5 faces ocultas de Machado de Assis

(0 Estrelas - 0 Votos)

Machado de Assis era um homem de múltiplos talentos Que ele é imortal, você já sabia. Que ele escreveu Dom Casmurro, provavelmente não é novidade para ninguém. Mas o que pouca gente sabe é que Machado era um homem de múltiplos talentos, autodidata e extremamente influente em sua época. Confira abaixo cinco características de personalidade de Machado de Assis que muita gente desconhece.

  1. O Galante
    • Carolina, sua esposa, apaixonou-se pelo charme e a verve intelectual do Machadão. E olha que ela era uma dedicada estudiosa dos grandes nomes da língua portuguesa. Alguns pesquisadores afirmam que ela o ajudava na revisão gramatical de seus originais. Porém, o jornal O Corsário publicou um artigo desmoralizando Machado de Assis por uma suposta traição. A amante seria uma atriz portuguesa mais velha que ele.
  2. O Nerd
    • Machado não teve educação formal. Desde cedo, trabalhava vendendo balas e doces feitos por sua madrasta. Mas isso não o impediu de devorar livros. Com 17 anos, tornou-se tipógrafo na Imprensa Nacional. Ainda jovem, Machado traduziu o romance Os trabalhadores do mar de Vitor Hugo. Detalhe, ele aprendeu francês com a ajuda de um padeiro amigo da família. Por conta própria, Machado de Assis aprendeu a falar e escrever em alemão e inglês.
    • Nas horas vagas, ele se dedicava a uma outra paixão nerd: o xadrez. As peças que pertenceram ao escritor foram esculpidas à mão e estão expostas na Academia Brasileira de Letras.
  3. O Aglutinado
    • Inspirado pela Academia Francesa, Machado de Assis organizou a fundação da Academia Brasileiras de Letras. Em Janeiro de 1897, foi eleito o presidente da instituição, mas não ocupou a cadeira n° 1. Modesto, ficou com a de número 23. José de Alencar foi escolhido como patrono da Academia, indicado o próprio Machado de Assis.
  4. O Produtivo
    • Machado de Assis escreveu 5 livros de poesia ,7 de contos e 9 romances ao longo dos seus 60 anos. Também foi o autor de mais de 600 crônicas, tornando-se  um dos responsáveis pela popularização do gênero do país. Aos 21 ele já era autor e crítico teatral e escreveu 9 peças de teatro, entre 1860 e 1906.
  5. O Anônimo
    • O escritor usou pelo menos 21 pseudônimos  ao longo de sua carreira . Já no final de sua carreira, publicou crônicas apócrifas em A Semana, mas não enganou ninguém. Seu estilo já era reconhecido pelos leitores.
E você, é machadiano de carteirinha? Confira os livros de Machado de Assis.

Qual a sua obra favorita? Deixe seu comentário!

[wysija_form id=”5″]]]>

Rodrigo Espírito Santo

Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.

One thought on “5 faces ocultas de Machado de Assis

  • 09.06.2015 em 11:58 pm
    Permalink

    Oi prazer, tenham uma boa matina.

Fechado para comentários.

Conheça os livros de Jô Soares Se você gostou dessas séries, vai gostar desses livros! Clássicos do Horror para conhecer Os melhores romances para ler nos próximos meses Os melhores livros espíritas