Especial sobre o escritor Rubem Braga na Estante Virtual

(0 Estrelas - 0 Votos)

Ao ser um dos únicos escritores nacionais a se dedicar quase exclusivamente à crônica, Rubem Braga fez história. Seus textos saíram dos jornais e conquistaram a literatura! Braga popularizou o estilo, elevando-o à categoria de gênero nobre e fundou a crônica moderna, tornando-se, ao lado de Machado de Assis, um dos maiores cronistas nacionais. Estima-se que o Sabiá da Crônica, como era carinhosamente apelidado, tenha escrito mais de 15 mil histórias, algumas as quais você confere em nosso especial. Vida e obra de Rubem Braga Rubem Braga nasceu em Cachoeiro de Itapemirim, município do Espírito Santo, em 12 de janeiro de 1913. Por influência de seu pai, proprietário do jornal Correio do Sul, Braga iniciou sua carreira como jornalista aos 15 anos de idade fazendo reportagens e assinando crônicas diárias no jornal Diário da Tarde.  Mais tarde, em 1936, lançaria seu primeiro livro de crônicas, O Conde e o Passarinho. Enquanto escrevia suas crônicas em jornais, Rubem Braga era procurado por muitos leitores em busca de conselhos. O cronista dizia não entender os motivos que levavam as pessoas à procura de conselhos de um desconhecido, mas seus textos trazem uma amostra e comprovam que Braga compreendia bem o comportamento humano. Suas crônicas inauguraram a chamada crônica poética, na qual os acontecimentos cotidianos, carregados de lirismo, falam de experiências individuais (muitas do próprio autor) e trazem à tona temáticas simples como a vida nas pequenas e grandes cidades. Em seus textos, Rubem Braga faz uso da narrativa em 1ª pessoa e, por isso, suas crônicas se assemelham ao conto oral (o “causo do interior”). O escritor também é reconhecido pela objetividade de seus textos, sua linguagem coloquial e muitas vezes irônica. Durante sua vida como escritor, Braga marcou a literatura não só através de sua produção literária. Em 1968, fundou a editora Sabiá com Fernando Sabino e Otto Lara Resende. A editora lançou grandes escritores no Brasil, como Gabriel Garcia Márquez, Pablo Neruda e Jorge Luis Borges. Mais tarde, em 1971, foi adquirida pela Livraria Editora José Olympio. Em 19 de dezembro de 1990, o escritor faleceu aos 77 anos, deixando muitas lembranças e excelentes crônicas. Saiba mais sobre a vida e a obra de Rubem Braga em nosso especial.]]>

Leonardo Loio

SEM, SEO e tudo relacionado a buscadores, é o que eu gosto. Carioca, marketeiro, profissional de marketing digital, search marketing, tento aprender, discutir e ensinar.

3 thoughts on “Especial sobre o escritor Rubem Braga na Estante Virtual

  • 30.10.2018 em 12:05 pm
    Permalink

    loko bao

  • 14.09.2013 em 12:45 pm
    Permalink

    Acho uma pena comparar ele com Machado, ele é muito melhor!

  • 16.04.2013 em 2:22 pm
    Permalink

    Gostei muito do conteúdo. Muito obrigado,vlw.

Fechado para comentários.

Hotel Transilvânia: Os livros de cada monstro! Maze Runner: Conheça os livros da saga Conheça os livros de Jô Soares Se você gostou dessas séries, vai gostar desses livros! Clássicos do Horror para conhecer