Biblioteca do Futuro recebe seu primeiro título

(0 Estrelas - 0 Votos)

O mais recente livro da premiada autora canadense Margaret Atwood não será lido por ninguém que você conhece. Para dizer a verdade, provavelmente não será lido por ninguém que esteja vivo no momento. Seu manuscrito de “It’s Scribbler Moon” está guardado a sete chaves em uma caixa lacrada. Atwood foi uma das escritoras convidadas para o projeto Biblioteca do Futuro.

Idealizado pela artista escocesa Katie Paterson, a Biblioteca do Futuro não é um projeto para a nossa geração, talvez nem para a próxima, já que seu conteúdo só será conhecido no ano 2114.
Em maio de 2014, Paterson plantou mil mudas numa floresta nos arredores de Oslo, na Noruega. Ao mesmo tempo, convidou Margaret Atwood para escrever um livro – tarefa que ela acaba de concluir.

A cada ano, um novo escritor será convidado a integrar o projeto. A cada década, o conselho curador será renovado. Ninguém, nem mesmo Paterson, terá acesso ao conteúdo das obras. Os títulos desta biblioteca serão lidos somente em 2114, quando as árvores plantadas pela artista serão cortadas para fazer o papel em que essas obras sejam impressas. Por trás do projeto, fica a esperança de um futuro onde ainda existam livros físicos.

Os escritores convidados tem total liberdade de gênero e estilo. No lançamento, Atwood declarou: “Eu me sinto muito honrada e também feliz em participar disso. Este projeto, pelo menos, acredita que a raça humana ainda estará por aí nos próximos 100 anos”.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Que autor brasileiro deveria ser convidado para participar do projeto? Deixe o seu comentário e participe da conversa. 

Comentários

Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.

Um comentário em “Biblioteca do Futuro recebe seu primeiro título

  • 27.08.2015 a 7:27 pm
    Permalink

    Muito legal! Parabéns pelo seu artigo, mas isso realmente funciona? Beijos, Amanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *