Literatura popular em versos

(0 Estrelas - 0 Votos)

“Se você me perguntou A resposta vou lhe dar O cordel é poesia Da cultura popular Também chamado livreto Dependendo do lugar” José Walter Pires / Recanto das Letras Como Walter Pires defende em seus versos, a literatura de cordel é um tipo de poesia popular. De origem portuguesa (século XII), o cordel ganhou esse nome devido à prática de pendurar os escritos rimados em cordas – os chamados cordéis. Com a colonização, a tradição de escrever versos sobre fatos do cotidiano foi trazida para o Brasil. E as produções literárias populares, logo, caíram no gosto dos brasileiros. O Nordeste foi a primeira região a adotar e popularizar a cultura dos cordéis. Na região, os folhetos ganharam ilustrações em xilogravuras e até mesmo recitais. Acompanhados por uma viola, os cordelistas recitam os versos em melodia. As temáticas são as mais variadas possíveis: de episódios históricos a críticas políticas e sociais. Não há limites para a imaginação. A criatividade já expandiu fronteiras e conquistou leitores em estados como Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. No lar dos cariocas, a literatura de cordel ganhou até uma Academia Brasileira. Os cordéis são vendidos em feiras culturais e, também na Estante Virtual. Além dos livros que falam da temática em si, muitas obras ganharam suas versões em cordel. Alguns exemplos são:  A Megera Domada, de William Shakespeare; Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis; Nosso Lar, de Chico Xavier; O Corcunda de Notre-Dame, de Victor Hugo; O Manifesto Comunista, de Karl Marx e Friedrich Engels; Alice no País das Maravilhas, de Carrol Lewis; O Alienista, de Machado de Assis e até mesmo toda a História do Brasil, de Mark Curran. Os fãs e defensores da literatura popular acreditam que os folhetos ajudam a fortalecer as identidades locais e tradições regionais. Ao serem lidos em sessões públicas, os cordéis ajudam na disseminação de hábitos de leitura. O teor muitas vezes crítico de seus versos possuem um caráter didático e educativo. Você também é fã dos cordéis? Então, não deixe de manifestar sua opinião, comentando este post.]]>

Leonardo Loio

SEM, SEO e tudo relacionado a buscadores, é o que eu gosto. Carioca, marketeiro, profissional de marketing digital, search marketing, tento aprender, discutir e ensinar.

One thought on “Literatura popular em versos

  • 20.09.2010 em 9:13 am
    Permalink

    A Literatura de Cordel, no popular, é o maior “barato”. Uma viagem. Recomendo a todos!

Fechado para comentários.

Hotel Transilvânia: Os livros de cada monstro! Maze Runner: Conheça os livros da saga Conheça os livros de Jô Soares Se você gostou dessas séries, vai gostar desses livros! Clássicos do Horror para conhecer