Sete dicas para ler mais e melhor

(0 Estrelas - 0 Votos)

Dicas para adquirir o hábito da leitura e para ler ainda mais

A lista de de justificativas que as pessoas dão para não lerem não costuma variar muito. É um misto de falta de tempo e de dificuldade de concentração. Há, também, a famosa preguiça. Mas essa não recebe tanto crédito. Mas existem algumas coisas que você pode fazer para incorporar a leitura ao seu dia a dia. E algumas dessas dicas vão surpreender até os leitores mais experientes.

via GIPHY

Não leia deitado

Para começar com uma boa polêmica, o ideal é não ler deitado. Sim, todo mundo adora ler na cama. Nós também. É confortável, relaxante e ajuda a dormir. Mas esse é o problema. Se você quer tirar o máximo proveito da experiência, tente manter uma postura vertical. Sente-se em uma poltrona, na mesa da cozinha, num sofá. Mas não se deite. Procure sempre ler com sua mente alerta, em um local e uma posição física que você associe com atividade mental, não com repouso e sonolência.

via GIPHY

Leia sozinho

Ler não é uma atividade social. Reserve um horário para ler sozinho, sem distrações. Se possível, leia em um aposento diferente do resto dos moradores da sua casa, sem televisão ou bate-papos roubando sua atenção. Não é preciso dizer que o mesmo vale para celulares e redes sociais. Estamos tão acostumados a essa conexão constante que, depois de algumas páginas, sentimos aquela vontade de dar uma conferida no Facebook. Não, senhor: evite tudo que interrompa o fluxo da sua leitura.

via GIPHY

Tome nota

Ler é, essencialmente, o processo de assimilação de ideias e de argumentos de outra pessoa. Mas, em um nível mais profundo, é uma atividade colaborativa entre leitor e escritor.

Tomar notas permite um diálogo ativo e ainda gera um registro que você pode consultar mais tarde.

via GIPHY

Releia

Reler não vai fazer você terminar o livro mais rápido, claro. Mas trocar velocidade por compreensão é um jeito eficiente de aprimorar a qualidade da sua leitura e garantir que dados importantes não se percam. A mente deu aquele voo? Volte para o começo do parágrafo. Sem preguiça, nem culpa.

via GIPHY

Leia em voz alta

Outra dica polêmica. Parece coisa de criança na pré-escola, mas ler em voz alta pode ser bom para você. Um estudo recente sugere que esta prática aumenta foco e concentração, possivelmente, porque há um envolvimento físico com o texto que impede a mente de pular palavras ou divagar em meio a leitura. E sim, ler movendo os lábios produz o mesmo efeito. Se você deseja aprimorar sua memória, seguir o texto balbuciando as palavras é comprovadamente uma estratégia eficaz. Mas a gente entende se você preferir não fazer isso em público.

via GIPHY

Leia aos poucos

Marcadores de livro foram inventados por uma boa razão. A quantidade de tempo necessária para terminar um romance ou um ensaio mais extenso podem intimidar alguns leitores mais ocupados. Mas, quando dividimos a quantidade de tempo diário dedicado à leitura, até mesmo um Guerra e Paz se torna um objetivo factível. Pode ser um capítulo, ou um parágrafo por dia. O importante é que você seja disciplinado a cumprir sua meta, em pouco tempo ela vira hábito. E aí, o céu é o limite.

via GIPHY

Desligue a TV

Essa é radical. Mas, sejamos sinceros, a televisão tem sido generosa em oferecer momentos propícios para a leitura. Selecione aquela novela, aquele reality show, ou aquele programa policialesco que menos agrada você e desligue o aparelho durante sua exibição. Com o silêncio gerado por essa atitude ousada, você pode conseguir duas coisas muito positivas. A primeira é tempo para leitura. A segunda é ajudar as redes de televisão a procurarem novos caminhos para sua programação. Afinal, nada força mais a inovação de uma emissora do que a tecla off.

via GIPHY

 

Qual técnica você usa em seus momentos de leitura? Deixe seu comentário e participe da conversa.

Comentários

Rodrigo Espírito Santo

Colaborador em Estante Virtual
Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.
Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.

6 comentários em “Sete dicas para ler mais e melhor

  • 01.12.2017 a 10:45 am
    Permalink

    Leio muito, então adotei o método de ler 1h pela manhã tarde e noite. Sento no escritório com luz calmante, lápis e borracha para fazer as anotações. Entro em outra dimensão.

  • 28.09.2015 a 10:24 pm
    Permalink

    Ótimas dicas! Gostei muito da que fala sobre tomar notas, preciso incorporar às minhas leituras porque minha memória é péssima.
    Quando vou ler, me isolo em um cômodo ou um café e coloco música clássica ou instrumental bem baixinho, tocando ao fundo.

  • 28.09.2015 a 5:53 pm
    Permalink

    Ingerir uma pequena dose (perto do limiar de efetividade) de algum psicodélico, como psilocibina ou LSD, dá um boost enorme na compreensao. Muito bom pra ler aqueles livros meio massantes onde as ideias são confusas e dificeis de entender. Mas a dose precisa ser muito baixa (microdosing), se não os efeitos da substancia certamente irao atrapalhar a leitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *