A poesia de Adélia Prado

(0 Estrelas - 0 Votos)

Prêmio do Governo de Minas Gerais de Literatura 2016, na categoria Conjunto da Obra, sendo a primeira mulher a ganhar a premiação nesta categoria. Além desse, ela também recebeu da Câmara Brasileira do Livro, o Prêmio Jabuti de Literatura, com o livro “Coração Disparado”, escrito em 1978. Sua obra recria, a partir de uma linguagem despojada e direta, a vida e as preocupações dos personagens do interior mineiro. Conheça seus livros 🙂


Bagagem, de Adélia Prado

Foi com esta sua obra de estreia, publicada pela primeira vez em 1976, que a autora deu as primeiras mostras de seu admirável talento. Os poemas de ‘Bagagem’ nasceram de um período em que Adélia escrevia incessantemente. Apesar de muitos e variados, abordando temas tão diversos quanto o amor carnal, o amor divino, a vocação do poeta, as cores e as dores da vida, os textos possuem uma unidade, uma fala peculiar [caption id="attachment_25370" align="aligncenter" width="200"]bagagem-de-adelia-prado Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

Os componentes da banda, de Adélia Prado

Neste livro, Adélia Prado descreve o seu mundo – uma cidade do interior -, a sua gente, a sua paisagem, numa linguagem ora comovida, ora indignada. Repleta de paixão e universalidade, ela cria música com seu lirismo. [caption id="attachment_25371" align="aligncenter" width="200"]os-componentes-da-banda-de-adelia-prado Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

Poesia reunida, de Adélia Prado

Adélia Prado sabe como ninguém retratar a alma e os sentimentos femininos em seus poemas, contos e romances. Acostumada a verbalizar em sua obra a perplexidade e o encanto, norteados pela fé cristã e permeados pelo aspecto lúdico – uma das características de seu estilo único –, a poetisa mineira usa o mais comum da vida cotidiana em um tom doce e apaixonado para recriar a vida do interior mineiro por meio de uma linguagem inovadoramente feminina. [caption id="attachment_25372" align="aligncenter" width="200"]poesia-reunida Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

Oráculos de maio, de Adélia Prado

Oráculos de maio é o livro no qual a autora valoriza o cotidiano e o texto oralizado, fazendo uma homenagem à Virgem Maria e dedicando-lhe vários poemas. [caption id="attachment_25373" align="aligncenter" width="200"]oraculos-de-maio-de-adelia-prado Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]
O coração disparado, de Adélia Prado Vencedor do Prêmio Jabuti em 1978, esse livro consagrou a autora como a voz mais feminina da poesia brasileira. “O Coração Disparado” aprofunda um dos temas que se tornariam marca de sua obra: a religiosidade. [caption id="attachment_25374" align="aligncenter" width="200"]o-coracao-disparado-de-adelia-prado Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

Qual seu livro favorito? Veja a obra completa em nosso site!

[wysija_form id=”5″]]]>

Leonardo Loio

SEM, SEO e tudo relacionado a buscadores, é o que eu gosto. Carioca, marketeiro, profissional de marketing digital, search marketing, tento aprender, discutir e ensinar.

2 thoughts on “A poesia de Adélia Prado

  • 04.12.2017 em 2:48 pm
    Permalink

    O meu e-mail falta complementar, acabei de compra lembranças, por favor corrigir

Fechado para comentários.

Conheça os livros de Jô Soares Se você gostou dessas séries, vai gostar desses livros! Clássicos do Horror para conhecer Os melhores romances para ler nos próximos meses Os melhores livros espíritas