Seis obras com livreiros protagonistas

(4.5 Estrelas - 2 Votos)
Livreiro, o guardião dos livros

Livrarias são locais especiais. Para muitos, a segunda casa, aquele lugar onde você pode esquecer tudo e todos e viajar por mundos e histórias nunca imaginados. Quanto mais confortável e acolhedor é o ambiente, mais feliz os leitores se sentem. Parte fundamental para que tudo corra bem nestas livrarias são os livreiros, aqueles movidos pelo objetivo de espalhar literatura ao redor do planeta. São eles que cuidam, dão carinho e conseguem pais para todos os seus filhotes, os livros. Para ilustrar esta importância, selecionamos obras em que o verdadeiro herói é o tão amado livreiro. Confira!

Nunca te vi…sempre te amei, de Helene Hanff

Nesta história autobiográfica de amor e de gosto pelos livros, Helene Hanff, uma escritora estadunidense mal-humorada, envia uma carta a uma pequena livraria de Londres, e solicita algumas obras raras. O discreto vendedor Frank Doel atende ao pedido, iniciando uma troca de cartas comovente e graciosa entre dois continentes por duas décadas. A aspereza de Hanff contrasta com o comportamento pomposo britânico de Doel, mas o amor mútuo à literatura forma entre eles um elo que se intensifica com o passar dos anos.

nunca te vi sempre te amei
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

A vida do livreiro A.J. Fikry, de Gabrielle Zevin

A. J. Fikry é dono de uma pequena livraria na remota Alice Island e, mesmo assim, sente-se solitário. Tudo em sua vida parece ter dado errado. Até que uma entrega inesperada faz com ele reveja seus objetivos e se pergunte se é possível começar de novo. Aos poucos, A. J. reencontra a felicidade e sua livraria volta a alegrar a pequena região.

A vida do livreiro AJ Fikry
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Manual prático de bons modos em livrarias, de Lilian Dorea

Em 2011, Lilian Dorea criou um blog homônimo ao livro para revelar histórias saborosas e hilárias de seus atendimentos em livrarias. Com sucesso foi imediato, ela passou a receber, surpreendentemente, relatos de outros livreiros. Nesta obra, ela reúne os melhores ‘causos’ do blog, histórias inéditas, curiosidades, dicas de livros, blogs, sites e, claro, livrarias e sebos. As risadas são garantidas.

Manual prático de bons modos em livrarias
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

A livraria 24 horas do Mr. Penumbra, de Robin Sloan

A recessão econômica obrigou Clay Jannon, web-designer desempregado, a aceitar o emprego em uma livraria 24 horas, propriedade de um homem estranho com cara de gnomo. Tão singular quanto seu proprietário é a loj,  onde só um pequeno grupo de clientes aparece. E sempre que aparece é para se isolar, junto ao dono, nos cantos mais obscuros da livraria. As obras por eles apreciadas não podem ser vistas por Clay. Contudo…

A livraria 24 horas do Mr. Penumbra
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

A sombra do vento, de Carlos Ruiz Zafón

A livraria Sampere e Filhos é um lugar triste. Daniel Sempere tem quase 11 anos e não se lembra mais do rosto da mãe falecida. Diante do sofrimento do filho, seu pai, o dono da livraria, o leva para uma madrugada alucinante no centro da cidade. Lá visitam um lugar misterioso, que deve ser mantido em segredo de todos: o Cemitério dos Livros Esquecidos, onde as obras esquecidas ficam abandonadas.

asombra do vento
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

A livraria, de Penelope Fitzgerald

Florence Green, enfrentando a sociedade machista de sua época, decide abrir uma livraria. Esse é o ponto de partida para os tumultos que se iniciam em Hardborough, como acontece facilmente com cidades pequenas. Florence tenta mudar a maneira como as coisas sempre foram feitas e, como resultado, tem de enfrentar não apenas as pessoas que se fazem de importantes, mas também forças naturais e até mesmo sobrenaturais. Esta é uma história para todos que se sentem tratados pela vida de uma forma menos justa que a merecida.

a livraria
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

 

Você é fã de livrarias? E dos livreiros? Compartilhe e dê sua opinião.

Comentários

5 comentários em “Seis obras com livreiros protagonistas

  • 31.08.2016 a 5:09 pm
    Permalink

    Sempre tive especial predileção pelos livros. Além de lê-los passei a guardá-los. Meus amigos sempre me presentearam com livros. Hoje também virei referência, e quando alguém quer se desfazer deles me trazem. E doam prá mim. Depois de serem lidos incorporam meu acervo. Ainda é muito pequena, tenho cerca de 3000 deles, e 5 mil revistas. Preocupo-me com o que será feito deles daqui a pouco quando eu passar para outro plano.

  • 28.08.2016 a 10:01 pm
    Permalink

    Gosto muito de ler.

  • 11.08.2016 a 8:31 pm
    Permalink

    Livraria e livreiros! Tudo de bom!

  • 07.08.2016 a 6:23 pm
    Permalink

    Não sou dona de livraria, mas tenho uns mil e duzentos livros em casa. Sei que sou egoísta, mas não gosto de emprestar, morro de ciúmes deles!

  • 01.08.2016 a 10:55 am
    Permalink

    Livraria para mim é o paraíso na Terra. Ali encontro meu passado e meu presente. Tesouros perdidos e recuperados. Amizade ,paz e alegria. Minha grande paixão. .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares