Cinco livros sobre Tango

(1.5 Estrelas - 2 Votos)

11 de dezembro, Dia Nacional do Tango

Poucas nações podem se orgulhar de ter um estilo musical tão profundamente integrado à sua identidade quanto a Argentina. Tão forte e próximo quanto o caso de amor entre o Brasil e o samba, o tango é a peça central da cultura portenha. Nascido nos subúrbios de Buenos Aires, no final do século XIX, o ritmo e a dança ganharam o mundo misturando elegância, sensualidade e paixão. E, como tudo que é sensual, causou comoção na sociedade conservadora da época. Houve quem clamasse ao Papa que proibisse a dança entre os fiéis católicos. Para surpresa dos moralistas, o sumo pontífice assistiu a uma apresentação e gostou do que viu. E ele não foi o único. O mundo todo aplaudiu a criação dos nossos hermanos.

A data escolhida para homenagear esse legado cultural argentino não foi ao acaso. No dia 11 de dezembro de 1890 nascia Carlos Gardel, reconhecido como o mais famoso cantor de tango da história. Confira nossa lista de sugestões de leitura para mergulhar no universo do tango.

 

O tango da velha guarda, de Arturo Pérez-Reverte

Veja o livro
Veja o livro

Um estranho desafio entre dois músicos que leva um deles a Buenos Aires em 1928. Uma história de espionagem na Riviera francesa durante a Guerra Civil espanhola. Uma inquietante partida de xadrez na Sorrento, Itália, dos anos sessenta. O tango da velha guarda narra com pulso admirável uma complexa e apaixonante história de amor, traições e intrigas, que se prolonga durante quatro décadas de um século convulsionado e fascinante à luz crepuscular de uma época que se extingue.

 

O cantor de tango, de Tomás Eloy Martínez

Veja o livro
Veja o livro

Tomás Eloy Martínez ocupa um lugar de destaque entre os grandes escritores da América Latina. Nesta obra, o protagonista é um doutorando nova-iorquino, Bruno Cadogan, que pesquisa as origens do tango e toma conhecimento da existência de Julio Martel, um cantor argentino à moda antiga. Cadogan decide, então, viajar a Buenos Aires apenas para ouvi-lo. O livro é um registro da busca desse cantor, que se vai revelando muito mais difícil, perturbadora e apaixonante do que seu protagonista poderia num primeiro momento. As peripécias do narrador-protagonista na pista do cantor vão oferecendo uma visão estranhada da Buenos Aires de hoje e servindo de vetor para uma série de narrações, fragmentos da memória da cidade, desde suas duas conflituosas fundações até os horrores da ditadura, passando por um rosário de pequenas e grandes tragédias.

 

Céu de tango, de Elsa Osório

livro-ceu-de-tango-elsa-osorio-17209-MLB20134398950_072014-O
Veja o livro

Eles têm em comum a paixão pelo tango. Ela, francesa. Ele, argentino. Seus destinos se cruzam. Mas é a dança que fala por eles… A história de um país é contada pela trajetória de duas famílias. Os tempos se combinam. As vozes se provocam. O ritmo é forte e avassalador. Céu de tango é tão sensual e ousado quanto os passos da dança.

 

Carlos Gardel, Lunfardo e Tango, de José Lino Grunewald

Veja o livro
Veja o livro

Além da vida de um dos principais compositores e intérpretes do tango, o leitor conhecerá a história deste estilo musical. Encontrará ainda uma antologia das letras das músicas mais famosas, um vocabulário do lunfardo (a gíria portenha em que os mais característicos tangos foram escritos), a filmografia de Gardel e uma discografia completa e comentada.

 

Tango, a música de uma cidade, de Mauro Mendes Braga

Veja o livro
Veja o livro

Este livro traz uma visão panorâmica do nascimento e desenvolvimento do tango e de sua íntima relação com a cidade de Buenos Aires. Apresentam-se as diferentes etapas de evolução do tango, bem como breves histórias de seus personagens e canções mais destacados. O texto, direcionado ao público brasileiro, aborda também o impacto que o tango teve no Brasil e sugere temas e gravações para uma pequena discoteca do gênero.

 

Qual o seu estilo de dança favorito? Deixe seu comentário e participe da conversa. 

Comentários

Rodrigo Espírito Santo

Colaborador em Estante Virtual
Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.
Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *