Vendas de e-books caem nos EUA

(0 Estrelas - 0 Votos)

Os profetas do apocalipse digital sofreram um duro golpe. De acordo com a empresa de consultoria Nielsen, as vendas de e-books caíram 6% nos Estados Unidos no ano passado. A revelação foi feita durante a BookExpo America (BEA) e constam no relatório PubTrack Digital, que rastreia a performance dos e-books das 30 maiores editoras americanas. De acordo com o documento, em 2014, foram vendidos 223 milhões de unidades contra 240 milhões em 2013. No ano passado, as versões digitais das obras foram responsáveis por 26% do total de vendas, contra 28% em 2013.

O relatório também faz algumas revelações importantes sobre o perfil do leitor de livros digitais. Nos EUA, 51% dos fãs de ficção adulta consomem e-books. A surpresa fica por conta dos adolescentes, que preferem os livros impressos. Além disso, 49% dos compradores de livros nos últimos seis meses adquiriram tanto a versão impressa quanto a digital. E apenas 9% consumiram apenas livros digitais.

Fonte: The Bookseller

 

Você prefere livros de papel ou e-books? Deixe seu comentário e participe da conversa. 

Comentários

Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Colaborador em Estante Virtual
Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.
Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares