Cinco livros sobre preconceito

(2.1 Estrelas - 22 Votos)

20 de novembro – Dia da Consciência Negra

A luta contra a discriminação tem que ser uma preocupação constante de qualquer sociedade democrática. Infelizmente,  preconceito ainda é uma ferida aberta no Brasil e no mundo. Confira cinco dicas de leitura em homenagem ao Dia da Consciência Negra.


Casa grande & senzala, de Gilberto Freyre

Por meio de sua obra Gilberto Freyre procurou retratar o pensamento brasileiro. Esta edição traz a apresentação escrita pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, além da revisão das notas bibliográficas e dos índices onomástico e remissivo.

Veja o livro


A Resposta, de Kathryn Stockett

Romance de estreia da autora americana, foi publicado em 2009 e tornou-se best-seller mundial, ganhando inclusive adaptação no cinema com o título Histórias Cruzadas. O livro narra o relacionamento de empregadas domésticas negras com patroas brancas, no estado americano do Mississipi em 1962.

Veja o livro


O sol é para todos, de Harper Lee

Um livro emblemático sobre racismo e injustiça. Esta é a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930. O livro é narrado pela sensível e jovem Scout, filha do advogado. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça. Harper Lee escreveu um clássico para todas as idades e gerações.

Veja o livro


A cor do preconceito, de Carmen Lucia Campos, Sueli Carneiro e Vera Vilhena

Mira é uma excelente aluna e, graças a sua dedicação, consegue uma bolsa de estudos em um dos melhores colégios de sua cidade. Mas ao trocar sua escola pública da periferia, onde mora, por um colégio de elite, a adolescente negra se vê confrontada com a questão de sua identidade. Preconceito, racismo e intolerância farão parte da trajetória que levará a personagem a uma percepção mais madura de si mesma e da pluralidade do mundo em que vive.

Veja o livro


A cor púrpura, de Alice Walker

Nesta obra de Alice Walker, a personagem principal, Celie, negra e semianalfabeta, vive entre cuidar da família e planejar uma vida diferente para a irmã, Nettie. Acompanhamos sua vida por mais de trinta anos, por meio das cartas que escreve para Deus e, posteriormente, para a irmã. Em oposição à solidão, pobreza, brutalidade e violência, Celie vai descobrir outras maneiras de sentir.

A cor púrpura


Qual o seu livro favorito? Deixe seu comentário e participe da conversa. 

 

Comentários

Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Colaborador em Estante Virtual
Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.
Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.

2 comentários em “Cinco livros sobre preconceito

  • 04.04.2016 a 11:22 pm
    Permalink

    Obrigado pelas dicas, explicou de uma forma muito simples, GRato!

  • 20.11.2015 a 9:53 pm
    Permalink

    ” Um defeito de cor” de Ana Maria Gonçalves. Imprescindível leitura qdo se trata de preconceito. Um dos melhores livros que li.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares