Como escolher um bom livro infantil?

(0 Estrelas - 0 Votos)

Um guia para ajudar a formar novos leitores desde a infância. Confira! É verdade que as crianças são o nosso futuro. Mas a leitura é o futuro das nossas crianças. O livro certo, na idade certa, para o baixinho certo pode fazer a diferença entre um leitor assíduo e alguém que acha chato ler. Para o Dia da Criança, preparamos algumas dicas para ajudar os papais, as mamães, os titios e as titias a acertarem na hora de selecionar as leituras. Saber escolher um bom título é uma habilidade que vai acompanhar a criança para o resto da vida. Vale a pena gastar um tempo para ensiná-los. Estimule-os a escolher obras assim que eles começarem a exibir preferências. Uma boa estratégia é deixar que eles escolham duas de uma vez. Uma para vocês lerem juntos e outra para que ela leia sozinha. As preferências literárias infantis mudam de acordo com o crescimento. Existem algumas características básicas que podem ajudar a escolher livros adequados para cada faixa etária.


Até os 2 anos

– Livros com figuras grandes e cores vibrantes de objetos do dia a dia. – Livros de plástico ou tecido lavável. Eles devem ter o tamanho adequado para que um bebê os manuseie. – Livros feitos de materiais que estimulem os sentidos com diferentes texturas e aromas. – Histórias contadas em frases simples e curtas com figuras que explicativas. – Textos com rimas são divertidos para que os pais leiam em voz alta. via GIPHY

De 3 a 5 anos

– Ilustrações e fotos coloridas e claras. – Enredos simples e divertidos. A história deve ser rápida para que o livro possa ser lido de uma vez só. – Conteúdo com rimas e repetições que estimulem a memória da criança. – Livros que explorem conceitos básicos como letras, números, formas e cores. – Personagens centrais da idade da criança ou um pouco mais velhos. Animais divertidos também prenderão a atenção do pequeno leitor. via GIPHY

De 6 a 11 anos

– Texto claro e fácil de ler. – Páginas coloridas com ilustrações atraentes e fotos que ajudem a identificar o significado de palavras menos comuns. – Livros que falem de assuntos de interesse específico da criança. – Livros de experiências, projetos e receitas culinárias simples e bem ilustrados. – Outros livros dos autores e ilustradores favoritos da criança. – Histórias que ela gostava de ouvir quando era criança. – Livros em capítulos que possam ser lidos em várias sessões. via GIPHY

 A partir dos 12 anos

– Livros sobre assuntos do interesse do jovem. – Romances que ajudem o pré-adolescente a lidar com os desafios diários do crescimento através de personagens que vivem experiências similares. – Livros que apresentam novas experiências e oportunidades. – Livros de fatos, como o livro dos recordes, de curiosidades e almanaques. – Biografias, clássicos, folclore, ficção histórica e mitologia. via GIPHY *Fonte: RIF.org VEJA TAMBÉM: Confira algumas sugestões de livros infantis na curadoria especial da Estante Virtual.

Qual o seu livro infantil favorito? Deixe sua opinião e participe da conversa. 

[wysija_form id=”5″]]]>

Rodrigo Espírito Santo

Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.

Conheça os livros de Jô Soares Se você gostou dessas séries, vai gostar desses livros! Clássicos do Horror para conhecer Os melhores romances para ler nos próximos meses Os melhores livros espíritas