Livros para o vestibular Fuvest 2016

(0 Estrelas - 0 Votos)

Leituras obrigatórias para Fuvest 2016

A Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular), instituição que seleciona alunos para a Universidade de São Paulo (USP) divulgou a lista de livros obrigatórios para a seleção de 2016. A Fuvest tem mudado a lista a cada três anos.

Confira os títulos na Estante Virtual.

Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis

Narrado em primeira pessoa, seu autor é Brás Cubas, um “defunto-autor”, isto é, um homem que já morreu e que deseja escrever a sua autobiografia.

[caption id="attachment_22161" align="aligncenter" width="208"]bras cubas Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

O cortiço, de Aluísio de Azevedo

Romance naturalista do brasileiro Aluísio Azevedo publicado em 1890, que denuncia a exploração e as péssimas condições de vida dos moradores das estalagens ou dos cortiços cariocas do final do século XIX.

[caption id="attachment_22162" align="aligncenter" width="208"]cortico Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

A cidade e as serras, de Eça de Queirós

O narrador Zé Fernandes mostra ao leitor a tese segundo a qual a vida no campo é superior à vida urbana. Para comprová-la, relata a trajetória de seu amigo, Jacinto. Herdeiro de grande fortuna obtida através da exploração de propriedades agrícolas de Portugal, Jacinto nasceu em Paris e adorava a cidade.

[caption id="attachment_22163" align="aligncenter" width="208"]A-cidade-e-as-serras- Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

Capitães de areia, de Jorge Amado

A história e o cotidiano de meninos pobres moradores das ruas de Salvador. A obra traz as carências e as ambições de personagens como Pirulito, Pedro Bala, Gato e Professor.

[caption id="attachment_22165" align="aligncenter" width="208"]capitaes-areia-capa Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

Vidas secas, de Graciliano Ramos

Lançado originalmente em 1938, é o romance em que Graciliano alcança o máximo da expressão que vinha buscando em sua prosa. O que impulsiona os personagens da obra é a seca, áspera e cruel, e, paradoxalmente, a ligação afetiva que expõe naqueles seres em retirada, à procura de meios de sobrevivência e de um futuro.

[caption id="attachment_22166" align="aligncenter" width="208"]vidas Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

Viagens na minha terra, de Almeida Garrett

A obra parte de um fato real da vida do autor, uma viagem que ele fez a Santarém e que teve o cuidado de situar no tempo. Além da viagem real, Garrett, faz nas suas divagações, várias viagens paralelas. Tantas e tais viagens, que numa delas o leva justamente, e pela mão de um companheiro de itinerário, a centrar-se no drama sentimental de Carlos e Joaninha.

[caption id="attachment_22627" align="aligncenter" width="208"]Viagens-na-minha-terra Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

Til, de José de Alencar

Til é o apelido de Berta, moça que se envolve nas mais intrincadas tramas, sempre buscando ajudar os que precisam. Capaz de enfrentar jagunços, Berta não mede esforços ao buscar a realização de seus intentos. Violências, mistérios e triângulos amorosos constituem esta história.

[caption id="attachment_22628" align="aligncenter" width="208"]til Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

Memórias de um sargento de milícias, de Manuel Antônio de Almeida

Afinal de contas a Maria sempre era saloia, e o Leonardo começava a arrepender-se seriamente de tudo que tinha feito por ela e com ela. E tinha razão, porque, digamos depressa e sem mais cerimônias, havia ele desde certo tempo concebido fundadas suspeitas de que era atraiçoado. Havia alguns meses tinha notado que um certo sargento passava-lhe muitas vezes pela porta, e enfiava olhares curiosos através das rótulas: uma ocasião, recolhendo-se, parecera-lhe que o vira encostado à janela. Isto porém passou sem mais novidade.

[caption id="attachment_22629" align="aligncenter" width="208"]Memorias_de_um_Sargento_de_Milicias_Obra_da_capa_O_visivel_e_o_invisivel_de_Marco_Paulo_Rolla_11 Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

Sentimento do mundo, de Carlos Drummond de Andrade

Terceiro livro de poemas de Carlos Drummond de Andrade, publicado em 1940 e escrito após Alguma poesia e Brejo das almas. Drummond mostra aqui sua faceta mais madura e atenta às fragilidades e angústias humanas.

[caption id="attachment_22632" align="aligncenter" width="208"]sentimento do mundo Clique na imagem e confira na Estante Virtual[/caption]

Todos preparados para o vestibular? Responda e participe da conversa.

]]>

Leonardo Loio

SEM, SEO e tudo relacionado a buscadores, é o que eu gosto. Carioca, marketeiro, profissional de marketing digital, search marketing, tento aprender, discutir e ensinar.

Conheça os livros de Jô Soares Se você gostou dessas séries, vai gostar desses livros! Clássicos do Horror para conhecer Os melhores romances para ler nos próximos meses Os melhores livros espíritas