário. [caption id="attachment_20948" align="alignnone" width="295"]Veja o livro Veja o livro[/caption]   Os 300 de Esparta A obra descreve a Batalha das Termópilas, ocorrida em 480 a.C., quando 300 guerreiros espartanos comandados pelo Rei Leónidas lutaram até à morte para conter o avanço do exército persa do Xerxes I no território grego. O combate atingiu o status de lenda, face à enorme desproporção entre as forças espartanas e persas. Este livro inspirou a famosa adaptação para o cinema estrelada por Gerard Butler. [caption id="attachment_20947" align="alignnone" width="300"]Veja o livro Veja o livro[/caption]   Sin City Vol 4 – O Assassino Amarelo John Hartigan, um dos poucos policiais honestos de Sin City, está a minutos de sua aposentadoria. Como última missão, ele decide atender a um chamado para salvar uma menininha de onze anos das mãos de um sujeito perigoso. O que ele não sabe é que toda a sua vida irá desmoronar por causa disso. A obra que deu origem ao famoso filme com Bruce Willis e Mickey Rourke! [caption id="attachment_20946" align="alignnone" width="300"]o assassino amarelo Veja o livro[/caption]   Demolidor: O homem sem medo Uma chama arde profundamente em Matt Murdock. Ele foi criado por seu pai, um boxeador em decadência com uma última chance de fazer algo de bom – uma chance que lhe custou a vida. Ridicularizado e atormentado pelas outras crianças enquanto crescia, Matt teve sua vida irremediavelmente alterada ao salvar um idoso e perder a visão quando atingido por materiais radioativos. A compensação? Uma vontade inquebrantável e uma inteligência aguçada, que ajudaram a dar foco aos super sentidos com os quais Matt foi abençoado pelo acidente. Muitos dos conceitos estabelecidos sobre o Demolidor serviram de inspiração para a série de sucesso do Netflix. [caption id="attachment_20945" align="alignnone" width="303"]Veja o livro Veja o livro[/caption]   Batman: O cavaleiro das trevas Batman, envelhecido e amargurado, volta à ativa após anos de aposentadoria, nesta obra que é um verdadeiro marco das histórias em quadrinhos. Estabelecendo novos parâmetros, tanto em narrativa como em temática, O Cavaleiro das Trevas discute questões como política, justiça e mortalidade. O diretor Zack Sneyder afirma ter se inspirado nesta obra para escrever o filme Batman vs Superman, que chega às telas em março. [caption id="attachment_20944" align="alignnone" width="289"]Veja o livro Veja o livro[/caption] Conheça a obra completa de Frank Miller.   Qual sua obra favorita de Frank Miller? Deixe sua opinião e participe da conversa. ]]>

Rodrigo Espírito Santo

Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.

2 thoughts on “Cinco obras-primas de Frank Miller

  • 02.02.2016 em 8:42 pm
    Permalink

    Um dos trabalhos que mais gosto é o Cavaleiro das Trevas 2, por sua sinceridade. O Miller ataca todo mundo, principalmente os heróis que pra mim é um gênero que venceu prazo de validade a muito tempo.

  • 29.01.2016 em 11:56 am
    Permalink

    Para mim, tudo do Miller é obra-prima rsrsrsr. Mas, vou destacar aqui duas que me afetaram: O Demolidor desenhado por ele mesmo e Batman Ano Um, desenhado por David Mazzuchelli

Fechado para comentários.

Livros para mergulhar nas editoras independentes Histórias que combinam com café Livros sobre diversidade que você precisa conhecer 9 livros que você leria pelo título Livros para gerenciar a carreira